amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

O FILHO DE SUA MÃE

Posted by amizadepoesia em Março 7, 2008

 O filho de sua mãe,
            havia partido para a guerra.
            Fora ele e outros também,
            lenços brancos,
            alguns prantos,
            na abandonada terra.

            Ao longe as noivas viam
            o barco a perder-se no mar.
            E os santos traziam,
            para pedir suas almas
            e assim mais calmas,
            esperavam o regresso ao lar.

            No plano do chão,
            o filho de sua mãe,
            atingido por fogo alemão –
            trespassado,
            de lado a lado -,
            jazia morto na terra de ninguém.

            A farda exangue,
            que sua mãe tão bem cuidara,
            raiava-lhe o sangue,
            no canto da boca,
            desta guerra louca,
            que ele em vida desprezara.

            Seus olhos vazios,
            guardavam os céus,
            cabeleira negra os estios.
            Agora jaz frio e arrefece,
            o menino que ninguém esquece,
            que o guarde algum deus.

            E na sua terra natal,
            todos esperam súbito alguém,
            enquanto a comida pascal
            é distribuída,
            mas não servida,
            há espera do menino de sua mãe.

            Jorge Humberto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: