amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 12 de Março, 2008

O meu intento

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Nenhuma distancia de nada pode me impedir
com a determinação e vontade
que tem os passos da minha paixão
qualquer que seja ela, seja onde estiver

Nenhum caminho, nenhuma barreira,
nem com o frio, nem com o calor,
nem as pedras, nem as chuvas,
seja o que for, nada mesmo,

nem condicionalmentes
sem condicionamentos
não existem impedimentos
muito menos instituições

Ultrapasso, atropelo, avanço
qualquer problema ou dificuldade
para conquistar o meu intento,
meu destino, viver com voce

Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

NAVEGANDO EM DESEJOS

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

No barco da vida carrego meus sonhos
      nesta imensidão
      de águas cristalinas
      na esperança de te encontrar.
      Neste barco do amor
      perdi meu norte no nevoeiro,
      e o farol que me ilumina…

      Procuro o porto seguro
      onde as estrelas me levem até você
      a par das ondas do mar …

      Sentir nossos desejos
      como uma magia de felicidade…
      ficar gravado no meu peito esse amor
      num desejo até a eternidade.
      Nesta triste solidão, neste amor
      feito de desejos…
      Espero por ti ainda, meu amor!!

      Adelia Mateus

Posted in poesia | Leave a Comment »

NÃO MENTIR AO MENTIROSO

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Reconhecer um erro não é demeritório,
      aprender com ele é sinal de inteligência,
      mas quem muito mente por obrigatório,
      acaba de levar sua avante, e sua ciência.

      E logicamente que, tudo isto é território,
      de quem mente, em toda a sua carência;
      engraçado que esta gente acha simplório
      e acusando os demais de pura demência

      Errar é humano, assim nos diz, a história,
      e quem não usa a verdade pra expressar
      o que vai dentro de si, não tem memória

      Antes falar a verdade e até ser enganado
      do que de mim próprio fugir e me olvidar
      viver uma simples vidinha sendo tolerado

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Não Me Deixe…

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Agora, que o estrago esta feito…

                  Que vimos que tudo pode ser perfeito…

                  Me diga, por que me deixar?

                  Agora que fizemos amor…acendemos o estopim…

                  Você diz que vai fugir de mim?

                  Não, não me deixe meu amor!

                  Pois sou aquela que lhe valor,

                  a mulher que te tem amor,

                  que te esquenta no frio e te refresca no calor!

Nina Teixeira

Posted in poesia | Leave a Comment »

Quando…

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Quero morrer escrevendo
  Minha vontade gemendo
  Meus sonhos realizando
  Minhas promessas levando
  As frases em profusão
  Batendo em meu coração…

  Quero morrer com as palavras
  Saltando da minha boca
  Formando minhas frases loucas
  Nos meus derradeiros ais
  Que choram e balbuciam
  Abençoadas, nada mais…

  Quero morrer murmurando
  Secretas frases de amor
  Quero passar pra diante
  Tudo que aquilo escrevi
  Na mais pura emoção
  Do meu sofrido coração…

  Quero morrer com a poesia
  Entranhada em meu ser
  Fechar meus olhos rimando
  Meus sonhos realizando
  E a vida continua me negando…

  Só quero papel e tinta, por favor
  Pra deixar pra quem quiser ler
  Os anseios que me embalaram
  Os amores que me marcaram
  Os braços que me abraçaram
  Meus lábios que te beijaram…

  Quero morrer em uma paisagem
  A única que vou levar
  É aquela que pensei te dar
  A mesma que um dia quis ficar
  Um cantinho só pra te amar…

  Não tirem de mim a pena e o papel
  Deixem-me escrever agora o que sinto
  Cantar pela derradeira vez meu amor
  Depressa não tenho mais tempo
  Vai-se minha vida , meu lamento…

  No meu último suspiro
  Nem quero uma oração
  Leiam pra mim uma poesia
  Uma que fale só de paixão
  Pra poder seguir meu rumo
  Sem pensar na escuridão…

  Myriam Peres

Posted in poesia | Leave a Comment »

MÚSICA EN MI VIDA

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

 Música que estimulas mis sentidos,
                    logras que mis venas vibren
                    como cuerdas de instrumento.
                    Cual maná sagrado nutres mi alma
                    y eres bálsamo que alivia penas,
                    al encumbrarme a otras dimensiones.

                    Tu magia quebranta mis entrañas,
                    torbellino de inquietudes y secretos.
                    Envuelta entre tules misteriosos
                    y espejuelos con luces de colores,
                    fluye desde lo recóndito de mi ser
                    mi más pura y elocuente inspiración.

                    Escoltada por claves musicales,
                    subyugada a voluntad me enredo
                    entre líneas de tu pentagrama,
                    como hiedra cubierta de rocío matinal
                    que entre ramas presurosa trepa.

                    Arrullada entre arpegios y acordes
                    de una escala con tonos y semitonos,
                    tus silencios e intervalos prolongados
                    dejan huellas imborrables en mi vida.

                    Me abrazo fuertemente a una fusa
                    que danza al compás de un ‘minuet’
                    con la blanca, negra, corchea y semifusa
                    y en ronda, la semicorchea y la redonda
                    cortejan con el sostenido y el bemol,
                    en velada de inconclusas melodías.

                    Plasmada en partitura eres inmortal
                    al surcar los años con eterna juventud
                    y en teoría, danos la exacta dosis de armonía
                    que requiere un mundo que en su orquesta,
                    tiene al frente a burdos títeres de barro
                    que portan un fusil y no una batuta.

                    ©SKORPIONA

Posted in poesia | Leave a Comment »

Mulher…Filha primeira da Natureza

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

A Natureza exibe força a pujança
        Se veste da mais suave
        a mais selvagem beleza
        De verdejantes campos
        aos mais tórridos desertos
        cada traje tem sua propria graça
        cada movimento tem sua propria delicadeza
        A sutileza das pétalas de uma flor
        o balançar dos ramos nos ventos
        Transparente como a água cristalina
        Misteriosa nos profundos oceanos
        Melodiosa no regato que passa
        tenebrosa nas rumorosas cachoeiras
        perfumada como nos campos floridos
        mal cheirosa nos pântanos lodosos
        Pedras preciosas tão maravilhosas
        a rochas fantasmagóricas
        Ardorosa, astuta, sedutora…
        De humor picante e sensível
        do sorriso suave do vento
        aos acessos de ira das tempestades
        dos ribombar dos trovões
        ao estrondear dos vulcões.
        No estilo de cada estação
        nos frios do inversos
        na calidez perfumada das primaveras
        do calor apaixonante dos verões
        a quedas das folhas nos outonos
        tudo tem sua graça,
        cada uma com sua própria personalidade.
        Seus filhos são função da geografia,
        do clima de cada estação…
        cada um com sua propria função…
        Seja no reino mineral, vegetal ou animal
        ela é sempre magistral
        na sua fertilidade, na sua germinação
        na sua preservação e na sua perfeição…
        Mãe de toda criação…
        O filho maior da reino no animal
        sua predileção, o Homem
        Fez da sua filha a Mulher
        Sua Imagem e Semelhança…

        Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Mulher…

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Costumo dizer que mulher é momento,
 é feita de momentos,
é puro sentimento, é um estágio…
 O último estágio da criação!!!
Mulher é assim…
Capaz de ficar muda quando fala,
e falar tudo o que quer quando emudece.
 Fortaleza, brava e temível dentro da sua fragilidade.
É o colo no tempo certo,
é a temperatura do lar, a estação da luz…
A musa dos poetas, rima perfeita nos leitos dos amantes,
e a canção certa em horas erradas.
É a asa que equilibra o vôo mais alto do amor.
É o perfume mais caro, mas sempre em promoção
“só para alguns”.
É indispensável a vida, assim como a água e o ar.
 Terra que não se deveria pisar,
embora seja o solo mais forte em dias de tempestade.
É a dúvida dos ventos,
a pergunta dos tempos,
e a resposta da vida.
 Uma excessão a qualquer regra.
É tanto momento quanto se necessita.
É sempre um momento a mais…
Não é feita para ser entendida,
mas apenas reconhecida,
 respeitada, e amada.

Vera Scoralick

Posted in poesia | Leave a Comment »

Mulher

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Como é fácil pronunciar
  Como é fácil dizer
  Mulher
  No entanto hoje
  Só quero agradecer
  Poder compartilhar
  Esse mundo com você
  Obrigado(a), Mulher.
  Essa é a nossa homenagem a você
  No dia internacional da Mulher
  Parabéns por você ser
  Quem é
  Mulher
  
  ABittar

Posted in poesia | Leave a Comment »

MONEDA DE DOS CARAS

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Sigilosa tejes tu telaraña,
                    como ave rapaz rastreas tu presa,
                    escalera con peldaños humanos,
                    pisotean tus suelas con barro.

                    Falsa moneda de doble cara,
                    brincas sobre alcancías de corazones,
                    son malévolas tus intenciones,
                    que urden pesadillas sin sueños.

                    Agazapada bajo un perfil de ángel,
                    astuta ocultas tu demoníaco rostro.
                    Espada divina cual rayo del cielo,
                    por falsa te quebrará en pedazos.

                    ©SKORPIONA

Posted in poesia | Leave a Comment »

MÃOS

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Encontram-se
      Apertam-se
      Amor transmitem
      Afagam
      Acariciam
      Passeiam
      Buscam
      Encontram
      Excitam
      Prazer
      Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

Em Novas Buscas de Ser

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

É tempo de chão, romper.
Do meu universo usado,
caminhos novos, faço.
Num cruel “hei de vencer”
no meu coração, tropeço
e, sou eu mesma, chão cansado
 onde sobre mim tenho chorado
Deste chão molhado, arranco
 botão de rosa que se abre,
branco!

Elane Tomich

Posted in poesia | Leave a Comment »

Não Espere

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Não espere um sorriso para ser gentil…
        Não espere ser amado para amar…
        Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de um amigo…

        Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante em sua vida…

        Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar…
        Não espere a queda para lembrar-se do conselho…
        Não espere a enfermidade para reconhecer quão frágil é a vida…

        Não espere a pessoa perfeita para então se apaixonar…
        Não espere a mágoa para pedir perdão…
        Não espere a separação para buscar a reconciliação…

        Não espere a dor para acreditar em oração…
        Não espere elogios para acreditar em si mesmo…
        Não espere ter tempo para servir…

        Não espere que o outro tome a iniciativa se você foi o culpado…
        Não espere o “EU TAMBÉM” para dizer o “EU TE AMO”…
        Não espere ter dinheiro aos montes para então contribuir…
        Não espere o dia de sua morte sem antes AMAR A VIDA..

             Maktub

Posted in poesia | 6 Comments »

Amor, uma palavra?

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

 O amor…
      Muitos podem pensar que
      que é apenas uma palavra que
      expressa um sentimento..
      um sentir…

      Sem amor nao se pode existir…
      Uma existencia
      sem amor é…
      simplesmente nao viver…

      O amor para a alma…
      significa toda uma vida
      formosa…

      É o sentimento mais
      precioso que existe no
      que chamamos vida..

      Amor que é visto por muitos
      somente como uma palavra …
       palavra!!! a qual…
        entrego minha vida
    

Tony 728

Posted in poesia | Leave a Comment »

AMANDO-TE

Posted by amizadepoesia em Março 12, 2008

Bonitas mulheres, que passando por mim
                    trazem-me à recordação estar perto de ti,
                    mais aguçam meu enleio este meu desejo
                    que é ter-te vida fora co todo meu ensejo

                    Que seria da vida, então, se ela não fosse,
                    da natureza em flor, a juventude precoce;
                    mas lembro que, meu amor não desvirtua
                    e que minha vida é só ele e assim continua

                    Quantas mais mulheres, eu vejo nesta vida
                    jovens fascinantes, cheias de mil encantos,
                    mais eu vejo tua beleza, comigo, repartida.

                    Ah, meu amor, que me diz, quem, por mim
                    passa! Crê, não sofrerás, mais desenganos,
                    vil, certo apanágio, de quem não sabe de si

                    Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »