amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

O Grito do Slêncio

Posted by amizadepoesia em Julho 14, 2008

     Dentro da noite o silêncio
            Balança os vidros das portas
            Ensurdecedor e violento
            Seu som, são de horas mortas

            Ouço-o como trovões
            Horas com o som de guitarra
            Talvez como ondas do mar
            Ou o canto de uma cigarra.

            Se respiro, eu ouço gritos
            Ao mover-me, ouço um hino
            Deitada eu ouço os lamentos
            Do silêncio o som divino.

            Ouço uma orquestra a tocar
            A mais bela sinfonia
            Ah! Que silêncio gostoso
            Que zôa qual ventania.

            Neste silêncio, da noite
            Os lobos uivam no mar
            Deixaram suas florestas
            Resolveram navegar.

            E assim vivo o meu silêncio
            Sempre o tenho em meu comando
            Desde uma revoada de pássaros
            Ou de corrente arrastando.

            As horas foram passando
            O relógio emudeceu
            Gritou mais alto o silêncio
            Que em silêncio adormeceu!

             Pequenina

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: