amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

QUANDO FORMOS VELHINHOS

Posted by vidapura2 em Setembro 26, 2008

Um dia, quando já formos velhinhos,
            co a ternura da vida, por companhia,
            hei-de levar-te, no frescor da manhã,
            as rosas mais bonitas, para te ofertar.

            Teu primeiro gesto, depois do agrado,
            será um leve rubor em todo teu rosto
            com as palavras a fugirem-te sem ter
            querer, e, longo beijo, então selamos.

            Com toda a cortesia pedes-me pra vir
            para dentro de casa, e, bem juntinhos,
            um doce aroma toma conta do recinto,
            co cheiro a bolinhos acabados de fazer.

            Com a perícia de uma cozinheira, abres
            o forno, e, minha vista, perde-se entre
            as guloseimas, aguçando meus sentidos,
            enquanto preparo as xícaras, com o café.

            Bambinelas coloridas, abertas as janelas,
            em silêncio tomamos o pequeno almoço,
            podendo ver ao longe, animais pastando,
            no fundo tudo o que desejamos para nós.

            Jorge Humberto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: