amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

SOBREVIVENTE

Posted by vidapura2 em Novembro 11, 2008

     Por entre as brumas mais densas,
      ziguezagueando pela floresta,
      trazendo atrás de si o frio, que tudo
      desmembra e nos deixa alucinados,
      alheia me pareces, às agruras do
      tempo inóspito, e entrando na água,
      de um rio ali perto, banhaste em
      êxtase, tendo o silêncio a teu lado.

      Fascinado com tal visão e um tanto
      perplexo, pergunto-te se não há frio,
      que te perturbe, vendo-te acolher as
      águas gélidas, como algo de natural,
      tendo à tua volta, neve e nevoeiro,
      que até os pobres dos animaizinhos,
      se recusam a enfrentar, preferindo
      a segurança e o quente de suas tocas.

      Relembras-me que és filha da natureza,
      e que todas essas coisas banais, que aos
      homens fazem recuar, são para ti parte
      integrante de tua vida, tua casa sem fim,
      por onde percorres os teus passos,
      enaltecendo a beleza, que te viu nascer,
      entregando-te à água, terra, ar e fogo,
      na mais das sublimes e verdadeira entrega.

      Como tudo o que é natural, assim és tu,
      sem mostrar qualquer tipo de pudor,
      que te arranque cerce a raiz da liberdade,
      que é tudo aquilo porque tu prezas e lutas,
      de há muito a esta parte, quando a vida,
      a certa altura, resolveu ser cruel contigo,
      deixando-te numa luta a sós, até te levar,
      longe da vista, a clarividência da natureza.

      Haverias de voltar, solene, à mãe de tudo,
      ultrapassadas as contingências e agoiros
      mil, que te tentaram derrubar sem pejo
      algum sem dó nem piedade, fruto da malsã,
      de gente má, que, não conseguindo, tua
      heresia, lhes ficou o espanto, por recordação,
      quando agora, reconquistada a tua vida,
      passam por ti e reparam que, enfim, cantas.

      Jorge Humberto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: