amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 3 de Dezembro, 2008

Bem Aventurados os Pobres de Espírito

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

Durante o sermão da montanha, o mestre Jesus afirmou: “bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.”

 

Ainda hoje muito se fala sobre tal ensinamento.

 

Eis que grande interesse desperta em todos os que tomaram conhecimento dos ensinos de Jesus.

 

No entanto, tal ensino, como tantos outros, resta ainda incompreendido pelos homens.

 

O que, afinal, o mestre pretendia proclamar?

 

Jesus proclama que Deus quer espíritos ricos de amor e pobres de orgulho.

 

Os espíritos ricos são aqueles que acumulam os tesouros que não se confundem com as riquezas da terra.

 

Seus bens não são jamais corroídos pelas traças, tampouco podem ser subtraídos pelos ladrões.

 

Os “pobres de espírito” são os que não têm orgulho.

 

São os humildes, que não se envaidecem pelo que sabem, e que nunca exibem o que têm.

 

A modéstia é o seu distintivo, porque os verdadeiros sábios são aqueles que têm idéia do quanto não sabem.

 

Por isso a humildade é considerada requisito indispensável para alcançar-se “o reino dos céus”.

 

Sem a humildade nenhuma virtude se mantém.

 

A humildade é o propulsor de todas as grandes ações em todas as esferas de atuação do homem.

 

Os humildes são simples no falar.

 

São sinceros e francos no agir.

 

Não fazem ostentação de saber, nem de santidade.

 

A humildade, tolerante em sua singeleza, compadece-se dos que pretendem afrontá-la com o seu orgulho.

 

Cala-se diante de palavras loucas.

 

Suporta a injustiça.

 

Vibra com a verdade.

 

A humildade respeita o homem não pelos seus haveres, mas por suas reais virtudes.

 

A pobreza de paixões e de vícios é a que deve amparar o viajor que busca sinceramente a perfeição.

 

Foi esta a pobreza que Jesus proclamou: a pobreza de sentimentos baixos, representada pelo desapego às glórias efêmeras, ao egoísmo e ao orgulho.

 

Há muitos pobres de bens terrenos que se julgam dignos “do reino dos céus”, mas que, no entanto, têm a alma endurecida e orgulhosa.

 

Repudiam a Jesus e se fecham nos redutos de uma fé que obscurece seus entendimentos e os afasta da verdade.

 

Não é a ignorância nem tampouco a miséria que garantem aos seres a felicidade prometida por Jesus.

 

O que nos encaminha para tal destino são os atos nobres, embasados na caridade e no amor incondicional.

 

Precisamos, também, adquirir conhecimentos que nos permitam alargar o plano da vida, em busca de horizontes mais vastos.

 

Pobres de espírito são os simples e nobres.

 

Não os orgulhosos e velhacos.

 

Pobres de espírito são os bons que sabem amar a Deus e ao próximo, tanto quanto amam a si próprios.

 

São aqueles que observam e vivem as leis de Deus.

 

Estudam com humildade.

 

Reconhecem o quanto ainda não sabem.

 

Imploram a Deus o amparo indispensável às suas almas.

 

Era a respeito desses homens que o Mestre Nazareno, em Suas bem-aventuranças, estava se referindo.

 

Muitos são os que confundem humildade com servilismo.

 

Ser humilde não significa aceitar desmandos e compactuar com equívocos.

 

Ser humilde é reconhecer as próprias limitações, buscando vencê-las, sem alarde, nem fantasias.

 

É buscar, incansavelmente, a verdade e o progresso pessoal, nas trilhas dos exemplos nobres e dignos.

Momento Espírita

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

Canção da Vida

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

Vida, feita de brilhos e mistérios,
De mágicos e eternos momentos..
Lágrimas e dores, sorrisos tantos,
Levados e trazidos como o vento…

Vida que se faz sentir na manhã
De sol, na chuva, no frio, no ar…
 Passa correndo, passa ligeira …
Para viver é preciso ter fé, lutar!…

Amar muito e se deixar amar,
Ser um pouco anjo e palhaço…
Acreditar-se poderoso e idiota…
Jamais aceitar da derrota o laço.

Ir em frente, de pé, com muita fé!
Curtindo tudo até a última gota!…
Doce ou amarga, beber mel ou fel,
Desta vida maravilhosa e louca! …

Que venha a vida em todas suas cores,
Nuances, segredos, belezas e flores…
Estou viva, respiro, ela vibra em mim…
Sou esperanças, sonhos e amores!…
Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

Pai… Meu Pai!

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Não vou dizer da saudade de hoje…
      Pois que ela não tem fim… Não passa!
      Ah… Meu toureiro Manolo… Meu ídolo!
      Minha saudade todos os dias te abraça!

      
      Ouço o som da tua voz, tua risada franca,
      Nossos papos cabeça… Olho no olho…
      Entendimento mútuo… Éramos tão iguais!
      Estás em todos os versos que componho!

      
      No silêncio da noite, teu vulto é meu guia…
      Sinto-te presente nas horas de agonia…
      Nos dias que me faltam coragem, energia.
      Quando sinto que minha vida está vazia!

      
      Não te tenho mais para dizer: Vai em frente!
      Para curar meus receios… Meus medos…
      O tão carinhoso beliscãozinho na bochecha.
      Não tenho mais teu colo… Teu aconchego…

      
      Jamais pensei… Que irias partir tão cedo!…
      Imaginei-te meu companheiro por toda a vida.
      Custa-me aceitar, entender nossa despedida.
      Não te ver mais aqui… É uma dor desmedida!

      
      Recuso-me a te visitar naquele cemitério,
      Não quero no teu túmulo colocar flores!…
      Quero sentir que ainda estás aqui comigo.
      Ouvindo-te no chilrear dos beija-flores!…
      

      Pai… Meu pai tão querido e tão amado!…
      Sei que estás aqui… Guiando meus passos,
      Sorrindo comigo… Chorando quando choro…
      Estás aqui, bem sei; posso sentir teu abraço!

      
      Alguém tão especial como tu… Não morre!…
      Não morrerá jamais!  Estás em outra dimensão!
      Cuidando de todos… Da minha mãe, do meu irmão.
      Estaremos eternamente… Ligados pelo coração!…
      Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

VOCÊ????

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

Sabe quem é VOCÊ!?
É aquele que chegou na minha vida
quando eu me sentia desprevinida…
É aquele que foi feito para mim…
É aquele que me visitou dizendo
que para receber o meu amor
retornou…
É meu amado, meu querido…
É meu mais esperado amigo…
É o principe
que sempre me quis encantar,
e, que realmente me encantou…
É homem racional quando precisa agir…
É criança emocional quando é somente sentir…
Veio a mim sorridente
mostrando-me quão contente
você vivia a vida…
Você é somente Você!
Você é o alguém que vou sempre querer….

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VAMOS FALAR DE CORAGEM?

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

                  Em primeiro lugar quero esclarecer que coragem
                  É AGIR APESAR DO MEDO”
                  A bailarina quando se atira nso braços do bailarino
                  ELA O FAZ APESAR DO MEDO QUE POSSA SENTIR….
                  O boxeador vai a luta apesar do MEDO DE PERDER….
                  Todos nós temos atos de coragem porque agimos apesar do medo…
                  Diante dos desafios da vida temos 2 opções a tomar:
                  1- deixar-se reclamando da má sorte
                  2- agir em busca de uma solução…
                  O primeiro item deste aprendizado é VIVER O AQUI E O AGORA!
                  Este é um segredo de todos os tempos, porque o único que temos é o AGORA!
                  Se sua mente se encher de pensamentos tipo ” abobrinhas”, ou se você tem tendência a se” preocupar” vendo problemas imaginários , isto tende a tirá-lo da realidade presente…
                  VIVA NESTE PRESENTE QUE É TODO SEU!
                  Saiba que todos somos filhos de Deus e, um Pai não faz diferença no amor que dá aos seus filhos…
                  Mas o que cada filho faz com este amor é problema de cada um…
                  Vamos dirigir a nossa mente para o BEM, para o POSITIVO, para SOLUÇÕES!
                  Assim como você toma banho todos os dias ,
                  assim também deve lavar sua mente e sua alma todos os dias…
                  Não deixe as culpas, a raiva e o medo criarem lodo dentro de você…
                  Elimine-as diáriamente!
                  Assim você sempre será LIVRE!
                  Nunca deixe que ninguém interfira na sua liberdade!
                  Saiba eliminar a tristeza… SENTINDO-A!
                  Deixe seu rosto brilhar refletindo o seu interior…
                  Arme-se de qualidades!
                  Livre-se da prisão dos sentimentos reprimidos!
                  Trabalhe o suficiente para ter o conforto que merece!
                  Aprenda a gostar do que você faz…É muito saudável!
                  Seja ousado!Viva o novo na sua vida!
                  Seja um mensageiro de alegria!
                  Transforme-se no seu maior amigo!
                  Sonhe muito porque tudo , antes de ser realidade,
                  foi uma IDÉIA, um SONHO!
                  Tenha coragem de se libertar de tudo que o oprime!

                  Assuma seu êrro para crescer!
                  Ame-se incondicionalmente!
                  Valorize-se!
                  Aceite-se!
                  Seja o CAPITÃO DO SEU BARCO!

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

O PAPEL DA EDUCAÇÃO…

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

            Sou Educadora por profissão & opção…
            Na época que casei era uma menina, cheia de sonhos e, 
            com muita sede de saber…
            Tive 3 filhos que foram educados junto com o meu próprio aprendizado…
            Escolhi boas escolas e, ia satisfazendo as suas necessidade e as minhas…
            Hoje eu sou avó!
            Meu conhecimento aumentou e, cuido de mim como
            se fora uma jóia sem preço!
            Como muita qualidade, não para agradar alguém, mas para ter saúde…
            Dou ao meu corpo um carinho muito especial porque esta
            é a minha responsabilidade
            e minha escolha…
            Adoro escrever, o que me faz ficar sentada muito tempo,
            mas tenho o cuidado, de me levantar
            de hora em hora, descer as escadas de onde moro,
            espairecer e voltar subindo as escadas…
            Moro num mezzanino e, subir e descer escadas é o meu esporte favorito…
            No meu Condominio tem uma mini academia e, no mínimo 4x por semana
            desço e faço 3 km na esteira em meia hora , numa velocidade de 6km/h…
            Não corro mas ando numa inclinação de 3 pontos…
            Faço 4 series de 10 de braços, pernas , alongamento…
            Faço diáriamente os 5 exercícios para manter os chakras
            em pleno funcionamento…
            Não é muito, mas é o que eu faço com prazer…
            Cuido da minha postura levantando o meu diafragma…
            Eu, realmente procuro cuidar de mim!
            Isto se chama AUTO EDUCAÇÃO!
            A busca da sua evolução chama-se AUTO CONHECIMENTO!

            Como passar para nossos filhos noções saudáveis de bem viver!?
            SENDO EXEMPLO?
            NÃO TEM COMO!
            Eu nunca fumei ou bebi…
            Tenho um filho que bebe e fuma…
            Minha filha fuma!
            Meu caçula é saudável!
            Os 3 receberam o mesmo!Todo o amor que eu tinha para compartilhar…
            Sei o que eles me admiram e como sou exemplo…
            Mas cada um tem um espírito e uma MISSÃO para seguir….
            ELES, SOMENTE ELES , PODEM CARREGAR SUAS CRUZES…
            ELES TEM QUE ENFRENTAR OS DRAGÕES QUE ATRAIRAM PARA SUA VIDA….
            ELES PRECISAM APRENDER COM OS DESAFIOS…
            O papel que eu penso ser o da Educação é DESPERTAR UM CONHECIMENTO
            trazido por cada espírito que habita um corpo…
            É ENSINAR A PESCAR PARA QUE TENHAM SEMPRE DO QUE SE ALIMENTAR….
            Toda criança é uma doce esperança de receber grãos de felicidade
            para plantar em sua alma…
            Vamos enriquecer o jardim destas almas e, em vez de somente recriminar
            matando a espontâneidade que uma jóia do ser humano…
            Vamos EDUCAR ao invés de DESEDUCAR!
            Vamos incentivar a beleza do amanhã ,  hoje, 
            em nossas mentes, em nossos sentimentos,
             exigindo-nos coragem e disposição para chegarmos a
            um promissor porto seguro.
            A Educação deve ser libertadora!

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

A LIÇÃO DA NATUREZA

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Se observarmos a Natureza veremos que tudo nela
      se faz com extrema elegância…
      Ser elegante é despender um mínimo de energia
      num movimento…
      Assim é o Golfinho!
      Ele se diverte, divertindo o mundo!
      Salta, dança, canta em 5 idiomas…
      É LINDO!
      E, se observarmos as flores do campo…

      Que força fazem para serem tão coloridas…?
      Ou para ter o branco mais puro…?
      Se observarmos as borboletas!

      Gente como são coloridas e perfeitas…
      Não precisam pintar-se para se enfeitar …
      São simplesmente maravilhosas!
      O bambu chinês quando plantado fica invisivel
      durante 5 anos porque está criando raízes profundas…
      Cresce com uma fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical
      e horizontalmente pela terra .
      Podemos aprender com o bambu que precisamos investir  tempo e qualidade,
       nutrir os nossos sonhos , pelo tempo necessário…
      Precisamos ter paciência e nos dar o tempo necessário para esta evolução,
      enfrentando os desafios , acreditando no que queremos,
      aprimorando a nossa persistência…
      Somente assim vamos ter uma vida de qualidade porque é preciso muita fibra para
      vencer os desafios desta vida e, humildade para corrigir o que está errado…
Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

HOJE SEREI O SEU MUNDO

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Hoje serei o seu sol
      entrando na janela da sua vida
      aquecendo as suas feridas…
      Serei hoje o seu mais lindo amanhecer ….
      Trazendo fios de ouro
      para com eles a vida você tecer…
      Serei quem secará suas lágrimas
      quando de saudade elas por seu rosto cairem….
      Serei o orvalho que refrescará o seu calor interno….
      Trarei o mais doce néctar para sua vida adoçar…

      Hoje serei seu doce entardecer
      trazendo a você minha experiência
      usufruindo desta minha grande vivência
      Serei como uma árvore imensa
      em cuja sombra se oferece para seu conforto….
      Serei uma brisa suave que acaricia seu rosto…
      Trarei uma orquestra de passaros
      que enaltecer seu dia….

      Hoje serei sua noite enluarada…
      Trazendo na minha alma o céu mais estrelado….
      Emprestei o Universo para dançar , e muito rodar….
      Serei  paixão e compaixão…
      Serei alegria e compreensão….
      Serei carinhosa e receptiva….
      Serei chuva calma e um trovão de emoção….
      Serei um caminho opcional…
      Serei seu sonho e o seu real….
      Enfim, serei sua companheira
      por nossa vida inteira…..

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

NATAL NO SUDÃO

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Que Natal pode haver numa criança sudanesa,
      Morrendo a cada quinze segundos numa mesa
      Improvisada de campanha, onde a vã verdade,
      Mais não é, que um grito calado, vil insanidade.

      E enquanto assim empertigando vera destreza,
      O Homem mais não concede, que sua certeza,
      Foge de tudo, toda e qualquer destra afinidade,
      Porque se roubou, ao povo, sua nacionalidade.

      Em Darfur a guerra civil não cessa nunca mais,
      Mulheres e crianças degoladas e sem palavras,
      Caem abatidas no campo, prenhe dos arrozais.

      Tudo isto é uma mentira engenhosa pra vender
      Ao desbarato, corvos lívidos, cravando garras,
      Sem inquirir, porque meio mundo, está a morrer.

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Ao Primeiro Amor

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

É bem possível que um dia

Quando fores ler o que te escrevo

Rebusques nas orlas da memória

A intensidade do que hoje vejo…

 

Nosso amor, sutil veneração

Bálsamo suave em nossa juventude

Trazia as cores fortes da paixão

Mistos semitons de beatitude

 

Eu e você… Como era gostoso!

Éramos nós, uma dupla um par

Mais que um casal harmonioso

Retrato vivo de alegria singular

 

Primeiro amor…Emoção pioneira

Sentimento que o tempo não desfaz

Menininha tímida, faceira…

E o porte orgulhoso de rapaz!

 

Descobertas, silêncios, aproximação

Sonhos, juras, rosas…Poesia!

Limite tênue da ilusão

Entre o real e a fantasia…

 

Manhã de sentimento orvalhado

Frescor na trajetória da idade

Carinho… Apreço imaculado

Princípio genuíno de felicidade

 

Mas veio o tempo implacável

Assolar nosso encantamento

Danificando de maneira irreparável

A simplicidade deste relacionamento

 

Amarga veio, a separação

Já não havia o elo invisível

Destituiu-se toda a compreensão

Tornando nosso par… incompatível

 

Nossas buscas se distanciaram

Privados fomos daquela comunhão

Nossas almas tristes se apagaram

Emudecemos frente à desolação…

 

Custei habituar-me, de verdade

A sonhar e viver com outro alguém

Tudo era igual… e parecia crueldade

Viver coisas que juntos, nós sonhamos também…

 

Até que tudo se aquietou

Minha alma cedeu teu coração

Abriu-se a outro mundo e libertou-se

Transportando-te para outra dimensão!

 

E assim, encontrei a felicidade

Realizei os sonhos que me ensinastes

Mas havia sempre a curiosidade

De saber se tu, também os encontraste

 

Agora deixo a ti, esta recordação

Que o tempo arquivou para a eternidade

Lembranças que compõem quase uma tradição

Que valoriza mais a nossa mocidade…

 Priscila de Loureiro Coelho

Posted in poesia | Leave a Comment »

Dissimular…

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

            Quem é você,
            que brada no vento
            palavras de auto-afirmação,
            esquecido que a vida,
            todos os dias,
            nos ensina uma nova lição.
            Como pode ser indiferente à dor,
            se a poeira se eleva do chão.
             Quando a sorte sopra forte,
             aparece a razão.
            Guarde o seu silencio,
            seja filho da verdade, 
             pratique a caridade
            e sinta a força do não,
            que nasce em comunhão,
            reunindo a propriedade da solidariedade
            sem qualquer ilusão.
            Depois do sim, nada existe
            sem entender o não.
            Quem determina o fim
            é a morte,
            principio da salvação
Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

ADEUS MEU AMOR…

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

Adeus meu amor
É hora em que devo partir…

Vou partir dos seus sonhos…

Deixarei seus carinhos…
Abandonarei os seus desejos…
Deixarei de compartilhar o meu amor…
Nem quero saber aonde você vai!
Para mim o seu amor morreu!
Seu nome meu coração já esqueceu!
No seu mundo de indecisão
não tem lugar para meu coração…

Cansei de lutar contra a maré
de nadar e nadar e, na praia nunca chegar…
Cansei de oferecer tanto amor

Com uma energia apaixonada

Com uma comunicação perfeita

Uma sintonia total…
Todo o meu conhecimento
que junto ao seu, era genial…
Para você…TUDO ESQUECIDO!
Tudo jogado no seu lixo emocional!

 

Adeus meu amor

Sei que você está chorando!
Sei que está arrependido!
Sei que queria, outra vez perdão!
Mas tudo isso exauriu meu coração
que tanto o perdoou
mas fatalmente se cansou…
A mim eu já perdoei!
Do meu coração, a raiva, tirei…
A coragem foi renovada…
A poeira da tristeza retirada…
E, finalmente hoje resta em profusão
muito amor.

O amor mais lindo em meu coração…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Para não te perder

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Deixei o tempo resolver
      Dei asas ao meu coração
      Sussurrei palavras em vão…
      Num momento louco
      Pensei em ti somente
      Conseqüências? Não medi nenhuma
      O tempo foi o encarregado de agir em nossas vidas
      Transformar sonhos, fechar as feridas…
      Assim, como num passe mágico
      Fechei os olhos e viajei… Sozinha…
      Então aconteceu…

      Você

      Eu…

      Este tempo não para e a cada instante
      Mostra um caminho diferente…
      Onde no final de tudo
      Nos amaremos como loucos, amantes…
      E para não te perder…
      Viverei este momento intensamente…

      

      IaraMel

Posted in poesia | Leave a Comment »

CASTELOS …

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

      Areia movediça levada ao léu .
      Se juntados os grãos nada se edifica.
      Basta uma aragem e tingem o céu .
      Sem alicerces as dunas que ficam …

       Quais mariposas na borda da luz,
       Envoltas pela fugaz ilusão.
      Atraídas pelo brilho que seduz ,
      Morrem, entregues à extrema paixão !

      Castelo falido em sonhos desfeitos,
      Presos nas brumas, de um tempo de amor…
      Sombras que rondam a noite em meu leito
      Falência voraz, nas horas em dor !

      Grãos de sonhos em castelos de areia ,
      Puídos com sopro de tempos esvaídos,
      Não canta no mar a sonhada sereia,
      Retorna o barqueiro em castelos ruídos !

Mercília Rodrigues

Posted in poesia | Leave a Comment »

Acabou a Magia

Posted by vidapura2 em Dezembro 3, 2008

Chega de fantasias.

Preciso convencer meu coração

que a magia acabou.

Ele insiste, não desiste;

não te esquece,

e continua fazendo-me chorar

vivo entre sombras escuras,

 que desaguam a indiferença,

que percebi, mas fingí

 não ver em tí.

Cansada de mentiras,

rasguei a fantasia, 

e, entre os trapos,

com o amor sofrendo,

disse adeus.

Entretanto, só vejo a tí,

farrapo de amor.

Ah! maldita heresia,

que ainda te quer,

por, em teus braços,

ter  sido,  e descoberto

que sou mulher.

Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »