amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 11 de Dezembro, 2008

Natal do Amor

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

                  Natal é a presença de Jesus em nossos corações,
                  não só representa a fé, mas a vida.
                  O nascimento do Filho de Deus!
                  A consciência de família, amor, paz, felicidade!
                  Que o sentido do Natal esteja sempre presente em nosso dia a dia
                  e que a esperança seja um objetivo concretizado.
                  Que a luz do Menino Jesus percorra cada lar trazendo alegria aos nossos corações.
                  Que a Fraternidade Universal seja nossa meta e
                  que haja somente amor em meio a tempos difíceis,
                  assim encontraremos a Paz tão almejada!
                  O Natal do Amor é a fé e esperança renascida nos olhos de uma criança!
                  ” Feliz Natal ”

 CandySaad

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

Te amo

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

      Te amo
      Não te amo como se fosses rosa de sal,
      topázio ou flecha de cravos que
      propagam o fogo:
       te amo como se amam
      certas coisas obscuras, secretamente, entre a
      sombra e a alma.
      Te amo como a planta
      que não floresce e leva dentro de si, oculta, a luz
      daquelas flores,
      e graças a teu amor vive
      escuro em meu corpo
       o apertado aroma que
      ascendeu da terra.
       Te amo sem saber como,
      nem quando,nem onde,
      te amo diretamente sem
      problemas nem orgulho:
      assim te amo porque não
      sei amar de outra maneira,
      senão assim deste modo em que não sou nem és,
      tão perto que tua mão
      sobre meu peito é minha, tão perto que se fecham
      seus olhos com meu sonho.

  Pablo Neruda

Posted in poesia | Leave a Comment »

Amontoados de pedras não são montanhas

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

Existem obstáculos que não podem ser vencidos na vida, coisas que não dependem de nosso poder, dinheiro, influência ou saúde. Portanto, reconhecer que não somos o centro do Universo é uma demonstração de sensatez.

Entretanto, é muito comum considerarmos que obstáculos são tão grandes que se tornam impossíveis de serem vencidos quando, na verdade, são apenas um amontoado de pequenos desafios, todos juntos, formando um monte. Um monte grande, mas cheio de pequenos problemas a serem resolvidos.

Quando visto de longe, parecem uma montanha sólida e intransponível. Quando visto de perto, descobrimos que não passam de vários pequenos desafios os quais, quando vencidos um-a-um, levam qualquer de nós à vitória.

Será que aquilo que você está vendo como uma montanha não é somente um amontoado de pedras? Vá até lá. Aproxime-se do desafio. A maioria das pessoas desiste só de olhar de longe. Desista somente do que é impossível, jamais do que é difícil. Jamais.

Aldo Novak

Posted in poesia | Leave a Comment »

Eu te quero !

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

           Eu te quero amor ..porque te quero

            Não necessito
            ser amante e nem posso saber-lo….

            Eu realmente  te quero porque te quero.
            O amor em  estado de graça
            e com amor somente se paga

            O amor é uma graça que vem no ar, no vento….
            O amor ouve os dicionarios e varios regulamentos… 

            Eu  te quero porque te quero. ,
            Vivo por teu amor .
            Porque o amor nao se o pode mudar…

            Porque amor o  amor,… não se compara a  a  nada… , é feliz e forte em si mesmo

     Eileen

Posted in poesia | Leave a Comment »

Caricia, flor do carinho

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

      que florece por el cariño
      Es flor de miel y pasión
      de la  tierra del  corazón

      Los cariños que son sembrados a  la luz del dia,
      de noche  se transforman en caricias …
      De  los cariños y cuidados
       de la caricia dependerá  el   resultado del amor

          Las  caricias  ,transforman ,
      a la sed y al hambre , en pasión
      El  cariño es quien protege al  corazón
      e irriga de atracción al buen amor.

      Las caricias sin cariño ,
      son  como un beso sin ardor, ,
       como un abrazo sin calor ,
      es como amar sin amor.

      Es  simplemente  fingir
      y no hacer el amor
      Cariños, caricias y pasión
      Consagran al  placer y al amor

      Es la  más pura excitación del  corazón

      Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

A Supremacia em Excelencia

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

  A mais bela das roseiras,
  ornada por formosas rosas, em lindos rosas,
  cor tão viçosa como jamais a fez um exímio pintor
  nas pétalas macias de toque de seda
  Um sedoso veludo perfumado
  de finos e requintados perfumes
  jamais copiados ou imitados
  Essa beleza com espinhos protege a natureza
  contra  o inconsciente predador….
  Eficientes espinhos para conter algum esperto maroto…
  Eficácia na guarda de tão formosa aparência.
  Aparência que transborda, exala essência
  Que natureza propiciou tanta beleza a roseira
  O que a constituiu e desenhou tão ostentosa existência
  Apenas de uma pequenina semente
  que em fértil solo  brotou,
  ou uma forca vital que promoveu o germinar do rebento,
  contida na terra, na água e no ar
  ‘O Semeador saiu a semear
  na rocha a semente morreu, na areia ela secou
  no solo fértil ela floresceu’
  Seja qual vida for, um dia semente foi
  que ao brotar aparência a conferiu,
  mas a Essência , forca vital,
  divino Milagre que vem
  da forca do Amor…
  A Supremacia em  Excelência

  Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Mesa de bar

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

Una  mesa de bar…..un  bolero sonando
bebo dosis de ti …..que me embriagan…
fumo un cigarrillo ….aspiro nostalgias 
en una profunda aspiración ….

que está impregnada de ti ……
Aspiración  que invade mi sangre…
domina mis recuerdos
cautivos de tu presencia ….

Expiro el humo ….en él se reflejan
 todos tus  retratos, filmes
de nuestros  momentos….bebo sintiendo
 sensaciones , placeres… de intima emoción

mesa de bar, poblada 
de todos los  dolores de tu  partida
provocativa , orgullosa
arrepentida…

Bolero,…cruel …insensible
abriendo heridas…mal cerradas…
dolientes …nunca cicatrizadas…
por una nostalgia implacable …

Por esta mesa… va pasando  toda nuestra  vida…
hasta la  hora de la partida….infeliz momento..
Me  trae   sufrimentos…y llegan a esta de mesa de bar..
y trae  el tormento a mi …voy  correr atras de ti…

suplicaré para que me perdones …por los  desencantos
por los sufrimentos que te hice pasar …
En esta mesa de bar…voy a   jurar…
que me  perdones …que jamás te voy a herir 

En esta mesa de bar, voy a  brindar
sintiendo al bolero que esta en el  aire, y un  trago a saborearé
y en una aspiración sentiré , que te  deseo solamente a ti
y   juraré , únicamente que  voy amarte a ti ..

Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Eu te sonho amor

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

Sonhar,
é ter-te entre as  mãos
e não respirar se te toco.

Reter 

desses momentos uma imagem
De teus sorrisos e de teus olhos.

O sonho vem se me levanto
Com os olhos fechados
E antes do café
Desenho imaginando teu corpo
Que nunca antes pude ver.

Os sonhos,

somente são
se te noto ressabiada de mim
Se te guardas

 cono uma gatinha em meus braços
 Ronroneando.

São de branco

e da cor da pele
Porque somente vejo teu rosto

e tuas mãos
No fundo cintilante savana
Que te cobre e te enreda.

São sonhos

que ja foram vistos à luz,
E aqueles que virão,
Não estarão escondidos,
Nem virão cobertos

por algo que eu não possa ver,
Virão,

E quando eu os tenha
Voltarei a escrever-te
Para que destaque,

em um lugar não distante de tua memória

te penso

Invento

o que não me podes dar em forma de sonho

Joe’A..

Posted in poesia | Leave a Comment »

O TIME DOS FELIZES…

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

            Sempre ao abrir os olhos a cada manhã
            temos duas opções
            O mundo se descortina com muitas possibilidades
            Você sempre pode escolher
            SER FELIZ….SER INFELIZ!
            Amigo querido faça sempre a sua opção
            Você merece o melhor!
            Porque se perder na dor, na tristeza,
            e, ficar tão cego para ver da vida toda a beleza!

            Se você sempre escolher SER FELIZ!
            Atrairá ALEGRIA,
            OTIMISMO,
            SOLIDARIEDADE,
            JOVIALIDADE….
            Cada dia é uma oportunidade abençoada
            para cumprirmos nossa MISSÃO…
            Venha meu irmão querido
            entre no time dos FELIZES
            para fazermos muitos goals….

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

DESABAFO…

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

            Este homem que está aqui
            é o modelo dos que
            alimentam nosso desejo
            alimentam nossa paixão
            mas, com certeza,
            nem chega
            na metade de um amor de verdade…
            Porque mostra o corpo de uma forma
            que parece estar numa vitrine para vender…
            Vemos um físico alucinante
            mas não nos fala do que queremos…
            Também não podemos saber
            o que ele é de verdade ou o seu real poder….

            Afinal a vida não é somente um instante!
            É uma oportunidade constante
            de fazer amor,
            de sentir amor,
            de compartilhar amor…
            De vibrar,
            de delirar,
            de gozar…
            De ser responsável por sua liberdade!
            De fazer uso do seu aprendizado…
            De agradecer e agradecer
            pelo melhor que você vier a ser….

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VAMOS COMBATER A IGNORÂNCIA E ACABAR COM A ESCURIDÃO DA MENTE

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

      Precisamos ser coerentes com todas as nossas ações…
      Encontro uma grande lição na oração do Pai Nosso que foi a que
      o Senhor nos ensinou…
      Ao pedir que nos perdoe precisamos pensar se perdoamos…
      A nós e aos outros…
      Muitas pessoas tem dificuldade em se perdoar porque tem necessidade de se punir…
      Esta é uma causa poderosa de quem busca a dependência de qualquer ordem….
       Não é fácil, perdoar, e quanto mais intimo for quem peca contra nós, mais difícil é perdoá-lo.
      Porém aprendemos nas Escrituras que o ” não perdoar”  os outros nos retira o perdão divino, pois Jesus
      nos ensinou:
      “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará;
      se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará
      as vossas ofensas”
      (Mateus 6:14-15).
      Vejamos a história de José
      José tinha apenas dezessete anos quando seus irmãos, friamente, venderam-no para a escravidão.
      Separado de sua família e do seu país, ele atingiu a posição de supervisor da casa de Potifar,
      seu senhor egípcio.
      Mas o desastre atingiu-o novamente.
      Ele recusou os avanços sexuais da esposa de Potifar e ela acusou-o falsamente de assediá-la.
      Ele foi posto na prisão, onde, mais uma vez, o Senhor estava com ele e se tornou o supervisor dos outros prisioneiros. José permaneceu nessa prisão pelo menos durante dois anos (Gênesis 37; 39).

      Faraó, rei do Egito, teve um sonho e desejava sua interpretação.
      José foi capaz, pelo poder de Deus, de interpretar o sonho de Faraó e foi exaltado a uma posição
      de poder próxima à do próprio Faraó.
      Este fê-lo encarregado da armazenagem e da distribuição dos cereais em toda a terra do Egito.
      Foi depois disto que os irmãos de José vieram ao Egito para comprar cereais.
      Estava dentro do poder de José tomar vingança contra aqueles que tinham pecado contra ele tantos anos atrás.
      Contudo, a Bíblia nos conta que José experimentou seus irmãos e, tendo visto o arrependimento deles, recebeu-os com lágrimas e afeto (Gênesis 45:1-15).
      Ele os tinha perdoado por seu pecado.

      É portanto indispensável que entendamos e pratiquemos o perdão.
      O perdão é muito mais importante do que podemos pensar…
      O Perdão é curativo porque elimina as culpas que nos fazem adoecer…
      O Perdão é libertador porque corta o saco de raivas que carregamos nas costas pela vida inteira…
      O Perdão é puro amor…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

A LIBERDADE DE UM POVO

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

Deambulo pelos meus pensamentos,
ciente de mim e das pessoas, irmanadas
comigo, num mesmo sentido único: que
a força do pensamento, alce novos voos,
e, que, a democracia, jamais seja vã.

Meu quarto é pequeno, para conter tais
forças, por isso escrevo, ao sabor da pena,
sem pena alguma, de dizer o que me vai
na alma, ao sabor de meus ideais, sempre
prontos a serem testados ou ignorados.

Aqui se lutou, contra o jugo de cinquenta
anos, de um ditador, que tudo fez, para
manter o povo iletrado, de forma a assim
melhor o controlar, mantendo-o na vil
ignorância, fechado em seu próprio país.

Até que um dia os soldados revoltaram-se,
juntando-se ao povo, recusando ordens de
seus superiores, e, as gentes, saíram à rua,
gritando palavras de ordem, não calando,
o que, a meio a torturas, silenciar quiseram.

Porém não sossego, e, no meu pensamento,
sem nunca ter descanso, toda esta supérflua
realidade, depois do acto heróico, não cabe
nem olvido nem afrontação, que hoje fazem,
ao não saberem guardar em mãos, a liberdade.

Por isso continuo deambulando, em carne e
sangue, jogando-me de encontra as paredes,
parecendo, que, a qualquer instante, eis irei
enlouquecer, de doído pensamento, ante
tanta futilidade e omissão, do Homem de hoje.

Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Eu sou Zassim

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

                  Eu sou assim
                  Só sei dizer
                  que sei sorrir
                  que sei chorar
                  não sei mentir

                  Eu sou assim
                  seguramente
                  tão inseguro
                  só sei dizer
                  só sei dizer
                  quanto isso é duro

                  Eu sou assim
                  humanamente
                  todo sorrisos
                  todo emoção
                  quando preciso
                  também choro
                  (e às vezes coro)…

                  Eu sou assim
                  simples mortal
                  talvez por isso
                  que sendo assim
                  o seu sentir
                  também é meu

                  Ah – sou assim
                  mas acredite
                  estou mudando
                  pois tudo muda
                  e logo eu
                  que kaminhant
                  sou um mutant…

                  ZecaFeliz

Posted in poesia | Leave a Comment »

POET…ARTE

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

      Só se é poeta quando os sentimentos

      Soltam-se no vento lírico do amor

      E passeiam livres pelo pensamento

      Procurando alento até na própria dor…

      

      Mas não te iludas, busca aprimorar-te

      Reconstrói com arte o teu entendimento,

      Se o teu momento é filho da arte,

      Ele é mais que parte do teu sentimento.

      

      Só se é poeta quando a alegria

      Se dilui na dor da lágrima que escorre

      E a voz do amor então se pronuncia

      Na metamorfose gráfica que ocorre…

      

      Quando a poesia solta-se, revela

      Como  numa tela, o jeito do pintor,

      Mas se a tinta errada suja a aquarela,

      Ela denuncia o lapso do autor.

      

      Queres ser poeta ? Que a palavra flua

      Como uma canção, um riso, uma saudade

      E que a emoção inteira se dilua

      Na luz seminua da tua verdade.

      

      Como se o sangue diluído em pranto

      Fosse  um novo canto celebrando a vida,

      E o teu amor,  em notas de acalanto,

      Roubasse do pranto a dor mais atrevida…

      

      Queres ser poeta, escreve, realiza

      Vamos ! Suaviza tua intenção,

      De fazer brotar na página mais lisa

      A flor mais precisa do teu coração.

      Luiz Poeta

Posted in poesia | Leave a Comment »

O Significado do Natal

Posted by vidapura2 em Dezembro 11, 2008

Hei, você, onde vai com tanta pressa?

 

Eu sei que você tem pouco tempo…

 

Mas será que poderia me dar uns minutos da sua atenção?

 

Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você.

 

Para onde vão todos?

 

Os shoppings estão lotados…

 

Crianças são arrastadas por pais apressados, em meio ao torvelinho…

 

Há uma correria generalizada…

 

Alimentos e bebidas são armazenados…

 

E os presentes, então? São tantos a providenciar…

 

Entendo que você tenha pouco tempo.

 

Mas qual é o motivo dessa correria?

 

Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores…

 

Mas confesso que vejo pouco brilho nos olhares…

 

Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal…

 

É bonito ver luzes, cores, fartura…

 

Mas seria tão belo ver sorrisos francos…

 

Apertos de mãos demorados…

 

Abraços de ternura…

 

Mais gratidão…

 

Mais carinho…

 

Mais compaixão…

 

Talvez você nunca tenha notado que há pessoas que oferecem presentes por mero interesse…

 

Que há abraços frios e calculistas…

 

Que familiares se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação.

 

Mas já que você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: para que tanta correria?

 

Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: “viva Jesus, feliz Natal”!

 

E os sóbrios comentam: “é louco!”.

 

E a cidade se prepara… Será Natal.

 

Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:

 

O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.

 

O Natal é a expressão da caridade…

 

E quem vive sem caridade desconhece o encanto do mar que incessantemente acaricia a praia, num vai-e-vem constante…

 

Natal é fraternidade…

 

E a vida sem fraternidade é como um rio sem leito, uma noite sem luar, uma criança sem sorriso, uma estrela sem luz.

 

Mas o Natal também é união…

 

E a vida sem união é como um barco rachado, um pássaro de asas quebradas, um navegante perdido no oceano sem fim.

 

E, finalmente, o Natal é pura expressão do amor…

 

E a vida sem amor é desabilitada para a paz, porque em sua intimidade não sopra a brisa suave do amanhecer, nem se percebe o cenário multicolorido do crepúsculo.

 

Viver sem a paz é como navegar sem bússola em noite escura… É desconhecer os caminhos que enaltecem a alma e dão sentido à vida.

 

Enfim, a vida sem amor… Bem, a vida sem amor é mera ilusão.

 

Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes…

 

Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem pela Terra deu origem ao Natal…
Momento Espírita

Posted in oração | Leave a Comment »