amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 3 de Fevereiro, 2009

Será Verdade?

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

      Debruço sobre a sacada e compartilho do esplendor do oceano,
      da beleza da natureza ao meu redor,
      os pássaros se aproximam;
      O dia se faz nascer frente a minh’ alma,
      Sinto receber a saudação de um novo dia do próprio
      Rei do Universo…
      Meus pensamos se voltam ao passado…
      Viajo entre continentes,
      Deparo-me em um continente de sábios…
      Lá, acabo de ser apresentado a um ancião,
      Ele traz no seu rosto e no corpo, as marcas do tempo,
      do sofrimento é- me apresentado como sábio…

      Seu templo uma gruta! Seu alimento frutas…

      Sua sede saciada pela nascente,
      que brota ao lado de onde permanece sentado…
      Aproximo-me do tal ser…
      Vejo que a luz de toda a gruta são lamparinas,
      Percebo que a luz maior vem do interior de sua alma,
      Lanço-lhe, prontamente, uma só pergunta:
      – Senhor o que falta para as pessoas serem felizes?
      Ele me olha, aquilo me arrepia a alma,
      É quando ele lança a resposta:
      – Filho, falta o respeito!
      Eu, de imediato, digo:
      O respeito senhor?

      -Sim…

      O respeito com o credo de cada um…
      Com a escolha de cada um…
      Com a casa de cada um…
      O amor não se fará sem o respeito…
      A liberdade não virá sem respeito…
      A amizade não perdurará sem o respeito…
      A terra sentirá a agressão por falta do respeito…
      A violência será forte entre os homens por falta do respeito…
      Os governantes cometeram injustiças por falta de respeito a seus povos,
      O sol, A natureza, O próprio Criador do Universo…
      Se sentirão ultrajados por falta de respeito!
      E ai…Vira a resposta!…
      A ira dos seres protetores da fauna, das águas, do fogo,
      Será terrível e dolorida a cobrança, como será!…

      

      Nesse instante, tremia minha alma com aquelas palavras,
      Vi que existia algo de verdade em tudo aquilo,
      Que o sábio acabará de falar.
      Assim, passei a fazer do respeito o gêmeo de minh’ alma.
      Assim, decidi continuar minha caminhada…
      Volto de meus “pensamentos”…
      E os pássaros, a natureza, o mar continuam aqui frente a meus olhos
      respeitando-me e eu a eles…
      Olho para a vastidão do oceano e pergunto:

      Será que é o que falta?
      O Respeito!
      Será verdade do sábio!?…

      PAULO NUNES JUNIOR

Posted in poesia | Leave a Comment »

SOU QUEM SOU!!!

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

      Sou aquele que se regenera pela dor!…
      Sou no amor quem nunca morre,
      Sou fonte de inspiração aos apaixonados,
      Sou o coração que suplanta todas as dores.
      Sou o canto que toca os corações abandonados,
      Sou aprendiz de poeta!…
      Súdito, sempre, de minha emoção…
      Sou o grito dos perseguidos,
      sou brisa aos cansados,
      sou aquele que enxuga tuas lágrimas,
      Sou condor sobre os céus vigilante,
      sempre sobre o ataque dos malfeitos
      Sou aquele que busca levar
      para as montanhas mais altas a quem amo,
      afim de lá ser protegido,
      Sou o canto dos pássaros
      que saúdam o nascer do dia
      e anunciam a presença de meu Pai
      Sou aquele que chora por amor,
      por um amigo,
      que se preocupa com a fome do desconhecido.
      Sou vulcão, sou oceano, sou universo!…
      Sou a lágrima derramada sobre cada guerra
      Sou aquele que não aceita a fome do próximo
      Sou aquele que tira a própria veste
      e coloca no que sente frio.
      Sou marco do sentimento mais belo, amizade!…
      Sou o reflexo nos lagos
      de alguém que neste plano terrestre
      foi e é dirigido pelo amor.
      Sou aquele que luta contra as ilusões,
      contra a impunidade, contra o preconceito.
      Sou e serei sempre lágrima dos injustiçados
      Sou e serei eterno operário e servo do amor maior,
      até o dia em que não veja mais
      tanta injustiça social entre os povos.
      Sou aquele que mesmo
      quando Deus chamar
      continuará em outra dimensão
      a se preocupar com tudo
      que sonhei ver edificado na terra.
      Sou simplesmente
      alguém que acredita no amor…

      Paulo Nunes Junior

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Marcas No Coração

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

Você já sentiu, alguma vez, a dor causada por uma pancada na quina da mesa, da cama, ou de outro móvel qualquer?

 

Sim, aquela pancada que quase nos faz perder os sentidos, e deixa um hematoma no corpo.

 

Em princípio surge uma marca avermelhada, depois arroxeada, e vai mudando de cor até desaparecer por completo.

 

Geralmente o local fica dolorido, e sempre que o tocamos sentimos certo desconforto.

 

A marca permanece por um tempo mais ou menos longo, conforme o organismo.

 

Agora imagine se, por distração, você bate novamente no mesmo lugar do hematoma…

 

A dor é ainda maior e a cor se intensifica.

 

Se isso se repetisse por inúmeras vezes, o problema poderia se agravar a tal ponto que a lesão se converteria num problema mais grave.

 

Com a mágoa acontece algo semelhante, com a diferença de que a marca é feita no coração e é causada por uma lesão afetiva.

 

No primeiro momento a marca é superficial, mas poderá se aprofundar mais e mais, caso haja ressentimento prolongado.

 

Ressentir quer dizer sentir outra vez e tornar a sentir muitas e muitas vezes.

 

É por isso que o ressentimento vai aprofundando a marca deixada no coração.

 

Como acontece com as lesões sofridas no corpo, repetidas vezes no mesmo lugar, também o ressentimento pode causar sérios problemas a quem se permite o ressentir continuado.

 

Se um hematoma durasse meses ou anos em nosso corpo, a possibilidade de se transformar em câncer seria grande.

 

Isso também acontece com a mágoa agasalhada na alma por muito tempo.

 

A cada vez que nos lembramos do que motivou a mácula no coração, e nos permitimos sentir outra vez o estilete na alma, a mágoa vai se aprofundando mais e mais.

 

Além da possibilidade de causar tumores, gera outros distúrbios nas emoções de quem a guarda no coração.

 

Por todas essas razões, vale a pena refletir sobre esse mal que tem feito muitas vítimas.

 

Semelhante a um corrosivo, a mágoa vai minando a alegria, o entusiasmo, a esperança, e a amargura se instala…

 

Silenciosa, ela compromete a saúde de quem a mantém e fomenta ódio, rancor, inimizade, antipatias.

 

Muitas vezes a mágoa se disfarça de amor-próprio para que seu portador consinta que ela permaneça em sua intimidade.

 

E com o passar do tempo ela se converte num algoz terrível, mostrando-se mais poderosa do que a vontade de seu portador para eliminá-la.

 

De maneira muitas vezes imperceptível, a mágoa guardada vai se manifestando numa vingançazinha aqui, numa traiçãozinha ali, numa crueldade acolá.

 

E de queda em queda a pessoa magoada vai descendo até o fundo do poço, sem medir as conseqüências de seus atos.

 

Para evitar que isso aconteça conosco, é preciso tomar alguns cuidados básicos.

 

O primeiro deles é proteger o campo das emoções, fortalecendo as fibras dos nobres sentimentos, não permitindo que a mágoa o penetre.

 

O segundo é tratar imediatamente a ferida antes que se torne mais profunda, caso a mágoa aconteça.

 

O terceiro é drenar, com o arado da razão, o lodo do melindre, que é terreno propício para a instalação da mágoa.

 

É importante tratar essa suscetibilidade à flor da pele, que nos deixa extremamente vulneráveis a essas marcas indesejáveis em nosso coração, tornando-nos pessoas amargas e infelizes.

 

……………

 

Agasalhar ódio, mágoa ou rancor no coração, é o mesmo que beber veneno com a intenção de matar o nosso agressor.

 

Pense nisso, e não permita que esses tóxicos se instalem em seu coração.

Momento Espírita

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

VOCÊ DEIXA? VOCÊ QUER? VOCÊ…?”

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

      Voce me deixa entrar nos seus sonhos
      realizando-os lindamente
      encantando-me completamente?

      Você permite ser minha inspiração
      nos bons momentos
      e, ser companheiro solidário
      nas horas de sofrimento?

      Você aceita ser meu terno carinho?
      A inspiração dos meus versos
      deixando meu coração acelerado
      minha respiração rarefeita
      minha boca sempre a espera da sua???

      Você me deixa sentir nos seus lábios
      o sabor do seu amor intenso?
      Você quer que eu passeie no seu corpo
      massageando sua pele molhada???
      Você me deixa afastar seus medos
      energizar seu corpo e mente
      sendo seu amor amigo???
      Você me deixa levá-lo ao paraiso
      a uma PAZ infinita????

      Você me deixa ousar ultrapassar
      todos os desafios que temos que lutar???
      Com coragem, comprometimento
      com a solidez deste nosso momento???

      Você aceita a felicidade
      como merecimento de verdade???

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Agüenta coração…

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

      As luzes se apagam
      no meu quarto em solidão
      acendendo a saudade
      abraçada pelas lembranças
      dos nossos momentos.
      Desejos sufocados, desejos
      por beijos
      por corpo
      por amor,
      torturas da distancia
      ânsias das fantasias
      companhia das insônias
      nos travesseiros das ilusões
      no cobertor sem calor
      vazios da ausência…em dor
      Tesões estéreis
      angustiando o coração,
      maltratado pela falta
      dos seus carinhos,
      que por toda noite
      pede sua presença
      pura aflição…
      Agüenta coração…

      Joe”A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Aguanta corazón…

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

       Las luces se apagan
       en mi cuarto en soledad
       encendiendo la añoranza
       abrazada por los recuerdos
       de nuestros momentos.
       Deseos sofocados, deseos
      de besos
       de cuerpo
       de amor,
       torturas de la distancia
       ansias de las fantasías
       compañía de la insomnia
       en las almohadas de las ilusiones
       en la manta sin calor
       vacíos de la ausencia…en dolor
       Deseos estériles
       angustiando el corazón,
       maltratado por la falta
       de tus caricias,
       que  toda la noche
       pide tu presencia
       puro dolor…
       Aguanta corazón…

      Joe”A

Posted in poesia | Leave a Comment »

SINFONIA INACABADA

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

         Sustenidos, bemóis
          Claves , partituras
          Semibreves, ternuras
          Tocadas com emoção
          Compõem o meu coração…

          Compassos e emoções
          Andantes, sincopados
          Amores despedaçados
          Tons e semitons
          Fusas e  semi fusas
          Todas entoaNDO canções…

          Compasso ternário,
          Compasso binário
          Notas jogadas
          Semi clavadas
          Solfejos suspensos no ar
          Bailam artes sem parar
          E eu louca pra te amar…

          Escalas encharcadas
          Saudades dilaceradas
          Formam oitavas de dor
          Indicam que em claves de sol

          Estás presente, ardente
          Em pleno rigor do amor…

          Cadências desencontradas
          Estertores não tão rimados
          Selam melodias de paixões
          Segredos mudos em corações
          Ecos sofridos, fascinações…

          Tanta melodia tocada
          Tantos colchetes lançados
          Sem dó nem sofreguidão
          Apenas persiste no ar
          Amores desesperados
          Frenéticos sons tocados
          Com toda alucinação…

          Ah! Gentis criaturas
          Que fazem do do ré mi
          Cantigas de embevecer
          Falem tons suaves, dolentes
          Que me embalem docemente
          Em sinfonias inacabadas
          Para ter meu bem amado
          O tempo todo ao meu lado…

          Myriam Peres

Posted in poesia | Leave a Comment »

Sou Poesia..

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

            Sou, eu sou poesia… Sou vontade de amar,
            Sou fantasia… Doce e saudosa melâncolia.
            Pedaços de sonhos dourados a caminhar.
            Sou aquela… Cuja beleza da vida a extasia!

            Poesia jorrando pelos poros, peito ardente.
            Negando o lado feio da vida… Tão insipiente!
            Vendo rostos frios, maldosos, indiferentes!
            Num mundo cruel… Enfermo… Indecente!

            Sou poesia… Deus me fez assim, verso, rima!
            Para levar amor aos que o negam, que mentem!
            Que passam pela vida com rancor, buscando rixa…
            Sem ter um ombro para chorar, sem confidentes.

            Sou… Eu sou poesia… Sou uma fada madrinha,
            Bordando em filetes de prata o anseio de tantos.
            Colorindo vidas… Com cintilantes estrelinhas…
            Levando esperança onde reside o desencanto!

            Sou… Sou poesia… Sou mensageira do Criador!
            Sou cheiro de relva, de mar, sou o sol abrasador,
            Sou o grito de todo o abandonado… E sofredor…
            Que deseja ser amado, e poder acreditar no amor!
            Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

ODE AOS PÉS

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

 O Pé direito é diferente do esquerdo. Ele se movimenta mais rápido, mas o esquerdo está sempre presente. Os dois vão à luta levando o corpo que se equilibra em cima deles. Pés para dançar, vencer e até mesmo fugir do perigo. Pés para dar liberdade, pois sem os tais as pernas não seriam nada. Pés para roçar o corpo da pessoa amada, acariciá-la no aconchego da manhã.

Pés descalços entrando e saindo das Minas de ouro, enriquecendo o País. Pés calejados, sofridos e pisados por outros pés. Pés correndo nas florestas buscando o existir. Pés nos campos de futebol resgatando a alegria. Pés pisando nos gramados e que balançam as redes fazendo vibrar de emoção milhares de corações patriotas. Pés nas avenidas dançando samba. Pés dançando baião e xaxado. Pés bem cuidados, de unhas pintadas e bem feitas. Pés da bailarina que se equilibra; magia que está nas pontas dos dedos.  Pés fincados no chão ou tombados por um punhado de terra.

O esquerdo está sempre ao lado do direito.  Estão se harmonizando para a festa de outros pés. Pés chatos, bruscos. Pés ásperos. Pés que continuam levando sua bagagem para o futuro. Pés massacrados. Pés embrutecidos, cruzando rios, pinguelas e pontes. Pés subindo e descendo morros. Pés que amassam o barro para fazer barracos de pau a pique. Pés delicados se unindo aos rústicos. Pés para lutar capoeira… e fugir da injustiça.
Santiago Dias

Posted in poesia | 1 Comment »

UM JOVEM CASAL

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

      Para um bom relacionamento a dois,
      é necessária muita compreensão;
      crer em ambos, quando estão todos
      duvidando; e, para isso, achar sempre
      uma desculpa, para o mentiroso;
      que, a verdade, sempre vinga, de entre
      aqueles, que se amam e respeitam.

      Saber ouvir é outro dos mui requisitos,
      indispensáveis a um jovem casal,
      que não deve negar palavra, quando esta
      se faça imprescindível e seja de bom-tom.

      A confusão pode advir da inexperiência;
      e tal como o temor, momentâneo,
      território, para vozes agoirentas, apenas
      conversando, se alcançam novos e
      perduráveis patamares, redigindo,
      a palavras de ouro, a humildade inerente.

      E a todos, por igual modo, serão tratados,
      pobres ou ricos; mas quer a uns quer a
      outros, nunca a tua condição, deverás
      esconder,
      pois que, quem ama, do céu primazia.

      E se acaso, virdes transformadas, em
      mentiras, as verdades, que disseste, pois que
      retomes, ao ponto de partida, trazendo,
      a teu lado, quem te foi fiel e nunca
      te abandonou, em nenhuma circunstância.

      E acima de tudo, mas não menos importante,
      todo o casal, que se quer feliz, deve humor e
      um largo sorriso, nos olhos e nos lábios.

      E assim,
      toda e qualquer inveja, há-de fenecer e morrer,
      muito antes ainda de vir a nascer.

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

O segredo da felicidade

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

”  O segredo da felicidade
 é encontrar
a nossa alegria
      na alegria dos outros .  ”
 
          Alexandre Herculano

Posted in poesia | Leave a Comment »

Com a palavra, o coração!

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

Estás de mim tão perto e tão distante…
E essa verdade insana, desmascara,
Uma ilusão qualquer, insinuante,
Que no passado ela nos foi tão cara.

Viver pode tornar-se torturante!
E entre mil seres nunca se compara,
A dor, por mais que seja semelhante,
Quem a suporta diz ser a mais rara.

Nesses momentos, quase sempre em vão,
Nós insultamos nosso coração:
– Dize-me, oh bruto, quem de nós errou?

Sem nem fingir pesar ele retruca:
– Que presa fácil és dessa arapuca!
Vives pagando o que outro ser levou…

II

E ainda perguntas quem de nós errou?
Prestarei contas sem medo de errar:
– É mais um sonho que te abandonou!
Mas não a mim, que não vivo a sonhar.

Todas as vezes que o amor te abraçou,
Eu sempre soube o que ia resultar,
Mas eu confesso que já me cansou,
Ter sempre que apanhar no teu lugar.

Sei que não te apeteces ser assim:
– Ingênua, boba, sonsa e confiante,
No amor, esse cigano esperto e errante.

Aprende, pois, nem que seja por mim:
– Cobertos de razão, somos fracassos,
Porém, sem ela, somos dois palhaços.
Tere Penhabe

Posted in poesia | Leave a Comment »

Amor aberto ou escondidinho

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

“Amor aberto ou escondidinho.
Desejo puro, ou misturado à uma boa dose de carinho!
 
Ora bolas!
Se o mundo todo faz…
Tolice seria deixarmos isso tudo pra trás.
 
 
Sentir saudade é minha maior fraqueza.
 
E me desculpe a franqueza…
 
 
Te pareço louca, 
ou um tanto quanto voraz?
 
 
É teu gosto ainda em minha boca.
Querendo mais,
mais
e  muito mais!
 
 
Andréa Maia

Posted in poesia | Leave a Comment »

Deseje as transformações

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

Não apenas aceite, mas deseje que
transformações positivas se operem em você.
Se até hoje as coisas foram amarradas,
 difíceis, impossíveis, queira que uma mudança
 substancial lhe ocorra,  esclareça os pontos obscuros. 
 
Aumente a sua grandeza de seu espírito,
sua inteligência e as capacidades de sentir e agir,
 esboce um novo mundo e uma nova vida pra você.
Deseje ir avante, melhorar.
 
Confie em você, em Deus e aja.
Quando fizer isso, já estará havendo formidável transformação em você.
Você se arranca para a vitória quando
se dispõe a ser melhor.
 
Lourival Lopes

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Madrugada

Posted by vidapura2 em Fevereiro 3, 2009

Lá fora sei que escuro ficou,
que a hora passou ,que nada mudou…
Não consigo dormir,
coração que bate forte,
que sofre calado,
dói este silêncio!
Lembranças voltam, sem querer
pensar, tudo penso!
Volta o passado, descubro
que nada esqueci!
Cada momento, cada
marca do que passei, tudo
me leva a você!
sangra, parte e reparte!
em mil pedaços eu nada sou!
Faleço nos sentidos,
sobrevivo de marcas,
vivo de emoções, embarco em recordações!
é Madrugada!

Adilia Monteiro Aguiar Oya

Posted in poesia | Leave a Comment »