amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 11 de Agosto, 2009

Tu és…

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

      Tu és a força que domina o coração dos justos,

      Tu és fonte límpida de cura,

      Tu és o remédio dos humilhados,

      Tu és o acalento dos esquecidos,

      Tu és a visão dos cegos,

      Tu és maior que os oceanos,

      Tu és mais forte que os terremotos,

      Tu és o vencedor de todas as guerras,

      Tu és a chave da alegria,

      Tu és mais quente que o astro rei sol,

      Tu és o companheiro dos justos,

      Tu és o caminho dos sábios,

      Tu és canto dos pássaros mais raros,

      Tu és mais… entre os jardins a flor mais bela,

      Tu és o pai da vida,

      Tu és a compreensão para a morte,

      Tu és a pena que os poetas usam na escrita,

      Tu és irmão da caridade,

      Tu és o gêmeo do perdão,

      Tu és meu sangue, a ti aceitei, na esperança que um dia o mundo seja belo sem a violência e a dor…

      

      Tu és o Amor!!!

      

      

      PAULO NUNES JUNIOR

Anúncios

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Cavalgando

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Entre o vale das paixões encontro-te…

        Olhares trocados, beijos, sussurros, juras de amor eterno,

        começamos a cavalgar pelos dias como se fossemos donos do planeta

        pouco importando se dias se colocariam com o sol, ou nublados…

        Éramos donos do tempo…

        

        Passamos pelos dias com a certeza que nossos corações

        jamais teriam dúvidas de nosso amor,

        e, ao cavalgar entre borboletas

        que saudava-nos em nossa historia de magia,

        conhecemos a cor e o encanto…

        

        O bater de asas ensejava liberdade de voar…

        Encontrávamos pelos bosques, vivenciando a beleza de arbustos e flores

        entre o forte e delicado éramos exemplos de corações apaixonados

        que não sentiam o cavalgar do tempo…

        Entre flores, fizemos aconchego de nossas emoções,

        entre as águas banhamos nossos corpos

        entregue aos segredos da lua dos amantes,

        e, entre as nuvens sentíamos a renovação desta força…

        

        Passamos a cavalgar entre pedras e caminhos que antes pareciam fáceis, transformaram-se em percursos de exaustão…

        Entre eles postar-se-iam a tentação, por momentos a tropeçar,

        pudemos logo ver sermos únicos, e sobre nossos corcéis

        demos costas das tristes lembranças…

        

        De mãos entrelaçadas…

        Partimos novamente pelos territórios que se apresentavam a cavalgar, enfrentando nossas dificuldades, agora com nossos corações…

        Que se fez renovado pela dor, e de nossos dias fizemos dias de sublime relação entregando-se de vez a este amor que serve como nosso alimento

        Nossos corcéis passam a ser alados, encantados…

        Levando-nos, enfim, a uma vida

        onde nossa cavalgada não encontrará mais obstáculos…

        

        Paulo Nunes Junior

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Adversário da felicidade

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Eles formavam um casal harmônico. Jovens e belos desfilavam pelas ruas de mãos dadas e sorrisos nos lábios.

 

Tudo parecia lhes sorrir. Profissionais liberais, administravam sua agenda de forma que a profissão não lhes tomasse todas as horas.

 

Escoavam os meses e se reprisavam os anos de gentilezas, traduzindo carinhoso afeto.

 

Até que um dia, um cliente mais ousado tomou atitudes indevidas e, embora fosse rechaçado com firmeza pela jovem esposa, o esposo se encheu de ciúmes.

 

A partir de então, o relacionamento começou a deteriorar. Ele se tornou frio para com ela. Os diálogos amigos se transformaram em monossílabos forçados.

 

Ela passou a agasalhar mágoa no seu coração.

 

Finalmente, optaram pela separação. A pedido dela, ele saiu de casa. Agora se encontravam somente no campo profissional, pois trabalhavam no mesmo local.

 

As noites solitárias começaram a se tornar intermináveis e ele passou a sentir a falta dela. Analisou os motivos da separação e descobriu que havia sido muito infantil. Resolveu pedir desculpas e retornar ao lar.

 

Em uma noite, decidiu que, ao se erguer pela manhã, iria até uma floricultura, compraria lindas flores e as remeteria para a sua amada.

 

Escolheu versos cheios de amor para esconder entre o ramalhete delicado:

 

Alma gêmea da minh’alma.

 

Flor de luz da minha vida.

 

Sublime estrela caída das belezas da amplidão.

 

És meu tesouro infinito.

 

Juro-te eterna aliança.

 

Porque eu sou tua esperança.

 

Como és todo o meu amor.

 

Adormeceu pensando em como se ajoelharia aos seus pés, confessando-lhe o amor que sentia.

 

Quando amanheceu o dia, vestiu-se, perfumou-se e foi até a frente da casa. Então, se sentiu um tolo romântico.

 

E se ela não o perdoasse? E se ela não estivesse disposta a reatar o relacionamento?

 

Afastou-se. Durante todo aquele dia a idéia não lhe saía da cabeça. Afinal, ela estava ali, tão perto, trabalhando na outra sala. Não encomendou as flores. Mas leu e releu os versos que escrevera. Chegou a noite, cheia de estrelas.

 

O quarto de hotel parecia sufocá-lo. Saiu, comprou flores, escreveu os versos em lindo cartão e se dirigiu para a casa dela.

 

A passo acelerado, foi chegando. Tinha na mente, para sair pelos lábios, todas as frases de perdão e juras de amor.

 

Com o coração em descompasso, bateu à porta. A empregada atendeu chorosa e vendo-o, apontou para o interior da sala.

 

A jovem tivera um problema cardíaco e morrera. As flores que ele levava serviram para lhe adornar o caixão. Mas os versos que ele fizera, esses ele não poderia jamais declamar aos seus ouvidos. Era tarde demais…

 

* * *

 

O ciúme é perigoso adversário. Tem a capacidade de destruir relações afetivas, ferindo os que a ele se entregam.

 

Se você já se permitiu dominar por ele, pense em quanto já perdeu em oportunidades de ser feliz. Quantas vezes se tornou frio, agressivo. Quantas vezes magoou e se sentiu magoado.

 

E tome uma decisão imediata. Abandone esse sentimento e retorne às fontes generosas do amor. Só quem ama é feliz e faz os outros felizes.

Momento Espírita

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

A impiedade

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

A falta de piedade e de indulgência na apreciação do comportamento dos outros, tem causado infelicidade e desgosto na vida de muitas pessoas.

 

Um dia desses uma senhora narrava o seu desconforto, quando percebia os comentários ácidos a seu respeito, quando ela e o marido buscavam os primeiros lugares para se sentar, nos eventos de que participavam.

 

Ela, uma senhora muito jovial, sempre sorridente, simpática e cordial, é portadora de uma deficiência auditiva grave.

 

Mesmo com a ajuda dos aparelhos precisa da leitura labial para entender o que as pessoas falam.

 

É esse o motivo pelo qual sempre busca os primeiros lugares, e o esposo lhe faz companhia.

 

Na tentativa de evitar os comentários maldosos, ela costumava se justificar, sempre que havia alguém por perto, quando ia se sentar na primeira fila.

 

Com o passar do tempo, notou que não bastava dar satisfação a uns, pois sempre restava alguém para comentar maldosamente a sua atitude.

 

Como o casal se tornou conhecido em muitos dos lugares que freqüenta, é comum encontrar duas poltronas reservadas, bem à frente, para se sentar. E isso incomoda os impiedosos de plantão.

 

Mais uma vez temos que dar razão a Jesus, quando recomendou o não julgueis.

 

Quem desconhece todos os porquês das atitudes de cada pessoa, e estabelece julgamentos precipitados e maldosos, acaba agindo com impiedade e injustiça.

 

Foi o que ocorreu com uma jovem cantora, portadora de deficiência visual, que se apresentava num restaurante.

 

Um cliente, que simpatizou com a moça, passou a fazer gestos de aprovação e a lhe mostrar, vez ou outra, um copo com bebida, oferecendo-lhe um drinque.

 

Como a moça não demonstrava nenhum sinal de interesse ou agradecimento, ao final da apresentação ele foi até o palco e despejou um copo de bebida com pedras de gelo sobre os pés da cantora, e falou: “Isto é para você deixar de ser mal-educada e indiferente aos meus galanteios!”

 

A moça, que não sabia o que estava acontecendo, saiu tateando, assustada, em busca de alguém que a ajudasse a entender a situação.

 

E o rapaz, só depois do vexame, se deu conta de que a cantora não era mal-educada, nem indiferente, apenas não podia vê-lo.

 

Casos como esses nos levam a refletir sobre como somos impiedosos ao julgar indivíduos que desconhecemos.

 

Não seria mais justo e coerente não julgar?

 

E o que é mais lamentável é que mesmo percebendo que fomos injustos e impiedosos, dificilmente pedimos desculpas.

 

A consciência nos acusa, mas o orgulho nos impede o gesto de humildade.

 

E o orgulhoso sofre mais, não há dúvida. Ele prefere a autopunição, com enfermidades variadas, a um pedido sincero de perdão.

 

É mais fácil para o orgulhoso amargar uma doença, causada pela consciência de culpa, do que reconhecer que falhou na apreciação de pessoas ou situações.

 

E como a consciência nos acompanha dia e noite, e não podemos fazê-la calar-se, é preciso ouvi-la com mais atenção.

 

***

 

Procure observar o mundo com olhos de fraternidade, de piedade, de compaixão.

 

Considere que as aparências podem nos enganar, muitas e muitas vezes.

 

Para construir um mundo onde a felicidade esteja mais presente, é preciso corrigir o nosso olhar e a nossa forma de apreciação de pessoas e situações.

 

Pensemos nisso, sempre que a tentação de julgar os outros se apresentar.
 Momento Espírita

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

ENVOLVA-ME …

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Meu amor envolva-me em carinhos
protege o meu coração
ele está cheio de um amor sem igual
porque é o amor mais especial…
Meu amor  que se mostra tão ardente
na pele de um bichinho carente…
Transporta-me neste seu carinho
Leva-me neste sonho lindo
que quero seja infindo…
Meu coração guerreiro
o espera por inteiro
no campo do amor
que sua esperança sempre semeou…
Em cada dia vamos plantar
todo o carinho que queremos,
na vida,
sempre resgatar…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Não é preciso ser mágico

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Não é preciso ser mágico para entender o que este gatinho
gostaria de falar…
Seus olhos são tão expressivos…
São tristes e, parecem solidários a alguma dor…
São tão súplices como querendo um grande amor….
O que se passa na sua cabecinha?
Será que ele tem algum objetivo na vida?
Mas na realidade penso que eles vieram para serem
aceitos e amados….
Não pedem nada, mas dão tanta alegria….
Bem isto é para pensar….
Vamos ajudar esses animais que nunca pedem nada,
mas dão tanto….
Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

SABE ONDE MORO , AMOR????

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Fui convidada a morar num lugar tumultuado
                    onde você construiu sua rede emocional…
                    Um lugar meio desajeitado

                    onde havia emoção por todo lado…
                    Onde você se espalha total..
                     Onde tenho um espaço cheio de carinho e amor…
                    Somente precisei  tirar

                    uma emoção suja que estava contida…
                    Às vezes, me sinto recuada
                    porque tudo vem como enchurrada
                    tamanha a avalanche que o acomete
                    em alguns momentos de loucura….
                    Mas em outros, sou soberana absoluta…

                    Desde que ali cheguei
                    naturalmente , convidada sua,
                     sempre me alimentei com seu querer…
                    E, sempre o servi do maior prazer…
                    Tenho muito trabalho a fazer
                    neste espaço lindo que vim ocupar…
                    Estou com você dia e noite
                    e, nunca daqui, vou mudar….

                    Quando você acorda já digo “presente” ·
                    E, um Bom Dia reluzente…
                    Durante todo o dia
                    você me procura incessantemente…
                    Muitas vezes vêm me atrapalhar
                    mas nos seus momentos de sonhos
                    ali eu sei que devo ficar….
                    Inspiro os seus poemas mais lindos…
                    Faço brilhar seus olhos de alegria…
                    Alimento todas as suas fantasias…
                     Ás vezes, sou RAZÃO , outras EMOÇÂO…
                    Mas sempre fico tranqüila
                    porque É SUA sempre a OPÇÂO…
                    Já tentei dali sair , mas você não me deixou…
                    E, carinhosamente declarou
                     É no meu PENSAMENTO que você deve ,
                     para sempre,
                    MORAR!

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

ENVOLVA-ME …

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Meu amor envolva-me em carinhos
protege o meu coração
ele está cheio de um amor sem igual
porque é o amor mais especial…
Meu amor  que se mostra tão ardente
na pele de um bichinho carente…
Transporta-me neste seu carinho
Leva-me neste sonho lindo
que quero seja infindo…
Meu coração guerreiro
o espera por inteiro
no campo do amor
que sua esperança sempre semeou…
Em cada dia vamos plantar
todo o carinho que queremos,
na vida,
sempre resgatar…
Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

AMOR E LÁGRIMAS

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Se eu posso conservar o meu

             bom senso e a calma,

            neste mundo a girar,

            em que o louco a delirar sou eu;

            Se eu posso guardar no coração

            onde nasceu  e floresceu

            um amor que é só meu;

            Se eu posso amar,
            sem esperar a mesma recompensa em amor;
            Se eu posso suportar no coração,
            aquela torpe traição,

            transporte de tanta dor…

            Então ó alma minha!
            Alegra-te e te acalma,
            pois não precisas mais nada esperar,
            só tu transportas tanto

            amor para aflorar…

              Se na infame ingratidão,
            perdeste o amor dos teus sonhos,
            mas com tuas lágrimas lavaste

            as manchas desse amor!
            Então te alegra alma querida,
            já tens morada certa

            e santa guarida,
            és amada pelos anjos iguais teus,
             Já estás tão próxima do amor de Deus.

===Edmen===

Posted in poesia | Leave a Comment »

Olhar Sombrio

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

um olhar sombrio

      a causar arrepios,

      perdido no desencanto

      de um amor distante e frio.

      assim me deixastes

      mergulhada em grande desafio,

      jamais conseguir olhar

      sem essa expressão de vazio.

                                                          Veruska

Posted in poesia | Leave a Comment »

Infinito seja, O Amor

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Ao teclar do piano,

      a voz se fez frisson,

      deixando a noite pequena,

      estreita ao tilintar de teus versos

      flutuando por entre as vestes,

      capturando segredos,

      desconcertando mistérios,

      imaculada seja, a sedução!

      

      A ferida,

      esta viva, latejando,

      buscando do âmago,

      mais uma palavra insana,

      um sussurro pecaminoso,

      fazendo-te mulher,

      pintando-te bailarina,

      escrevendo-te nos veios,

      abençoado seja, teu peito luz!

      

      No rosto gentil

      a lágrima desfila, acompanha,

      traz a essência, o grito,

      o mergulho apaixonado

      por entre beijos e abraços,

      louvado seja, o momento,

      o amor!

Auber Fioravante Júnior

Posted in poesia | Leave a Comment »

Imagino

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Quão branca era aquela alma. Cujas flores prediletas eram girassóis. Filosofia? Respirava o cheiro das desgraças humanas e consertava janelas. As quais seriam abertas um dia, quando as estações completassem o ciclo do entendimento eterno. Tinha sentimentos e se repartia em lágrimas e canções, cujo autor jamais imaginaria embalar jóia tão rara em suas noites solitárias

Maria Inês Simões

Posted in poesia | Leave a Comment »

RIR. RIR MUITO

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Se há coisa que nunca entendi é do porquê,
                        de certas pessoas, se mostrarem
                        extremamente desagradas, quando
                        alguém sorri a seu lado ou passando por si,
                        de bem consigo e com a vida.

                        Para os paranóicos logo surge uma
                        resposta irrefutável: estou a ser controlado!
                        reparem como me olha e sorri, sem se furtar
                        sequer a nada.

                        Já para os tímidos é ponto assente: mas que
                        desconforto, porque se ri assim o sujeito,
                        fazendo com que todos olhem para mim,
                        roubando-me a privacidade. que vergonha.

                        E é então, que os entendidos pela vida, dizem
                        que o riso é apenas um sinal de prosperidade,
                        quer mental, quer física e de bem-estar para
                        consigo e para com os outros, preservando um
                        convívio salutar, unindo as pessoas à sua volta.

                        Tudo isto porque o riso é vida, juventude sem
                        idade:
                        que dos invejosos não reza nunca a história.

                        Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Desabrochando a imaginação

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Deus esta em todo lugar
      ao seu redor, dentro de você
      para encontrá-Lo basta
      abrir a porta,para Ele entrar
      Ou você o procurar
      O universo esta contido em Deus
      Nossa imaginação contem Deus
      O universo nela está contido
      Não há limites para nossa imaginação
      Para as estrelas alcançar
      Nas constelações passear
      Nos limites do Universo chegar
      Basta o autoconhecimento aprofundar
      O conhecimento alimentar
      Para os horizontes da imaginação ampliar
      E no universo você navegar
      O conhecimento universal captar
      A Cultura celeste cultivar
      Com todos os seres universais compartilhar
      Se contar, Interagir, se relacionar
      Abrir novas portas alem do que possa imaginar
      A mente se abrir, o pensamento na luz voar
      A energia corporal em todos os sentidos,
      em qualquer paradigma celeste se adaptar,
      formas, relações, interações proporcionar
      Pouco vale o conhecimento
      se na imaginação não semear
      Nela, cultivado, cuidado
      Ao florescer, da flor Divina
      Frutos além da imaginação
      Você vai colher

      Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Abriendo la imaginación

Posted by vidapura2 em Agosto 11, 2009

Dios está en todo lugar
      a tu alrededor, dentro de tí
      para encontrarlo basta
      con abrir la puerta,para que él entre
      O tú buscarlo.
      El universo esta contenido en Dios
      Nuestra imaginación contiene Dios
      el universo en ella está contenido
      No hay límites para nuestra imaginación
      Para las estrellas alcanzar
      En las constelaciones pasear
      A los límites del Universo llegar
      Basta con el autoconocimiento profundizar
      El conocimento alimentar
      Para los horizontes de la imaginación ampliar
      Y en el universo navegar
      El conocimiento universal captar
      La Cultura celeste cultivar
      Con todos los seres universales compartir
      Explicar, Interactuar, relacionarse
      Abrir nuevas puertas, más allá de lo que se pueda imaginar
      La mente abrirse, el pensamiento en la luz volar
      La energía corporal en todos los sentidos,
      en cualquier paradigma celeste adaptarse,
      formas, relaciones, interactuaciones proporcionar
      Poco vale el conocimiento
      si en la imaginación no se siembra
      En ella, cultivada, cuidada
      Al florecer, de la flor Divina
      Frutos más allá de la imaginación
      Tu vas a recoger

      Joe`A

Posted in poesia | Leave a Comment »