amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 27 de Agosto, 2009

A civilização do futuro

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Do final do século XIX aos dias atuais, houve um grande avanço tecnológico. Isso ninguém pode contestar.

 

O homem venceu os espaços e chegou à lua…

 

Construiu máquinas capazes de vencer as distâncias entre os continentes, entre as nações.

 

Descobriu a cura de enfermidades até então tidas como incuráveis. Conseguiu erradicar da face da Terra doenças que dizimavam vidas.

 

Embora todo o progresso tecnológico conseguido e apesar da possibilidade de comunicação instantânea, o homem não logrou sequer minimizar a saudade, preencher a solidão, acalmar a ansiedade, evitar a dor, a doença e a morte.

 

Conquanto a humanidade avance a passos largos na conquista de melhores condições de vida, de descobertas científicas, de aperfeiçoamento na produção de alimentos, vestuário, e outras tantas conquistas, não consegue deter a onda de violência que apavora os seres.

 

Não consegue erradicar o preconceito do coração do homem, a revolta dos povos vencidos, as catástrofes de toda ordem que assolam as nações.

 

É de nos perguntarmos: por quê?

 

Por que tanta miséria moral, diante de tantas conquistas intelectuais?

 

A resposta é simples. Os Benfeitores da humanidade esclarecem em “O Livro dos Espíritos”, que o progresso intelectual engendra o progresso moral, mas que o moral nem sempre o segue imediatamente.

 

É preciso que os povos se tornem civilizados, e não apenas povos esclarecidos.

 

Na busca desenfreada por melhores condições de vida, no campo material, o homem esqueceu de voltar sua atenção para ele mesmo, enquanto figura principal dessa engenharia toda.

 

São importantes as conquistas intelectuais, porque as morais devem vir depois.

 

Homens intelectualmente desenvolvidos, podem melhor compreender o bem e o mal e optar pelo bem. Basta que uma virtude brote nos corações:

 

a piedade, que é o embrião da caridade. Quando o homem se detiver diante do sofrimento alheio e lutar por solucioná-lo, descobrirá naturalmente o caminho que o conduzirá à felicidade.

 

Essa é a orientação espírita. Só lograremos a nossa própria felicidade, fomentando a felicidade do próximo.

 

Se somos todos irmãos, não podemos admitir que sejamos felizes, vendo os demais padecendo fome e frio, sem possibilidades de educação, de crescimento, de um lugar ao sol.

 

Numa sociedade verdadeiramente civilizada todos terão, pelo menos, o necessário para viver.

 

E numa sociedade moralizada todos seremos amparados e, solidários, venceremos a solidão, a ansiedade, a dor… Porque vencidas serão as distâncias que separam os seres e os infelicitam.

 

***

 

Você sabia que a inteligência é poderoso instrumento para fomentar o progresso da humanidade? Deus quer que as pessoas inteligentes usem-na para o bem de todos e não para esmagar os mais fracos.

 

E você sabia que por mais inteligente que seja o homem, seu saber tem limites muito estreitos e restritos ao nosso planeta? Por esse motivo ninguém tem o direito de envaidecer-se de sua inteligência, pois a Terra representa um grão de areia diante do Universo infinito.

 
Momento Espírita

Anúncios

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

ENCONTRO NOTURNO

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Que desdenhosa frieza quem me segue
            na calada da noite… espreitando…
            És tu um perverso, mais que cruel és um covarde
             que julga meus passos em noites brancas…
            Que pensas tu que caço nas minhas caminhadas
            noturnas adejando, nada mais busco que não sejam
            as estrelas que bordam o céu, minhas magnólias,
            repuxo de águas normas e claras onde é banhada m’alma amada…
            Inspirá-te e banha-te neste doce encontro noturno, ou afastá-te!
            Não desejamos o lado sombrio, abominamos tal companhia…

Naida Terra

Posted in poesia | Leave a Comment »

DORMINDO GOSTOSO…

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Na cama com você querido
sinto um prazer inesgotável
num sonho interminável…
Como em um ninho confortável
preparado com muita paixão…
Você me abraçando
sentindo o calor do meu amor
do jeito que você sempre sonhou…
O mapa do meu desejo
começa percorrendo o seu beijo
e, termina nesta paz tão gostosa…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

TENHO TANTO A AFERECER.

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Eu tenho tanto a  oferecer
Porque você me permite VIVER…
Sem amarras, sem possuir…
Sem normas a seguir…
Livre para amar você…
Durante todo o meu viver…

Somos dois pássaros perfeitos
Podemos voar pelo Universo
dizendo-nos os mais lindos versos…
Compartilhando as alegrias…
Vivendo as nossas fantasias…..

Sou feliz porque domino o meu coração…
Porque entendo tudo o que ele diz…
Porque escuto quando ele sussurra seu nome…
E, quando ele diz que você é minha paixão….

Estou ouvindo você como uma linda canção!
Vejo seus olhos contemplando o horizonte!
Vou tomar a saudade em minhas mãos
e, transformá-la na mais linda flor…
Que ofertarei ao seu amor….
Vou fechar meus olhos
para sentir o tamanho do seu amor…
Para sentir o calor da sua paixão…
Para me envolver em seu coração…

Por isso eu te amo tanto!

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Á VOCÊ & POR VOCÊ

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Á você dou-me por inteiro
      tal qual sonhei vida inteira…
      Dou o melhor de mim
      para seu deleite sem fim…
      Dou poesias onde coloco
      um amor  inédito
      como está dentro de mim…

      Para você amor sonhado
      que minha vida tem esperado

      Canto alto e em bom tom

      que no meu coração
      já tem morada…

      Nos momentos de prazer
      vejo e sinto somente VOCÊ…
      Nos beijos mais desejados
      quero seus lábios em mim colados…
      Nos momentos de alegria
      envolvo-o em minha fantasia…
      Nos momentos de solidão
      seguro forte as suas mãos..
      Nos momentos de raiva incontida
      CHORO & GRITO

      limpando meu espírito…
      Nos momentos de aprendizado

      quero você ao meu lado…
      Nas  suas  lágrimas rolando
      eu as estarei enxugando…

      A você eu intensamente amarei
      e por você minha vida viverei…
      Nos meus vôos eu o levarei…
      Nos momentos de muito prazer
      quero compartilhar com VOCÊ…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

DEVE FICAR

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Pensei que não fosse aceitar
                      Não há tempo para tudo ajeitar
                      Tudo reviraldo é meu jeito de estar
                      Com sua presença inspiração não faltará
                      Com seu sorriso a rima vou encontrar
                      De seu olhar a sensibilidade vou registrar
                      E com a presença aqui de seu ser
                      Enciclopedia de poemas vou escrever
                      O seu aceite trouxe ternura
                      Tamanha, que imaginei ser uma loucura
                      Mas no amor, sabemos, ela também se faz presente
                      E quando mesclada com a emoção
                      Diferencia o ser vivente
                      Colocando-lhe brilho especial e comovente
                      Na alma e que resplandece pela face
                      Sera portanto, sempre seu estado de soberania
                      Devastando meu ser como uma ventania
                      E aumentando sempre o meu querer
                      Para que não esqueça da sua relevancia no nosso viver
                      Tentando fazer uma arrumação
                      Afastei para os cantos alguns indesejáveis sentimentos
                      Abri espaço para o prazer em inesqueciveis momentos
                      E com esses mimos tirados de firmamentos
                      Que lhe presenteio com sincera emoção
                      Espero apenas o sempre aceite de seu coração
                      Para definitivamente aqui fixar sua morada
                      Endereço certo de pessoa amada
                      E jamais lembrar de partir
                      E lembrar jamais de pretender ir
                      E para sempre aqui estar, amar e sorrir.

Lúcio Reis

Posted in poesia | Leave a Comment »

SABE ONDE MORO , AMOR????

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Fui convidada a morar num lugar tumultuado
                      onde você construiu sua rede emocional…
                      Um lugar meio desajeitado

                      onde havia emoção por todo lado…
                      Onde você se espalha total..
                       Onde tenho um espaço cheio de carinho e amor…
                      Somente precisei  tirar

                      uma emoção suja que estava contida…
                      Às vezes, me sinto recuada
                      porque tudo vem como enchurrada
                      tamanha a avalanche que o acomete
                      em alguns momentos de loucura….
                      Mas em outros, sou soberana absoluta…

                      Desde que ali cheguei
                      naturalmente , convidada sua,
                       sempre me alimentei com seu querer…
                      E, sempre o servi do maior prazer…
                      Tenho muito trabalho a fazer
                      neste espaço lindo que vim ocupar…
                      Estou com você dia e noite
                      e, nunca daqui, vou mudar….

                      Quando você acorda já digo “presente” ·
                      E, um Bom Dia reluzente…
                      Durante todo o dia
                      você me procura incessantemente…
                      Muitas vezes vêm me atrapalhar
                      mas nos seus momentos de sonhos
                      ali eu sei que devo ficar….
                      Inspiro os seus poemas mais lindos…
                      Faço brilhar seus olhos de alegria…
                      Alimento todas as suas fantasias…
                       Ás vezes, sou RAZÃO , outras EMOÇÂO…
                      Mas sempre fico tranqüila
                      porque É SUA sempre a OPÇÂO…
                      Já tentei dali sair , mas você não me deixou…
                      E, carinhosamente declarou
                       É no meu PENSAMENTO que você deve ,
                       para sempre,
                      MORAR!

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VEM PARA MEU MUNDO ENCANTADO

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Vem amor, confia em mim!

            Fecha os olhos ,

            aninha-te em meus braços…

            Volta a ser criança!

            Liberte os sonhos prisioneiros

            da sua mente negativa …
            Afaste o medo de viver
            e, de perder…

            Vamos atravessar os limites do infinito

            E, descansar nos sonhos realizados…

             Vamos ousar viver feliz …

            Vamos colher as flores que plantamos

            Sentir o seu perfume…

            Quero conduzir-te ao meu mundo encantado… Longe de guerras,
            dores,
            medos
            e tristezas…

            Mas, onde tua sede será saciada…

            Tuas dores serão curadas…
            Teu corpo será muito amado…

            Teus desejos respeitados…

            Um mundo cheio de luzes de esperança

            Onde voltarás a ser uma alegre criança…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VEN PARA MI MUNDO ENCANTADO

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Ven amor, confia en mí!
            Cierra tus ojos,
            Anniate en mis brazos …
            Volve a ser un niño!
            Liberta a los  sueños
            negativos prisioneros de su mente …
            Vamos a cruzar los límites del infinito
            Y, descansar en los sueños realizados…
            Vamos osar a vivir feliz …
            Vamos a recoger las flores que plantamos…
            Sientir su perfume …
            Quiero llevarte a mi mundo encantado …
            Lejos de la guerra,
            del dolor,
            del miedo
            y de la tristeza …
            Donde su asiento será saciado …
            Su dolor será curado …
            Su cuerpo será mucho amado …
            Sus deseos seran respetados …
            Un mundo lleno de luz y esperanza
            Donde volveras a ser un niño feliz …

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

DORMINDO GOSTOSO…

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Na cama com você querido
sinto um prazer inesgotável
num sonho interminável…
Como em um ninho confortável
preparado com muita paixão…
Você me abraçando
sentindo o calor do meu amor
do jeito que você sempre sonhou…
O mapa do meu desejo
começa percorrendo o seu beijo
e, termina nesta paz tão gostosa…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VAMOS VENCER NA VIDA

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Para indicar como vencer na vida, e a partir de um lindo pensamento de Lamartine, meu sábio amigo e guru L’Inconnu, traçou uma de suas obras primas, que transcrevo e comento abaixo.  Parabenizo L’Inconnu pela beleza de trabalho.

       Vejam só:

      “Justo quando a lagarta achava que o mundo tinha acabado, ela virou uma borboleta” Lamartine

      

      “Resista sempre!! ”

      Enquanto tivermos forças, devemos resistir à idéia de derrota, e sempre procurar uma maneira de atingir nossos objetivos. Os gaúchos tem uma expressão que revela bem essa disposição: “Não está morto quem peleja…”Tentar sempre, desistir, jamais.

      

      “Resista um pouco mais… mesmo que as feridas latejem e que a sua coragem esteja cochilando.”

      

      Muitas vezes chegamos perto do limite de nossa resistência,. E bate aquela vontade de mandar tudo pro espaço e entregar os pontos.  É chegado o momento de buscar lá no fundo do poço aquela reservazinha de vontade que o Amigão sempre deixa para todos… O negócio é saber retirar essa reserva lá do fundo e iniciar a reação. Só há uma circunstância que nos impede de reagir. É a morte.

      

      “Resista mais um minuto e será fácil resistir aos demais.”

      

      É aquele restinho de forças que ainda temos, e vamos levar em conta que esse minuto que pode ser fatal ou vital, dependendo de nossa atitude, dependendo do acerto da escolha…

      

      “Resista mais um instante, mesmo que a derrota seja um ímã… mesmo que a desilusão caminhe em sua direção.”

      

      Quando estivermos mesmo no bagaço, no limite do limite, ainda cabe a última pergunta: “Será que não há nada mesmo a fazer?” Ainda estamos respirando? Então sempre há algo a fazer. Pensar na busca de uma saída. E se não der certo, pelo menos tentou-se. Pelo menos ficou o consolo de ter lutado até o último suspiro…

      

      “Resista mais um pouco, mesmo que os invejosos digam para você parar…  mesmo que a sua esperança esteja no fim.”

      

      Vocês já notaram que, quando a situação está nesse limite perigoso, sempre aparece algum “amigo” para tirar a última azeitona da empadinha? É aquele tal que balança negativamente a cabeça, dizendo: Ferrou-se. Por que será que sempre  essas figuras soturnas  estão desejando que alguém se dane? Muitas vezes é inveja mesmo. Quem não tem esse sentimento mesquinho, procura ajudar e não empurrar mais para o fundo, tirando o pouco ânimo de que ainda dispomos, o que um verdadeiro amigo sempre procura fazer, procurando elevar o ânimo, mostrando otimismo, no lugar do pessimismo de um falso amigo.

      

      “Resista mais um momento,  mesmo que você não possa ainda avistar a linha de chegada…  mesmo que as inseguranças brinquem de roda à sua volta.”

      

      Dureza… Estamos no talo mesmo.  A coisa parece mesmo estar perdida. Não vemos o fim, mas, talvez esteja depois daquela curva. Ela até que não está longe, e com um pouco de esforço chegaremos lá.  É aquele algo mais necessário para se começar a reação. Quando o objetivo está longe, e parece inalcançável, vamos por partes (como fazia com muita propriedade, Jack, o Estripador).

      

      “Resista um pouco mais,  mesmo que a sua vida esteja sendo pesada como a consciência dos insensatos,  e você se sinta indefeso como um pássaro de asas quebradas.”

      

      Meu amigo L’Inconnu é jogo duro mesmo.  A coisa está abaixo… bem do cachorro. Não existe nada mais indefeso do que um pássaro de asas quebradas, a não ser um peixe fora d’água.  Mas este ainda pode dar um último salto e voltar para a água.  E é isso o que podemos e devemos fazer, tentar o último salto, que nos permita recomeçar a viver. Agora o pássaro de asas quebradas,  e se houver um gato nas vizinhanças, então, bem, a saída é ser um peixe fora d’água, ao invés do passarinho do L’Inconnu, e ainda podemos tentar…

      

      “Resista, porque o último instante da madrugada  é sempre aquele que puxa a manhã pelo braço e essa manhã bonita, ensolarada,  sem algemas, em breve nascerá para você, desde que você resista.”

      

      Linda imagem esta, vamos visualizar o nascer do sol, que sem dúvida, é um dos mais belos espetáculos da Terra. É o renascer da vida. É o renascer do amor. É o prêmio para quem não desistiu, e conseguiu seu objetivo. Quer prêmio melhor do que este? Eu não conheço…

      

      “Resista, porque eu estou sentado, na arquibancada do tempo, torcendo ansioso para que você vença  e ganhe o troféu que você merece: A FELICIDADE…”

      

      Sem mais comentários. Só quem resistiu e chegou lá, é que pode entender.

      Então crianças, resistam sempre aos pensamentos negativos, e tenham UM LINDO DIA.

Marcial Salaverry

Posted in poesia | 1 Comment »

SILENCIOSO AMOR

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Com o entardecer este silêncio aumenta…
  As estrelas surgem…
  Os pensamentos viajam,
  procurando por você.

  A noite é longa…
  Sonho acordada com este amor
  que se alojou no coração
  deixando fortes emoções…

  Chega a madrugada,
  os pensamentos vagueiam…
  Num rolar constante na cama,
  estou pensando em você.

  Amanhece…
  Mais um dia de silêncio,
  esperando por você,
  para viver
  um grande amor…

Adelia Mateus

Posted in poesia | Leave a Comment »

CONSANGUINIDADE

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Os novos Lordes não respeitam nada
nem ninguém.
Nascidos nos cotos putrefactos de um
novo-riquismo, filhos da classe média alta,
nada lhes faltou na puberdade, desde
carros a uma arrogância sem par, que
a falta de estilo no vestir e um
palavreado fastidioso, dá bem a ideia
destes indivíduos, sem carácter.

O incesto é prática comum de entre esta
raça e a consanguinidade passa
de uns para outros, como um vírus
mortal a médio/longo prazo, por de forma a
manterem a redoma bem fechada à entrada
de estranhos e impuros a seu estatuto,
infecto-contagioso, comprovadamente fétido.

E se acaso ao passarem na rua derem de caras
com um destes seres híbridos (contrário às leis
da Natureza), desviai o vosso olhar para bem,
bem longe, pois sua sede por carne nova está-lhe
no sangue. e negar-lhe uma vontade, é abrir
a porta do enclave dos proscritos,
bem no meio do nada e do tudo, seguramente
em terras de ninguém.

Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

DEFINICIÓN

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

Amar es un viaje
lleno de luces y de sombras,
un huracán que te eleva del suelo
y te puebla de estrellas los huesos,
es volar por el cielo en primavera
y descender a los infiernos del invierno,
es una amarra que te ata a la vida
o simplemente una excusa
para seguir viviendo.

Amar, compañera,
es como arder sin encenderse,
la pirotecnia de un cohete
que te asciende a las alturas
y te deja caer como una piedra
en un océano de calaveras.

Amar es un delirio del cuerpo
que nos abre otros universos,
es una nieve que arde,
o un fuego que se apaga,
una sombra que brilla
y una luna que se oculta
en lo más hondo de las venas.

Amar es escuchar una tierna melodía
en medio del silencio de la noche,
recorrer un sendero de amargura
sin mas tara o equipaje
que el inmenso baúl de la locura.

Fernando Luis Pérez Poza

Posted in poesia | Leave a Comment »

Sinos dobrados

Posted by vidapura2 em Agosto 27, 2009

não tente saber mais
que os lábios podem dizer
assim é o amor
esta coisa que não tem tempo
nem duração

Carlos Assis

Posted in poesia | Leave a Comment »