amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 15 de Setembro, 2009

SAUDADE DE UM AMOR

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

A saudade de um amor
      que se foi, amenisa quando
      damos asas a nossa imaginação
      e aceitamos viver outras emoções…
      O horizonte é algo fascinante,
      nos mostra sabores diferentes…
      Esperar é uma questão de tempo,
      ele se ajeita de uma forma ou de outra,
      e no final, numa curva extrema
      percebemos que o amor é algo
      muito mais sutil, é ele que nos encontra…

Naidaterra

Posted in poesia | 1 Comment »

SAUDADE

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Na madrugada…
      Silêncio impera
      Escuridão assustadora

      Em raio, a luz espera

      Cintilante olhar aflora

      Carícias em mãos

      Corpos percorrem

      Q  U E N T E S…

      Corações se perdem

      Em “ziguezagueantes” paixões

      *Sem canto

          *Sem pranto

             *Sem medo

                   *Sem susto

      Em raio, vida encontra

      Em vida, se encanta…

      Madrugada aos sonhos acalenta

      Pelos muitos e todos os sonhos

      Apenas os sonhados

      A madrugada ostenta

      A ansiedade, quando a realidade

       Ao acordar, à alma invade…

      Se nada ficou…

         Ficou de tudo

               A SAUDADE…

                       S A U D A D E!

                       

      Ilka Bosse

Posted in poesia | Leave a Comment »

SAUDADE

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Saudade significa falta de alguma coisa.
      Sentir saudade mostra como o outrem é importante,
      As vezes ocorre por motivos bobos,
      e deixamos a saudade bater na porta.
      Mesmo que possa parecer estranho,
      as vezes é melhor calar-se,
      ainda que te faça sofrer.
      Assim tenta-se mudar a rota,
      procurando outra coisa para se distrair,
      pode ser considerado triste ou até masoquista,
      mas considero importante,
      porque podemos refletir
      e ver o tamanho da saudade
      e quem sabe dar mais valor
      ao que temos hoje,
      procurando  entender as razões
      que faz com que soframos
      por coisas banais.

Beki Bassan

Posted in poesia | Leave a Comment »

SAUDADE DE ALGUÉM

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Saudade… o que será saudade?
      Dizem ser a presença da ausência,
       ou a ausência do presente…
       Alguém que a nosso lado queremos,
       mas tê-lo não podemos…
       Pode ser uma saudade boa,
       com doces lembranças,
       tornando como que presente,
       quem está ausente…
       Sente-se presente quem está ausente,
       sentindo a tal da saudade…
       Parece maldade…
       Mas não é…
       Basta uma música ouvir,
       para algo sentir…
       Uma paisagem… um céu estrelado…
       Talvez uma imagem do passado…
       Uma crônica… um poema…
       Algo que lhe causa um dilema…
       Sentir a saudade, ou esquecer…
       Se não fizer sofrer,
       e trouxer uma estranha felicidade,
       aproveite e curta a saudade,
       que afinal, é uma doce lembrança,
       que nossa alma balança…
       Saudade… nos faz viver
       Deixar saudade… nos faz reviver…

       Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

Brilha poeta…

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Você sabe que poeta não morre?
      Ele vira uma estrela linda !

      Hoje  quando a noite chegar
      E o céu azul começar a se iluminar
      Terá mais uma linda estrela a brilhar.
      Pois você poeta jamais morrerá!!!!

      Douglas Skaramousch…
      Agora você está  no espaço
      como sempre gostou de ficar.
      Sentirei sua falta  poeta e amigo.
      E mesmo com as lágrimas a rolar,
      e sentindo a dor da saudade
      que irá ficar…
      só peço apenas uma coisa…

      Brilha Poeta!!!!!

  
      TekaNascimento

Posted in poesia | Leave a Comment »

Quem?

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Não sei quem és. Já não te vejo bem…
      E ouço-me dizer (ai, tanta vez!…)
      Sonho que um outro sonho me desfez?
      Fantasma de que amor? Sombra de quem?

      Névoa? Quimera? Fumo? Donde vem?…
      – Não sei se tu, amor, assim me vês!…
      Nossos olhos não são nossos, talvez…
      Assim, tu não és tu! Não és ninguém!…

      És tudo e não és nada… És a desgraça…
      És quem nem sequer vejo; és um que passa…
      És sorriso de Deus que não mereço…

      És aquele que vive e que morreu…
      És aquele que é quase um outro eu…
      És aquele que nem sequer conheço…

Florbela Espanca

Posted in poesia | Leave a Comment »

É ASSIM O VERDADEIRO AMOR

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

O verdadeiro amor é na alma vivido,
      com muito carinho no coração mantido…
      Como terno e eterno tido e havido,
      jamais cairá no olvido…
      Um amor assim verdadeiro,
      deve ser vivido por inteiro,
      com carinho e dedicação,
      pois só trará alegria à alma e ao coração…
                                                        
                                                           
      Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

OS FILHOS DA LUTA

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Oh, vós que sois, toda esta minha
                  alegria, pela luta que travais por um
                  mundo melhor; oh, vós aqueles, que
                  empunhando a bandeira da revolução,
                  disseram «não» ao patrão e à
                  inquisição no mal julgar-vos.

                  Oh, médicos, oh, enfermeiros, oh
                  cientistas, oh, escritores,
                  sede vós a força deste nosso Portugal!

                  E que o ilustre trabalhador, aquando
                  de um novo alvor, não tema nunca
                  de sua a sua palavra nem a responsabilidade
                  de um povo, que soube dizer «não»,
                  à demagogia retrógrada e omissa.

                  Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

SOLIDARIDAD

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Si todos los poetas del mundo
hiciéramos una huelga de celo
y en lugar de expedientes en los ministerios
circularan carpetas llenas de poemas;
si los vendedores ambulantes de tristeza
se sentaran a comer un poco de amargura
en la mesa que siempre preparan para otros,
y así comprendieran el valor de la alegría;
si emborracháramos de ternura a los asesinos
y al ladrón encorbatado de la política le robáramos
la cartera amarilla donde guarda su avaricia desmedida;
si al ciudadano medio
que se queda en casa, tranquilamente,
como si no pasara nada,
disparando el fusil insolidario del hambre,
el obús retardado del egoísmo,
la bomba silenciosa de la falta de medicamentos,
digo, si al ciudadano medio, al bajo, al alto,
le sacáramos la espina de la indiferencia
que lleva clavada en lo más  hondo del alma;
y, además, todos nos pintáramos de colores
para olvidar las consignas del racismo
y a la hora de la vida  fuéramos iguales
el blanco, el rojo, el negro y el amarillo;
y si a los terroristas les estallara dentro del corazón
el coche bomba de la tolerancia,
el avión con alas blancas de la paz,
o el antrax de la comprensión,
y emplearan toda su energía
en abolir la miseria y el hambre
de la faz de este mundo,
entonces quizá despertaría Dios o Alá
de su sueño eterno
y pensaría que en el universo
existe algo parecido al cielo.

Fernando Luis Pérez Poza

Posted in poesia | Leave a Comment »

Luz na Madrugada!

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Na madrugada daquele dia que chegava
            eu o vi. Enfim o encontrava?
            Seria mesmo o amor que não mais buscava?
            Cansada da longa busca, estava …

             
            Ele corria pela praia, braços abertos, como criança
            e eu ali o olhava … Sei que ele abraçava a esperança
            branca, encarnada, azulada, de que cor é a temperança?
          Ah! Doce menino que veio trazendo a bonança!

                    
            Meu coração andava à deriva, sem querer crer mais.
            Estava lotado de saudade, de dor estava macerado …
            Ah! doce menino que veio trazendo a bonança!
            Por que não me olha?, Por que não me vê?

                 
            Será apenas imaginação? O último respiro desse coração?
            Não, nisso não vou acreditar, meu coração há de se salvar
            e voltará a ser feliz e cirandas em meu peito dançará
            e as estrelas voltará a enxergar …

                   
            Sempre quis amar, por que me deixei magoar?
            Agora, forças hei de ter, para desse abismo sair e vencer.
            Venha menino, venha ser meu bem querer.
            E a Esperança de uma nova vida a meu Coração trazer!

Roze Alves

Posted in poesia | Leave a Comment »

PROCURO POR UMA ESTRELA

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Noite fria…
Noite repleta de estrelas,
céu azul,
azul sem igual…
Observo as estrelas
e dentre todas em seu esplendor
procuro por uma…
Procuro a minha estrela,
estrela preferida,
a mais querida,
a quem dou a minha vida.

Noite fria…
Céu azul…
Estrelas no céu cintilam
e eu te procuro,
querendo unir-me a ti.
Querendo unir nossas almas,
nossos corpos em um só…
Quero unir o meu amor ao seu,
um amor sincero
único
e verdadeiro.

Note fria…
Céu azul…
Continuo a procura
da minha estrela favorita,
a minha estrela querida
que é você,
amor da minha vida!

Catarina Yunen

Posted in poesia | Leave a Comment »

O amor não tem idade

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Na rua onde cresci,
na rua onde vivi,
minha primeira namorada conheci,
Senti meu coração mais forte palpitar
Não conseguia direito dormir,
pensando no amanhã acordar,
abrir a janela e  mirar
minha amada a se pentear.
Que sofrimento ao telefone pegar
para com ela conversar.
Seria isso imaturidade?
Não creio, porque ainda hoje
sinto a mesma sensação,
quando surge um novo amor na minha idade.
Por esse motivo, agradeço sempre ao meu rebelde coração.

João Paulo

Posted in poesia | Leave a Comment »

COMO TE QUERO…

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Mesmo sem tê-la,
tocá-la ou vê-la
te quero
e quero muito mais…
quero como a abelha
procura pela flor
para encontrar o néctar do viver,
como os pássaros
a buscar cantigas
na sonoridade da natureza,
como os peixes que na correnteza
fazem a piracema da reprodução.
Te quero como um tema
do mais belo poema
na minha inspiração.
e no meu querer
te busca incansavelmente
para saciar minha fome de prazer,
ternura e paixão
 te quero por inteira
e buscar no beijo profundo,
molhado e quente
o êxtase da união.
Te quero para sermos um só,
dois corpos suados
entrelaçados,
e vibrando no amor…
Ruben Alves Vieira

Posted in poesia | Leave a Comment »

PRESENÇA

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Eu Sou a Luz
e Estou sempre em Você,
embora, às vezes, Você  não perceba;
quando entre Eu e Você,
paira a sombra do mal,
da mesma forma que a nuvem carregada
não apaga, só esconde
o brilho do sol.

Eme Paiva

Posted in poesia | Leave a Comment »

MUNDO

Posted by vidapura2 em Setembro 15, 2009

Ah! se eu pudesse voar
Iria um dia criar
Algo bem transcendente
Com todos sendo gente.
 
 Afastaria toda maldade
Para longe toda a vaidade
Egoísmo…bem longe de tudo
Ah! seria outro mundo.
 
Um mundo de paz e harmonia
Seria…como uma magia
Com todos se entendendo
E ninguém…sofrendo.
 
Seria pura utopia?
Ou chegará esse dia?
Eu creio no criador
Tudo irá ser “amor”.
 
Há muito “espaço” no ar
E todos irão criar
Mundo…repleto de harmonia
Ah! IRÁ CHEGAR ESSE “DIA”

JRonaldo-JR

Posted in poesia | Leave a Comment »