amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 28 de Setembro, 2009

Antes de desanimar

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Antes de você desanimar porque fracassou em alguma coisa, pense que somente alcança o sucesso quem insiste, apesar de tudo.

 

Fred Astaire, o famoso ator que encantou as telas do cinema dançando, ao fazer seu primeiro teste para o cinema, recebeu as informações de que não sabia atuar.

 

Era careca, dizia o relatório, e ainda dançava um pouco.

 

O professor de Enrico Caruso dizia que ele não tinha voz e não era capaz de cantar. Acreditando nisso, os pais de Enrico queriam que ele fosse engenheiro. Ele não desistiu e se tornou famoso cantor de ópera, admirado até os dias atuais.

 

Winston Churchill foi reprovado na sexta série. Somente se tornou Primeiro Ministro da Inglaterra depois dos 60 anos. Sua vida foi cheia de derrotas e fracassos. Mas ele nunca desistiu.

 

Chegou a dizer um dia: Eu deixaria a política para sempre, se não fosse a possibilidade de um dia vir a ser Primeiro-Ministro. Conseguiu.

 

E talvez poucos saibam: ele foi prêmio Nobel de literatura em 1953, por suas memórias da Segunda Guerra Mundial.

 

Walt Disney foi despedido pelo editor de um jornal por falta de idéias. Você pode imaginar tal coisa?

 

Antes de construir a Disneylândia, foi à falência diversas vezes. Nunca desanimou.

 

Richard Bach teve recusada a sua história de dez mil palavras por 18 editoras. Era a história de uma gaivota que planava.Uma gaivota chamada Fernão Capelo Gaivota.

 

Porque ele não desistiu, em 1970 a MacMillan publicou a história e em 5 anos vendeu mais de 7 milhões de exemplares, só nos Estados Unidos.

 

Rodin era considerado por seu pai como um idiota. Seu tio dizia que ele era um caso perdido. Por três vezes ele foi reprovado na admissão à escola de artes.

 

Descrito como o pior aluno da escola, Rodin não desistiu e deu ao mundo maravilhas da escultura como O pensador, O beijo e Filho pródigo.

 

Chegou a ficar afastado do mundo das artes por dez anos, quando teve uma de suas obras recusada para exposição.Contudo, em 1900, em Paris, foi lhe destinado um pavilhão inteiro para a mostra de 168 trabalhos seus.

 

Ao morrer, o hotel em Paris, onde viveu seus últimos nove anos de vida, se transformou em Museu Rodin, tendo ele legado suas obras ao Estado.

 

Assim acontece com todos os que perseguem os seus sonhos, não se permitindo desanimar por fracassos, derrotas ou julgamentos precipitados.

 

Portanto, se você está a ponto de desanimar, pare um pouco e pense. Logo haverá de descobrir que ainda há muitas tentativas a serem feitas.

 

Há muita gente a ser procurada, muitos dias a serem vividos e muitas conquistas a alcançar.

 

Não há limites para quem acredita que pode atingir os seus objetivos, que pode concretizar os seus projetos.

 

Charles Darwin, conta sua biografia, era considerado por todos seus mestres e por seu próprio pai, um garoto comum e intelectualmente bem abaixo do padrão médio.

 

Por que não se permitiu desanimar, se transformou no pai da Teoria da Evolução.

 

Pense nisso e tente outra vez. E outra mais.

 

Não se deixe abater por críticas, por experiências mal sucedidas. Vá em frente. Tente de novo e verá que os seus esforços alcançarão êxito.

Momento Espírita

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Queria Ser

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Queria ser artista
      Para pintar sonhos coloridos,
      Paz nos jardins floridos,
      Pintar quadros de alegria
      Desenhar a harmonia.
      
      Queria ser poeta
      Para expressar a lua em versos
      Falar de amor ao universo
      Buscar estrelas no céu
      Para iluminar os corações.
      
      Queria ser uma fada
      Para fazer poções de amor
      E doar aos que têm dor.
      
      Queria ser esperança
      Para espalhar Fé no futuro
      Luz na escuridão
      Plantar sementes de vida
      E ver florescer o chão.

Augusta Schimidt

Posted in poesia | Leave a Comment »

Querer é Poder

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Quero ver nascer o sol, em cada madrugada,
      e sentir o seu calor, de alma já desperta,
      ter, de par em par, a janela bem aberta,
      ouvir, na ramagem, cantar a passarada.
      Recordar os sonhos da noite repousante
      e tentar que sejam momentos do presente,
      que todos vivam, no meu ser, eternamente,
      e sempre me beijem, com ternura de amante.
      Quero que a ilusão se mude numa certeza
      e me deixe achar um calmo porto de abrigo,
      que a quimera seja um assomo de beleza,
      e quero ter, em cada lado, um bom amigo.
      Se, afinal, tudo isto que penso, eu posso ter,
      pois já diz Pessoa que tudo vale a pena
      para aquilo que quero, a alma não é pequena
      pois, há muito, me ensinaram, “Querer é poder”.

      António Barroso

Posted in poesia | Leave a Comment »

QUERO MAIS

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Quero mais…
      Quero ser dono dos teus pensamentos…
      Não quero que tenhas lamentos…
      Quero te dar muita felicidade…
      Não quero que sofras maldade…
      Quero que me ames,
      e não quero que de mim reclames…
      Quero assim te sentir,
      e não quero te ver fugir…
      Quero que venhas para mim,
      e que sejas minha, enfim…

      Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

Quisera

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Quisera
      as quimeras mortas
      ficassem lá fora,
      por trás da porta,
      pois não são bem vindas …
      Quisera
      quem sabe naquele momento finito,
      parasse o tempo e eu,
      mergulhados no mesmo ápice
      e se entregassem
      fazendo um conjunto,
      inteiro …
      Enquanto isto,
      lavo meu rosto, rasgo minhas roupas,
      ando descalça e … faço jejum.
      Dos meus pensamentos baldios,
      dos meus desejos canibalescos,
      das minhas vontades sós …
      São barcas naufragadas,
      mares revoltos, perdidas manhãs,
      noites insones, meu Eu perdido
      buscando um amanhã …

      Cel

Posted in poesia | Leave a Comment »

QUERIA…

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Poder embrenhar meus dedos em seus cabelos,
      sentindo a maciez deles em minhas mãos.
      Poder sentir sua boca, em minha boca,
      num beijo ardente e louco.
      Sentir seus braços a me enlaçarem,
      cheios de calor e paixão.
      Sentir seu corpo quente,
      cheio desejo, de encontro ao meu,
      desejando mais e mais amor.
      Ofegantes…
      Sem pensar em mais nada,
      Nos entregarmos um ao outro,
      Numa junção de energias perfeitas.
      Depois, queria
       Recostar minha cabeça em seu peito,
      e embalada pelo pulsar de seu coração,
      Adormecer.

Muriel Elisa Távora Niess Pokk

Posted in poesia | Leave a Comment »

Quero.

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Ser teu pomar
      Tua estrela noturna
      Brilhando no ar.
      Quero ser teu cravo
      Teu halo de amor
      Na pétala de uma flor.
      Quero ser mar
      Ondas de carinho
      Molhando teus braços.
      Nas noites sem fim.
      Quero viver em versos
      Nos teus olhos de amor
      Nas manhãs de primavera
      Perfumar teu corpo.
      
      LUIZ GONZAGA BEZERRA

Posted in poesia | Leave a Comment »

Queria

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Queria no cais que a lua vem  beijar
      que houvesse barcos e mar
      muito mar para nos levar.
      
      Queria com gestos frágeis
      de quem insiste em ser uma nuvem
      de quem insiste em te inventar
      encontrar o Sol na palma da tua mão.
      
      Queria a ternura suficiente para pedir à Lua
      que te deixe ficar, dias, meses, anos
      até o Sol te reclamar.

                        Ana Bela

Posted in poesia | Leave a Comment »

Também Te Quero

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

      Também te quero,
      nas noites insones,
      com meus medos aflorados,
      que segures minhas mãos
      me beijes os olhos,
      faças cafuné e me nines.
      Nosso amor merece isso.
      Também te quero amar sempre,
      eternamente um para o outro,
      uma mistura de tom e som,
      união de vento e fogo,
      saciando a nossa fome e sede de amor
      Sei que repetindo estou tuas palavras,
      mas é somente porque também te quero.

Roze Alves

Posted in poesia | Leave a Comment »

Te querer…

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Seja na mais plena lucidez
      seja na mais profunda loucura
      desde a consciência até a inconsciência
      Eu te quero….

      É um querer de pura razão
      assim como na incendiada emoção
      É um querer que foge a compreensão
      É um querer que tem suas próprias razões de ser

      Um querer com calor, um querer com amor
      Um querer cheio de desejo
      Um querer envolto de paixão
      Um querer do fundo do coração

      Um querer que me deixa feliz
      algo igual nunca senti assim
      sinto esse querer tão forte em mim
      quero esse quere até o fim

      O melhor desse querer
      É você tanto também me querer
      É um balsamo isso sentir,
      É um conforto, um aconchego disso saber

      Te querer, meu amanhecer
      meu anoitecer, meu viver
      Meu coração por esse querer bater
      Compassadamente, musicalmente, amo você

      Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

QUIS

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Ah como eu quis.
      Quis ser um poema
      que falasse no tema
      somente de amor.

      Quis ser o perfume
      na primavera florida
      que dá mais sentido à vida
      com brilho e cor.

      Quis ser na noite
      a beleza encantada
      da Lua Prateada,
      inspiração ao Pajador.

      Quis ser como o Sol
      que acorda o dia
      trazendo energia,
      e muito vigor.

      Quis ser harmonia
      da mais linda canção
      onda os pássaros entoam
      na espera do verão.

      Quis ser um olhar
      que carrega o céu,
      e permite ao coração se chegar.

      Quis ser Sol e Lua
      num encontro celestial,
      que se fundem em amor
      no eclipse total…

      

      Ruben Alves Vieira

Posted in poesia | Leave a Comment »

QUERO MUITO

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Estar com você todos os dias
      da minha vida, dormir quando
      chegar o sono e ter você
      nos meus melhores sonhos…
      Quero muito teus beijos, tuas maõs
      no meu corpo em pleno adejo…
      Quero de você a loucura insana,
      uma paixão sem limites, 
      quero sentir a doce saudade de alguns
      instantes separados…
      Quero a manhã de verão,

      a tarde de outono, a noite de inverno,
      todo o aroma da primavera,
       e desfrutar com você a magia
      das estações… ficar…
      Quero muito amar você…

Naidaterra

Posted in poesia | Leave a Comment »

Quero

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Ah! Como eu quero,
      ser o poema
      que fale de amor.
      Ser o eterno tema,
      de perfume e flor.
      Quero ser o jardim,
      na primavera florida.
      O brilho, a cor,
      a vida sentida.
      Quero ser a noite,
      a beleza da madrugada,
      a Lua tão linda,
      tua poesia encantada.
      Quero ter o calor,
      que meu sol traz,
      em dias tão quentes,
      e que, me satisfaz.
      Quero a energia,
      teu vigor e teu dia,
      para quando
      a noite chegar,
      em teus braços
      tranqüila descansar.
      Quero ser o eclipse,
      em teu encontro fatal.
      Entre o sol e a lua,
      o dia e a noite,
      nesta entrega total…
      Quero ser somente tua.

      Sol Lua©

Posted in poesia | Leave a Comment »

TARDE DE MELANCOLÍA

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

Hay hojas que son sueños muertos
y hablan y me cuentan la tristeza
del otoño, escamas de los árboles
que huyen en bandada al sentir
el viento ulular entre las ramas.

La tarde me envuelve en su halo
de melancolía, de llanuras abiertas
y horas minerales, de caramelo
y aceite y luces de holocausto.

La lentitud baja desde el horizonte
como una sombra, gira sus aspas
de molino, la polea espesa del destino,
y cae a tumbos en el interior del alma.

¿Dónde estás, compañera?
¿En qué rincón del mundo has plantado
tus raíces de palmera solidaria?
¿Qué negro invierno me separa
de tu fértil y eterna primavera?

Es todo tan lento, tan ausente…
Es tan demoledor el humo de la soledad…

Fernando Luis Pérez Poza

Posted in poesia | Leave a Comment »

Ame sem esperar nada em troca

Posted by vidapura2 em Setembro 28, 2009

A vida é engraçada não acha?

Algumas pessoas vem outras vão, mas no fundo todas se vão e o que difere na minha opinião é a duração e o sentimento que temos pelas pessoas.

Algumas deixam marcas profundas que carregamos para a vida inteira

Outras no entanto passam anos ao nosso lado e quando se vão nada deixam em nos.

Cheguei com isso a conclusão que não é a quantidade mas a qualidade de tempo que ficamos com alguém do nosso lado que faz a diferença

Afinal séria estranho pressupor que o Amor ou a pessoa que amamos não possa partir,
deveríamos não temer o futuro nem suas especulações mas vivermos intensamente o momento,
afinal e no momento agora e presente que somos eternos.

Por isso a pergunta não é o quanto amamos, mas com que intensidade amamos;

“O Amor é a lei, amor sob vontade.”

dos Santos

Posted in poesia | Leave a Comment »