amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 10 de Abril, 2010

Não, meu senhor!

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

          Mais uma grande incompreensão…
            Já são tantas… Tão banais e cruéis.
            Mas agora… Não choro mais… Não…
            Cansei de melodramas e ridículos papéis

            Sei que jamais serei entendida…
            Amada assim…  Do jeitinho que sou…
            Serei sempre o lado oposto da vida,
            Aquela dama que só pecou e errou.
            
            Para que sirvo? – Diz pra mim, por favor!
            Seu silêncio é um discurso perverso…
            Perdão, meu senhor, isso não é amor!
            Em que se resume o meu universo?

            Em dias vazios, em noites de solidão.
            Em sonhos tolos atirados ao vento.
            Uma vítima imolada sem explicação…
            Atirada ao calabouço do sofrimento!
            
            Não, meu senhor! Desta vez, não!
            Desta vez… O arranco do meu peito!
            Estraçalho o relicário e o meu coração!
            Para o desamor… Não há argumento!

            Mary Trujillo

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

Poesia

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      Poesia que nasce rasgando-me as entranhas,
      Entre as lágrimas das minhas verdades…
      Pisando a terra bruta, desconexa, tão incerta,
      Derrubando muros de inverdades e vaidades…
      
      Poesia que grita nos recônditos da minha alma,
      Que reclama a falta de afeto, de um mundo louco,
      De homens sem fé, sem caráter, sem rumo…
      Que em seus versos nasce e morre um pouco…
      
      Poesia que quer sonhar ainda quer vibrar em suas
      Rimas… Em sua melodia de amor pulsante…
      Mostrando a cara da vida, o outro lado da morte…
      Ainda cobra sonhos, esperança a cada instante…
      
      Poesia que me faz visionária, missionária do afeto,
      Caminhando pelos orbes escuros, empedernidos,
      Pedindo união,  paz… Levando claridade… Luz…
      Fazendo-me gritar… Em nome dos desvalidos…
      
      Vamos então poesia… Vamos falar aos corações
      Descrentes… Onde o amor não mais arde…
      E tudo o que lhes resta é a tenebrosa noite…
      Vamos poesia, antes que seja muito tarde!
      Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

Reflexão:Minha Força!

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

Posso pisar sobre cacos
que não terei meus pés cortados.
Ao contrário, esmago-os
transformando-os
em pó acetinado
para mais tarde usá-lo
como brilho de minh’alma!!!

© Olga Kapatti

Posted in poesia | Leave a Comment »

Chantagista do Amor

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

   Sim… chantagista do amor… é o que ele é!…
    Faz chantagem virá a mesa, chora por meu amor
    e sempre ganha o que ele quer!…
    Eu sempre boba no amor, como toda mulher…
    Diz adeus… jura não mais voltar…
    Me arrenpendo…
    Também choro e que nada… ele ali está!…
    Promete não ter ciúme, faz mil queixumes…
    Nem percebo o seu jogo…
    Embriagada com seu charme e seu perfume!…
    Chantagista do amor… é o que ele é!…
    Mais um dia que amanhece, sua cisma
    me condena… ele desaparece…
    Pinto e bordo, juro dessa vez não voltar!
    Sua voz macia, diz me amar como uma prece…
    Afinal o que ele quer?…
    Chantagista do amor, é o que ele é!…
    Ah… meu chantagista… moleque dengoso
    e teimoso… aqui estou aos seus pés!…
    Já perdida com o seu carinho e o seu beijo…
    Chantagista do amor é o que você é!…
    © Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

VEJO

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      Vejo:
      _ Gente sorrir,
      gente  sofrer.
      Crianças a brincar,
      outras a morrer.

      Vejo:
      __ Homens na labuta ,
      outros em luta.
      Alguém , a outros salvando,
      outros,  a alguém degolando.

      Vejo:
      __ O dia passar
      e nada de Paz.
      A esperança se esvaindo,
      O antes , coração latente
      e agora , Jaz.

      Vejo discórdia.
      Vejo disparate.
      Vejo muito mais:
      __Vejo tudo,
      Vejo, chorando,
      o que não queria ver!!!

 Olga Kapatti

Posted in poesia | Leave a Comment »

Morrer de Amor

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

Há momentos que a dor
sufoca meus gritos
no âmago do meu eu.

Suporto tudo por ti, meu amor.
Por ti darei a minha vida…
se necessário for…

Só não me peças para viver
assim por muito tempo:
A vitalidade se vai com o vento
e me arrasta sem querer
a morrer de amor!!

Olga Kapatti

Posted in poesia | Leave a Comment »

Sejas feliz comigo!

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

A cada dia que se passa
Te amo mais e mais…
Será possível isto?
Tenho sempre a impressão
de estar no limite
de meus sentimentos por ti,
mas é um erro…
Eis que dia seguinte
vejo-me com o coração
a sentir uma outra emoção,
diferente da anterior.

Ontem… Me fizeste sentir
uma emoção , um êxtase…
Estranhamente agradável…
Entrando em outras dimensões!
Ah meu querido…
Como tu me fazes feliz…!
Será que imaginas o quanto?
Mistura de amor…
Dor…Gozo e uma doce saudade.

Será isto a felicidade?
Aquela felicidade que
andou ao meu lado
e por mim se enamorou?
Ela voltou por atalhos…
À minha vida…
Isto é que eu sinto…
Isto é verdadeiro!!!

O que fazes comigo?
Se tu és meu escravo…
O que sou de ti?
Tua Shechorah!!
Sou tua…Tão tua…Mas tão tua…
Que já não me encontro sem ti…
Só te peço:
___ Sejas feliz comigo,
Sejas feliz em teu empreendimento
que D’us te proteja!!!

Saudade!!!!
Olga Kapatti®

Posted in poesia | Leave a Comment »

Dança Gostosa

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

Você e eu aqui,
Nesta dança gostosa…
Seu cheirinho …
Seu carinho, tantos
Sorrisos e beijinhos…
Ai… Deixam-me
Assim… Apaixonada
Demais… Tão amorosa!…
Quanto mais seus braços,
Me apertam, mais quero…
E nas voltas desta
Dança safadinha,
Tão quente e saborosa,
Nossa noite termina
Em verso e prosa…
Amassos regados
A Chanpagne,
Beijos escandalosos…
Muita paixão, muito amor…
Você meu gato assanhado,
Eu… sua gata manhosa!…

Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

EL TRISTE TIEMPO DE DECIR ADIOS

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      ¡Ah! Querido amigo
      como es enormemente sufrido
      el momento de decir adiós
      a alguien que tanto completó
      nuestras emociones,
      nuestros dias,
      y toda nuestra vida …

      Como es dificil entender
      ¿El por qué de tanto sufrimiento ….
      Como es terrible despertar
      y quien amamos
      nunca mas va a nos llamar ….

      Es triste decir adiós
      para el amor tan compañero,
      solidaridio,
      espontánea,
      cariñoso,
      amoroso,
      de un SER que decidió darme una vida
      y, que la vida me dio …

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

A TRISTE HORA DO ADEUS

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      Ah! Amigo querido
      Como eu queria ter abrigo
      num coração cheio de amor
      nos braços de alguém que me amasse
      e, calorosamente me abraçasse…
      Onde eu sentisse toda a paz
      de amar muito e muito mais…

      Ah! Amigo querido
      como é tremendamente sofrido,
      a hora de dizer adeus,
      a alguém que tanto preencheu
      nossa emoção,
      nossos dias,
      e toda a nossa vida…

      Como é difícil compreender
      o porque de tanto sofrer….
      Como é terrível acordar
      e, quem amamos
      nunca mais vai nos chamar….

      É triste dizer adeus
      ao amor tão companheiro,
      solidário,
      espontâneo,
      carinhoso,
      amoroso,
      de um SER que eu escolhi
      e, que a minha vida me deu…

Penhah Castro

Posted in poesia | 1 Comment »

Pilha de Livros

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

 não tão alta que não caiba
  mais livros, pensamentos
  mais páginas , paisagens
  mais poesias guardando emoções

  pilha de livros
  esquecidos, não lidos
  descobertas encobertas
  o tempo desafinado o tempo perdido…
  
  na ansiedade me guardo…
  não me disfarço,não descanso
  pouso no silêncio das palavras sobre a água…
  no barco deixo o vento soprar…
  ousar ser o canto da minha primeira madrugada.
Maria Thereza Neves

Posted in poesia | Leave a Comment »

AGONIA

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

Teço um poema

sem brilho e sem cor,

meio espanto,

um nada de acalanto.

Somente o esboço

de um vulto na poeira,

meio torto, meio manco,

um tanto per_verso,

estendido

na soleira da porta,

acorrentando

na ponta da língua

o sonoro grito.

Faz medrar o verbo.

Só um gemido espremido

decodificado

embaraçando a realidade;

Vestido em negro manto

apertado, sufocado,

rasgando o que era

pra ser um verso de alegria.

Ai de mim !! Ai de mim !!

 Confesso:

É mortífera a agonia !!

Marlene Constantino

Posted in poesia | Leave a Comment »

Precioso presente

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      Sentindo neste instante
      vivendo exatamente este momento
      com todos sentidos presentes
      curtindo o precioso presente

      sedimentado pelo passado
      repleto de sonhos para o futuro
      mas estou vivo é neste instante
      neste instante é que estou presente

      este é meu tesouro
      que preciso aproveitar cada segundo
      segundo que nao volta mais
      não é mais presente

      o segundo que passou
      passou com seus próprios momentos
      que me ocupei inteiramente
      vivendo plenamente

      este é meu precioso presente
      onde nao devo viver dores passadas
      nem preocupações futuras
      pois uma ja passou e a outra ainda não se fez presente

      o meu tesouro é meu passado
      onde depositei todas as joias sentidas
      que são a minha riqueza, meu valor
      joias lapidadas em cada instante passado na vida

      e a cada dia vivo seu instante
      cada dia vivo desde o amanhecer até o anoitecer
      nao perdendo nem um segundo desta unica vida minha
      preciosa graça divinamente concedida

      concessão que nao abro mão
      solto meu coração, a paixão
      solto minha mente a razão
      presente precioso, pulsando em meu coração

      Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Precioso presente

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      Sintiendo en este instante
      viviendo exactamente este momento
      con todos los sentidos presentes
      gozando el precioso presente

      sedimentado por el pasado
      repleto de sueños para el futuro
      pero estoy vivo en este instante
      en este instante es que estoy presente

      este es mi tesoro
      que necesito aprovechar cada segundo
      segundo que no vuelve más
      no es ya presente

      el segundo que pasó
      pasó con sus própios momentos
      que me ocupé completamente
      viviendo plenamente

      este es mi precioso presente
      donde no debo vivir dolores pasados
      ni preocupaciones futuras
      pués una ya pasó y la otra todavía no se hizo presente

      mi tesoro es mi pasado
      donde deposité todas las joyas sentidas
      que son mi riqueza, mi valor
      joyas lapidadas en cada momento pasado en la vida

      y a cada día vivo su instante
      cada día vivo desde el amanecer hasta el anochecer
      no perdiendo ni un segundo de esta unica vida mía
      preciosa gracia divinamente concedida

      concesión que no dejo huir
      suelto mi corazón, la pasión
      suelto mi mente, la razón
      presente precioso, pulsando en mi corazón

      Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Levante o ânimo.

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2010

      O bom ânimo, as esperanças, os pensamentos
      positivos são alimentos da alma.
      Fazem você mais firme, mais confiante, usando palavras
      mais seguras e abraços mais significativos.
      Agasalhe os bons pensamentos e o equilíbrio das idéias.
      Adquira mais certeza nas atitudes, mais perfeição no
      que faz, mais poder sobre as circunstâncias.
      Se o mal já foi feito ou o bem deixado sem fazer,
      jogue sobre eles a flecha do arrependimento, com um
      sincero desejo de, daqui para frente, ser melhor.

      É a força do ânimo que faz a vida agradável.
      Lourival Lopes

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »