amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 22 de Abril, 2010

O milagre do amor

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

Benfeitor ditou uma mensagem que intitulou O milagre do amor, e diz mais ou menos assim:

 

Quando a dúvida lhe chegue, maliciosa, indague ao amor qual a conduta a seguir.

 

Quando a saudade avizinhar-se, tentando macerar-lhe o coração, refugie-se no amor e deixe que as recordações felizes iluminem a noite em que você se encontra.

 

Quando a aflição aturdir-lhe o íntimo, chame o amor, para que a calma e a confiança predominem nas suas decisões.

 

Quando a suspeita buscar aninhar-se em seu coração, dirija o pensamento ao amor e a paz dominará as paisagens dos seus sentimentos.

 

Quando a cólera acercar-se da sua emotividade, recorde-se do amor e suave balada de entendimento se lhe fará ouvida na acústica da alma.

 

Quando o abandono ameaçar estraçalhar-lhe os sonhos, ferindo-lhe a alma, busque o amor, que lhe dará fortaleza para prosseguir, embora a sós.

 

Em qualquer situação, dirija-se ao amor.

 

Só o amor possui o correto entendimento de todas as coisas e fala, em silêncio, a linguagem de todos os idiomas.

 

O brilho de um olhar…

 

Um sorriso de esperança…

 

Um gesto quase imperceptível…

 

Um movimento rítmico, um aceno…

 

A presença do ausente…

 

Um toque…

 

A música de uma palavra só o amor logra transformar em bênção.

 

Feito de pequenos nadas, o amor é a força eterna que embala o príncipe no leito dourado e o órfão na palha úmida.

 

O amor é o único mecanismo que conduz o fraco às tarefas gigantescas…

 

Que impulsiona o progresso real; que dá dignidade à vida; que impele ao trabalho de reverdecer o pantanal e o deserto…

 

Que concede alento, quando a morte parece dominar soberana…

 

O amor é vida, sem o qual esta perderia o sentido e a significação.

 

Quando se ama, a noite coroa-se de astros e o dia se veste de sorrisos.

 

O amor colore a palidez do sofrimento e o erradica.

 

Sem este milagre, que é o amor, não valeria a pena viver.

 

Em tudo está a presença do amor que provém de Deus e é Deus.

 

Descubra o amor, e ame.

 

Ame e felicite-se, colocando na estrada do amor sinais de luz, a fim de que nunca mais haja sombra por onde o amor tenha transitado a derramar claridade.

 

Por tais razões, Jesus Cristo reuniu toda a Lei e todos os Profetas num só mandamento, cuja estrutura comportamental e finalidade última é o amor a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

 

*  *  *

 

O amor é de essência divina, e todos nós, do primeiro ao último, temos, no fundo do coração, a centelha desse fogo sagrado.

 

Portanto, não tenhamos medo de amar.

 

Momento Espírita

Anúncios

Posted in AMIGOS | Leave a Comment »

Jardim do Universo

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

        No infinito campo do amor,
          flores desabrocham eternamente,
          encantando o espaço
          com o perfume primaveril,
          em todas as estações da vida,
          banhadas em sentimentos
          que brotam sem cessar,
          renovando esperanças,
          imersas em promesas futuras,
          sempre presentes
          no coração de quem ama viver,
          cuidando e plantando
           suas sementes de afeto.

  Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

AL FIN DE LA NOCHE

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

      Verdadera delicia cuando
      al terminar la noche,
      y tu al  acompañarme,
      saboreando un gustoso licor,
      bailando al son de un tango…
      Nuestros cuerpos unidos,
      en el suave balanceo de la música…
      Las ropas cayendo…
      El balanceo cambiando…
      Los cuerpos más unidos,
      abrazados, entretenidos
      ahora en el dulce balanceo,
      en el gustoso vá y viene del amor…

      Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

UN AMOR PERDIDO

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

Un amor perdido,
siempre deja un corazón herido…
Por el motivo que sea,
es triste perder a quien se desea…
Cuando se nota que yá no se quiere más,
se puede creer en una equivocación,
y que otra vez venga el llamado del amor…
Pero cuando termina el amor,
seguro que la vida pierde el calor…
Solo queda seguir el camino,
en busca de otro cariño…
Por supuesto, a un amor perdido,
a otro amor buscar para el nido…
A nadie le gusta quedarse sin amor…

 
Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

A MULHER…

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

      No infinito, névoas finas de cores indefiníveis
      suavemente se moviam… pensamentos…
      O nada se confundia com o desejo e,
      delicadas formas surgiram tomando
      posse do universo… a vida…
      Uma força sedutora, geradora e doadora,
      se fez presente, um ser divino criado
      por um desejo… um pensamento lindo…
      A MULHER…

      Naidaterra

Posted in poesia | Leave a Comment »

EIS O MEU LAMENTO…

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

     Ainda não consigo em versos,
      detalhar em nobres rimas, o teu sabor…
      Em sonhos, sempre estamos num verde prado vicejante,  há água corrente e pássaros que
      cantam o amor que no peito sentimos…
      Ingrata é a distância que nos separa,
      névoa densa, tentatiavas de nos tocar
      se esvai e o tempo nos desperta…
      Eis o que sinto, dor de não têl-lo
      junto ao meu corpo que freme de desejo,
      é fogo que não apaga… só propaga…
      A tudo a idade afeia sem demora,
      embora, não envelhece meu coração
      que te espera, deseja ardentemente
      sentir teu sabor… prementemente…

Naidaterra

Posted in poesia | Leave a Comment »

Passou um anjo…

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

  Passou um anjo, o anjo do amor,
      Um cupido nos mirou e acertou…
      Não era ele… nenhum cupido amador.
      Mirou bem… e nos desconcertou!

      Depois… bateu asas e voou…
      Certo de que seria eterno encanto,
      Numa acrobacia fascinante… sobrevoou…
      Levando da vida todo o desencanto!

      Tornamo-nos então.. um só ser…
      Um só corpo… alma e coração…
      Repletos de afeição e bem querer.
      Pisando no céu, vendo estrelas no chão!

      Amo, amo esse homem doce e gentil,
      Que toma minhas mãos, afaga meu rosto
      Suavemente… cobrindo-o com beijos mil…
      Curando todo e qualquer desgosto!…

      Danadinho… aquele “Bendito” Cupido…
      Sabia que nosso amor seria para sempre!
      Do juízo… fomos alegremente despidos,
      Para amar ontem… hoje… eternamente!..

      “Bendito” cupido aquele…
      Que nos fez tão loucos e contentes!…
      Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

Acredito no Amor

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

       Acredito no amor, acredito eu juro…
      No dia que desperta dourado atrás
      da serra colorindo a vida, derramando
      luzes e cores… matizes… belezas raras
      
      Porque acredito no amor é que eu te amo
      E procuro por de trás do horizonte
      Um raro mundo de tesouros escondidos
      Para adornar teu coração de rio.

      Acredito nesse amor que grita no peito,
      Refaz minha esperança e me faz criança…
      Esse amor nas tuas mãos cheias de ternura,
      No teu passo confiante, mesmo sem rumo certo…

      Acredito no amor que fizemos sob a laranjeira
      Na noite de luar iluminando nosso desejo
      Quando teu grito se apagou  na minha mão
      E nossos corações fundiram-se.
      
      Acredito no amor que fala um pouco de nós,
      Que nos deu força para acreditar no futuro,
      Fazendo de cada dia uma estrada de fantasias
      Acredito em mim… em ti… no amor, eu juro!

      Ainda que não jures, eu sinto
      E acredito nessa força misteriosa
      Que provocou novamente teu sorriso
      E encheu de estrelas o teu olhar.
      
      Acredito que o amor faz milagre,
      Que ele não tem cor, nem idade…
      Que ele vence todas as dores e falsidades…

      Por isso caminhamos juntos
      Nesta rua que leva-nos até o amanhã
      Um caminho a dois, uma cruzada.

      Pois quando olho em teus olhos
      Eles falam de amor puro, nobreza, felicidade!
      
      E se olho em teus olhos
      Encontro neles a nossa verdade!

 Marilena Trujillo/Alberto Peyrano

Posted in poesia | Leave a Comment »

Ese Beso…

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

Ese beso…
Beso de amor… Hum… Ese beso…
Alucinante, tan dulce …
Tan ardiente y lleno de malicia…
Beso que me despierta para la vida,
Beso que da agonía…
Beso de boca hambrienta,
Apasionada, niño con hambre…
Beso ladrón de corazón…
Beso que muerde mi boca con
Gusto de todas las frutas y delicias…
Cargado de aventura… Pasión…
Beso esa boca sedienta,
Que siempre quiere más y más…
Ese beso zafado… Beso caprichoso,
Furtivo, mañoso… Viciado…
Beso que quita mi respiración… Sofoca…
De hombre seductor, impaciente,
Acostumbrado a ganar…
Beso de ángel y demonio…
Beso que tanto me hace soñar…
Beso que en la noche me embriaga
Ciega… Enciende… Subyuga…
Y en la mañana hace mi sol brillar…
Beso… Beso de amor, pasión,
Beso que cautiva y entorpece,
alucina… Embriaga mi razón…
Bésame amor, besa…
Hace desbordar la vida en mí,
Vibrar, cantar… Bésame
Quiero salir de la tierra… Quitar
Mis pies del suelo!
Quiero mi cabeza rodando…
Mi corazón casi parando..
Quita mi aliento, embriágame otra vez ..
Bésame amor… Bésame otra vez…
Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

Esse Beijo…

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

Esse beijo…
Beijo de amor… Hum… Esse beijo…
Alucinante, tão doce…
Tão ardente e cheio de malícia…
Beijo que me acorda para a vida,
Beijo que dá agonia…
Beijo de boca faminta,
Apaixonada, criança com fome…
Beijo ladrão de coração…
Beijo que morde minha boca com
Gosto de todas as frutas e delícias…
Carregado de aventura… Paixão…
Beijo essa boca sedenta,
Que sempre quer mais e mais…
Esse beijo safado… Beijo moleque,
Arteiro, manhoso… Viciado…
Beijo que tira meu fôlego… Sufoca…
De homem sedutor, impaciente,
Acostumado a ganhar…
Beijo de anjo e demônio…
Beijo que tanto me faz sonhar…
Beijo que na noite me embriaga
Cega… Acende… Subjuga…
E na manhã faz meu sol brilhar…
Beijo… Beijo de amor, paixão,
Beijo que cativa e entorpece,
Alucina…Embaça minha razão…
Beija-me amor, beija…
Faz a vida jorrar em mim,
Vibrar, cantar… Beija-me
Quero sair da terra… Tirar
Meus pés do chão!
Quero minha cabeça rodando…
Meu coração quase parando…
Tira meu fôlego, embriaga-me de vez…
Beija-me amor… Beija-me outra vez…
Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

VOLTEI MEU CIGANO!

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

            Há quantas eras nos queremos minha vida?
            Voltei meu cigano, sou teimosa, voltei!…
            Uma cigana nunca desiste, ama e insisti.
            Você é meu, eu sei, eu sei, sempre o amei!

            Na boca trago o beijo da saudade milenar.
            Venho disposta a enlouquecer, quero amar!
            Na minha dança frenética, quero prender
            Seu corpo, beber seu licor, até o sol raiar!

            Que essa fogueira seja eterna, luzindo,
            Refletindo todo o desejo que nos queima.
            A festa é nossa, o resto? – Pouco importa.
            Sou sua cigana aquela… doce e pequena…

            O tempo passou, mas seus olhos são
            Os mesmos, a paixão ainda está neles.
            Tudo é tão mágico, insólito, tão quente…
            Fascinada me vejo em seus olhos verdes.

            Vai cigano, confessa, agora será para sempre.
            Chega de adiar, negar o que o coração sente.
            Pagamos o pecado, solidão de todas as vidas.
            Sina cumprida, nova existência, alegria presente!

            Viva nos dois, viva o amor, o Criador!
            O céu que nos assiste, a estrela guia!
            Essa música que nos envolve e inebria!
            Viva a nossa redenção, vida minha!… 

            Mary Trujillo

Posted in poesia | Leave a Comment »

AINDA ” IN ON”!

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

    Beleza por trás das nuvens…derrama garoa
      Onde as estrelas, a lua, a luz? Só a da rua!?
      Anda por trás das névoas, toda a beleza nua!

      Não é som, o som que ora se cala…
      Olhos fecham, fenece, arrefece a visão
      Inclinam-se as pálpebras ainda in on.
      Templo dos sonhos, transpõe os nossos
      Encontra encantos ou monstros, em cantos,
       agora in off!

      Eme Paiva

Posted in poesia | Leave a Comment »

ESTRELAS NO MEU CÉU

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

                 As estrelas brilham no meu céu escuro,
                  Nelas firmo meu olhar,
                  Longo caminho a trilhar.
                  As trevas dissipo,
                  com pensamentos de esperanças.
                  Sem ela nada consigo, nada sonho,
                  Nada se alcança.
                  Fortificada volto da queda das ilusões,
                  Renovadas são as emoções.
                  Sigo adiante e nela vejo luz a brilhar
                  Doce mistério da vida,
                  Nos ajuda a continuar!

                  Nanci Laurino

Posted in poesia | Leave a Comment »

ALGUNS CONSELHOS

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

      Se justificamos um erro com outro erro
      não justificamos nada apenas nos omitimos.

      Para ser verdadeiro sê sincero contigo o que nos
      outros caberá por igual modo.

      Se és humilde nunca te pese a consciência
      pois na humildade está toda a sabedoria do Homem.

      Se para cada um anseias o que queres para ti
      sem atropelos nem desvios mais fácil se torna a vida.

      Não cobices o que é dos outros está errado
      o correcto é esforçares-te por ti mesmo.

      Também não tenhas desdém para com o próximo
      pois esse é um mal que se virará contra ti.

      O que desejares para ti reparte com o teu amigo
      sinal de altruísmo e de reconhecimento.

      Divide com o teu semelhante o que te sobeja
      verás que és muito mais feliz por fazeres doutro a tua felicidade.

      Se vires alguém a pedir esmola desce à altura de seus olhos
      trata-o pelo seu nome e leva-o a comer a tua casa.

      São pequeninas coisas que farão de ti um Homem íntegro
      que vela pela paz. sua e da dos demais.

      Não te irrites porque te contradizem
      contradição é condição de flexibilidade.

      Mudar é sinal de inteligência
      só quem é capaz de deixar para trás velhos ritos vence.

      Põem sempre as flores mais bonitas no teu jardim
      para que só assim te vejam. onde és tu a sós deixa que a erva medre.

      Faze de ti um ser duplo e multiplica-te na terra
      lá onde os sonhos se realizam.

      Sê pessoa de bons costumes que assim serás lembrado
      eternamente entre os teus pares.

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

SILÊNCIO EM PRECE

Posted by vidapura2 em Abril 22, 2010

      Em cada silêncio nosso encerra-se em preces,

      Ao pedir-te que nos ouça e que energias cheguem

      transpassando o entendimento

      com bálsamos para tua alma,

      Que guerreira não pára de lutar pela vida.

      

      Cura há de chegar pelas Mãos do Criador,

      Ele contigo está a velar-te sem cessar!

      

      A manhã surgirá com cantares de anjos

      Anunciando tua vida, celebrando tua existência,

      Entre nós que tanto desejamos,

      ver teu sorriso novamente, tuas falas, teu versejar

       assim glorificamos, e ter-te novamente,

      será nosso maior presente!

      

      Nós te amamos

      Nanci Laurino

Posted in oração | Leave a Comment »