amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for Abril, 2010

REVOLUÇÃO DAS LUZES

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

      Bons homens, homens bons
      fazem-me reflectir a toda a
      hora se estarei no melhor dos
      caminhos, por mim escolhidos
      como os que me levarão
      à humildade e à verdade do
      tempo de nossos antepassados.

      Onde cumprimentar era apanágio
      sempre que nos cruzávamos com
      outra pessoa e um sorriso largo
      despendíamos, para que ambos
      tivessem um dia e uma noite melhor
      no seu caminho do trabalho ou na
      volta no seu caminho de casa.

      Esses valores há muito se perderam
      precisamos de uma revolução
      cultural, com os artistas e o povo
      a saírem à rua reivindicando os
      seus direitos e deveres, para
      consigo e para com os outros
      em marcha firme mas pacifica.
      
      Os governos são corruptos e as
      pessoas que os governam fantoches
      à deriva de bancos e banqueiros,
      que lhes prometem mundos e
      fundos nunca se comprometendo
      onde não haja a vontade de poder
      e regalias a fundos perdidos.

      Precisamos de homens e de mulheres
      que não tenham medo de enfrentar
      a besta, pegar-lhe pelos cornos e
      deitar o animal aniquilado por terra
      sobressaindo o coto imundo
      nas vezes de mãos e pernas
      animal híbrido pronto a ser executado.

      Ah, e não me venham dizer que
      tudo está bem, ante a pobreza
      envergonhada! Num país que está
      na cauda da Europa, cheio de
      endividamentos, aumentando os
      Impostos para acautelar assim
      a sua mui frágil sobrevivência.

      Jorge Humberto

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

FLOR DA MANHÃ

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

     Em meu coito te acolho flor
      desabrochada pela manhã,
      visto-te de nardos e de urzes,
      os mesmos que fazem os
      sonhos
      quando chamamos o sonho
      à nossa beira para se
      inteirar de nós.

      Acordo-te com um beijo
      que aflora ao de leve nos teus
      lábios,
      parecendo-se com o cetim
      quando ambos se tocam,
      embriagados de amor
      e de flores silvestres,
      da cor das tuas vestes.

      Flor de bem despertar,
      acordas para a manhã
      com um sorriso nos lábios
      e o sol adentro no quarto
      faz figuras melancólicas
      brincando de sombras
      com os nossos corpos,
      embebidos de luzes e de sedas.

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

DESENHO-TE

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

                  Desenho-te em meus pensamentos,

                  Quando a saudade teima em judiar.

                  Fecho os olhos, te vejo a todo momento.

                  Doce é sentir a suavidade do amar.

                  Lembranças fortes esse desenho me traz.

                  Olhar apaixonado, aos meus braços te enlaço

                  Sinto o pulsar do teu coração,

                  Que liga ao meu por eternas vidas,

                  Todas elas vividas por este intenso amar

                  

                  

                  Nanci Laurino

Posted in poesia | Leave a Comment »

Medo da dor

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

Dói o medo,
 que respeita o poder
 de vencer, à sós.
Dói
a dor de nascer para viver
um grande amor.
 Dói
 bater, apanhar, crescer.
 Não dói
 morrer, ou cessar o prazer 
de lado a lado lutar.
Crer,
que sonhar é vencer a miragem
dos momentos sofridos,
 do ido esquecido,
 que o tempo apagou.
Ao retratar a verdade
de quem realmente sabe…
 pode…quer …e escolhe,
entre fortes, os mais fortes
para superar a dor
dos que podem, e merecem
 plantar a coragem
do infinito amor,
que não morre, renasce,
ensinando o verbo  a sobreviver.

Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

APENAS POR AMOR

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

      Apenas hoje eu sei,
      que apenas por amor,
      a vida vale a pena…
      Vamos saber viver o amor,
      e saber sentir seu calor…
      É preciso saber aceitar,
      sem muito questionar…
      Agora eu sei
      que para este amor sentir e viver,
      é preciso bem se conhecer…
      Diálogo e respeito para não o perder.
      Questionamentos vem nos momentos,
      quando a saudade bate forte…
      Sentir que o amor está perto,
      é muito bom, é confortante…
      Sentir a presença,
      esquecendo a ausência…
      Sentir a saudade,
      com uma ponta de felicidade…
      Amantes, namorados, amigos,
      em qualquer forma de amor,
      sempre se deve
      caminhar de mãos dadas…
      Pra que o amor tentar entender,
      Sempre será difícil saber,
      Basta sentir que apenas a reciprocidade,
      poderá trazer muita felicidade…

      Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

HOJE EU SEI

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

     Hoje eu sei,
      que preciso tão pouco pra ser feliz.
      que este “tão pouco” ´é tudo e muito mais.
      Minha família, meus animais, meus amigos,
      meus conhecidos, os desconhecidos que me sorriem na calçada, aqueles que “acreditam”
      que não gostam de mim; todos definitivamente
      contribuem para minha felicidade.
      O canto dos pássaros, uma flor que desponta no meio do nada, o sol que surge “abafando”, a lua que vem me dizer que ” chegou a hora de sonhar”, o amanhecer, o entardecer, nem sei de qual mais gosto.
      Hoje, sei o que é ser feliz e agradeço todos os dias pelos momentos que pensei ser infeliz, foram eles que me fizeram crescer e entender que uma
      lágrima não é um drama, sim a presença de Deus em mim.

 Cássia Vicente

Posted in poesia | Leave a Comment »

Hoje Eu Sei

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

      Que podemos estar
      Em qualquer parte do mundo
      E os laços de amor e amizade,
      Quando verdadeiros, perduram para sempre…

      Hoje eu sei
      Que o amor nasce de dentro para fora
      Não ao contrario como muitos pensam…
      A mãe já ama seu filho
      Antes mesmo dela saber como é seu filho…
      O olhar é importante,
      Mas não mais do que o sentir…

      Hoje eu sei
      Que o silêncio
      Muitas vezes é necessário…
      Que o momento que mais precisamos falar
      Para desabafar…
      É onde ele é bem vindo…

      Hoje eu sei
      Que a paz
      Que tanto procurei no passado
      Não estava em manter tudo em ordem aqui fora,
      Mas sim,
      Que eu conseguisse entender o porquê do vazio La dentro…
      Necessidades…
      Sonhos….
      Desejos contidos…
      Adormecidos…
      Embalados para não machucar…

      Hoje eu sei
      Que recuar
      Não é desistir…
      Descobri que só lutamos
      Por aquilo que vale a pena.

      Hoje eu sei
      Que família…
      Amigos…
      Parentes…
      São importantes na nossa vida…
      Mas nada preenche o vazio de um amor…

      Hoje eu sei
      Que nada que eu possa ter
      É mais importante do que eu Ser.

      Hoje eu sei
      Que eu não posso abrir mão de ser feliz
      Para fazer outra pessoa feliz…
      O que eu posso
      É ajuda-la a ser feliz também…

      Hoje eu sei
      Mais do que ontem
      E muito menos que amanhã…

      Hebe

Posted in poesia | Leave a Comment »

Hoje eu sei

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

      Hoje eu sei
      que família é meu porto seguro,
      regaço pra onde corro
      para dividir tristezas e alegrias.
      E mesmo quando divergem da minha opinião,
      tenho o apoio irrestrito e total

      Hoje eu sei
      que os amigos são anjos
       que Deus coloca em meu caminho,
      para me ajudarem com todo carinho.
      E os cães são anjos de quatro patas,
      que me ensinam o que é lealdade
      e o amor incondicional.

      Hoje eu sei
       que se quero ser compreendida,
      tenho que compreender.
      Quem quer o perdão,
      primeiro tem que perdoar
      e quem quer ser amada,
      antes tem que abrir o coração
      e amar, amar, amar…
      Sem regras ou condição,
      a todos, sem distinção.

      Hoje eu sei…
      Que para ser feliz,
      basta tão pouco!
      Um amanhecer colorido,
      um jardim florido,
      uma gentileza que alguem nos diz…
 Ilze Soares

Posted in poesia | Leave a Comment »

HOJE EU SEI

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

     Que pra você ser feliz
       basta ser você
      Que pra fazer alguém feliz
      basta querer
      Que um sorriso de criança
      cura a dor da alma
      Que uma festa do  animal
       quer dizer EU TE AMO
      Que a família é a
       ancora de um navio
      Que todos precisam de todos

      Hoje eu sei
       que não vivo sem minha  família
      Que não vivo sem meus  amigos
      Que não saberia viver
      sem o carinho de um animal
      Que o sorriso de uma criança
      sustenta minha alma
      Que tenho que o bem fazer
      Para o bem receber
      Hoje eu sei que sou feliz
      Nara Freitas

Posted in poesia | Leave a Comment »

Violetas Mortas

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

Quando morre uma violeta,
a tristeza espreita.
Apagam-se as luzes,
e murcha a esperança.
Com a sutileza da flor,
vai-se embora a vida,
e a dor mata o amor…

Vuch@

Posted in poesia | 1 Comment »

Jesus

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

                        Rico, nasceste pobre,
                        inocente, foste condenado
                        por toda a humanidade que vieste libertar.
                        Condenados pela culpa, continuamos a pecar,
                        atormentados pela dor, provocada,
                        que também merecemos sentir,
                         por castigo,
                        no principio, no meio e no fim,
                        por termos a ti crucificado,
                        se, passarmos, no tempo clamar
                        por um julgo leve,
                         esquecidos da dor,
                        do peso da cruz,
                        ou de aceitar  a eterna  verdade.
                        Vivemos, mentindo,
                        enganamos, e não perdoamos
                        a semente do grande amor
                         que Deus Pai plantou  no arrependimento,
                        atendendo ao último pedido do filho.
                        Amado que rogou por nós.
                        Pai!
                        “Perdoai-os,  eles não sabem o que fazem”
                        Logo estarei contigo…
                        Ciente, estou, que pequei, errei e a mim condenei.
                         Perdoe-me!
 Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Vou Mudar…

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

                 Hoje, vou começar a mudar minha vida.
                  Posso, e vou virar tudo do avesso,
                  ver como é o mundo de cabeça pra baixo,
                  voando, sem asas, ao  rumo certo.
                  Decidi encontrar a razão do nada,
                  diante do tudo, que, por amor plantamos.
                  Basta de ver o certo, errado,
                  representando, no riso,
                  a alegria que não sentimos;
                   chega de nos enganarmos,
                  fingirmos que estamos satisfeitos
                  e pensar que amar é doar tudo,
                  sentindo o calor queimar a razão,
                  que, em brasas, arde no peito,
                  evaporando no tempo,
                  sempre em lágrimas,
                  com, ou sem adeus.
    Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

VOZ DA VIDA!

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

        Sem lamentos.
                        Não posso ser fiel a você,
                        ferindo a razão do meu ser.
                        No teu caminho,
                        tenho dupla jornada,
                        que me leva a sonhar, sem limites.
                        Imputo-me o desafio múltiplo
                        das escolhas mutáveis das cores.
                        Do passado,
                        não guardo os rascunhos amassados;
                        no presente,
                        vibro com o perfume que evapora,
                        e, do futuro, faço uma fantasia,
                        em que a espera brinca
                        com o além da imaginação.
                        Não posso ser fiel a você,
                        ou a um principio,se, meio a tudo,
                        procuro afastar-me do fim, lógico,
                        e tão insano quanto o meu amar,
                        que nasceu, cedendo a ti o direito
                        de, livre, partir, sem pedir
                        volta pra mim.?
Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

MI AMOR VAMPIRO

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

Usted acerca a hurtadillas
y me dice palabras embrujada…
Que caen en  mi alma
y la deja por tu amor tomada…

Viene con una belleza varonil
que el tiempo ha madurado
 pero la guardia mucho misterio
en la mirada de quien mucho vivió.

Ven diciendo que me ama
 y que me quieres en su lecho de amor…
 Toma mi cuerpo y dame un beso
 dejándome en su entera disposición…

Como un vampiro de amor
 bebe de mi  emoción,
y juntos por la eternidad
vamos a vivir en esta pasión.

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »

MEU AMOR VAMPIRO…

Posted by vidapura2 em Abril 28, 2010

Você se aproxima sorrateiramente
e, me diz palavras enfeitiçadas…
Que caem em minha alma
e, a deixa por seu amor tomada…

Vem com uma beleza máscula
que o tempo amadureceu
mas que guarda tanto mistério
num olhar que muito viveu…

Vem dizendo que me ama
e, me quer no seu leito de amor…
Toma o meu corpo e me beija
deixando totalmente ao seu dispor…

Como um vampiro de amor
bebe da minha emoção
e, juntos pela eternidade
viveremos nesta paixão…

Penhah Castro

Posted in poesia | Leave a Comment »