amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

SOU TUDO O QUE HÁ E O QUE NÃO HÁ

Posted by vidapura2 em Junho 30, 2010

                                Tenho uma mão cheia de nada
                                na outra o Mundo e tudo o que
                                nela cabe,
                                saber atender às duas
                                é esforço que não me nego.

                                Quando passo por mim indolente
                                tenho as mãos vazias
                                com grãos de areia a esvair-se
                                por entre os meus dedos
                                caindo a meus pés insolentes.

                                Se por mim passo e vou contente
                                tu que há na Terra é meu
                                e não lembra a quem esqueceu
                                os momentos de pura
                                difamação e apatia.

                                Deito meu corpo cansado à
                                beira rio
                                fecho os olhos ao sol que me dá
                                defronte e todo o vermelho
                                é meu e em mim adormeceu.

                                Sou um pequeno vagabundo
                                calçando estradas e o que não há
                                se de mim foge o sonho
                                calcorreio caminhos
                                procurando quem lá está.

                                E vou daqui para outra parte
                                procurando o meu reverso
                                se em mim é e cabe
                                sou rei em terra de cegos
                                e sou talvez controverso.

                                Na orla do rio sou poeta
                                no mar ao largo o que houver
                                se me tento disciplinar
                                não sou aprumo nem regra
                                e resguardo o que lá couber.

                                Jorge Humberto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers gostam disto: