amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for the ‘amizade’ Category

CARNIFICINIA

Posted by vidapura2 em Maio 4, 2009

Todo homem nasce
Condenado pela paixão
E por crimes que irá cometer sem querer

Entre quatro paredes
Há mais violência
Que em todos os campos de batalha

Sobre os lençóis brancos
Escorre mais sangue
Que nas mesas de operação dos hospitais

Casais ficam excitados
Enquanto se espancam
Mordem-se e se ferem mortalmente

Instintos primitivos despertam em fúria
Golpeiam cabeças ,quebram narizes
Queimam os seios com cigarros

Os números das delegacias não mentem
As piores perversidades
Acontecem no teatro da cama

Marteladas,marretadas,machadadas
Pauladas,estocadas,vassouradas
Tesouradas,enxadadas,guarda-chuvadas

As matanças rondam os lares
Desfazendo votos eternos
O abatedouro dentro do paraíso

Enforcamentos,desmembramentos
Estripamentos,envenenamentos
Sufocamentos,retalhamentos

Amputações de pênis,canibalismo
Peles escaldadas com agua fervente
Pescoços quebrados

Não adianta pedir perdão
No embalo do álcool
Torturas e brutalidades

Tantos sacrifícios humanos
Tantas crucificações espirituais
Tudo em nome do amor

Carlos Assis

Anúncios

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

VAMOS ESPALHAR AMIZADE PELO MUNDO

Posted by vidapura2 em Abril 24, 2009

Há que se abrir os olhos para o mundo,
 
e ver que coisas temos em nossa volta,
 
para não ficar em buraco fundo,
 
apenas alimentando uma negra revolta…
 
O mundo é nosso espelho,
 
e o jeito com que ele nos olha,
 
é mero reflexo de nossos olhares…
 
Sorrisos, atraem sorrisos,
 
carrancas atraem carrancas…
 
Assim, espalhar carinho e amizade,
 
é o melhor passo para a felicidade…
 
É melhor estender uma mão aberta,
 
essa a atitude certa
 
para um cumprimento amigável,
 
do que mante-la fechada,
 
mostrando ser uma pessoa intratável…
 
Sorria para o mundo,
 
e ele sorrirá para ti…
 

Marcial Salaverry

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Curvas da Vida

Posted by vidapura2 em Abril 17, 2009

Você já se perguntou por que a estrada tem curvas?
Por que é que todas as estradas não são retas?
Por que é que as ruas da cidade sobem, descem, e dobram esquinas?
 As curvas da estrada nos dão a oportunidade de ir vendo um pouquinho de
cada vez.

À medida que vamos avançando, ganhando terreno, um pouco mais nos é
revelado.
É assim que a vida funciona.
Ela vai lhe dando aquilo com que você consegue lidar em pequenas doses,
mesmo quando você acha que agüentaria mais.
Isso é o que chamamos de graça de Deus.

Onde quer que você se encontre, é exatamente onde precisa estar.
Mesmo quando você queria estar em outro lugar, em circunstâncias diferentes,
a vida sabe que você provavelmente não conseguiria lidar com a outra
situação.

Quando você estiver preparada para fazer uma coisa nova, de uma maneira
nova, você fará, com pessoas novas.
Há gente à espera da pessoa na qual você está se transformando.
É provável que você ainda não esteja pronto para conhecê-las.
A cada momento específico, cada um de nós está passando pelo processo de ser
e de se tornar.
Estamos aprendendo o máximo que podemos.
A estrada tem curvas e estamos sendo preparados para lidar com o que nos
aguarda a cada curva.

Obrigada , meus Deus, por ter feito as curvas da estrada!
 Obrigada por nos amar o suficiente para nos dar apenas aquilo com que
conseguimos lidar no momento em que acontece!
 Obrigada, meu Deus, por permitir que o curso do processo da vida seja lento
e suave.”
“DEUS QUER O MELHOR PARA VOCÊ E SÓ DEUS SABE O QUE É MELHOR PARA VOCÊ.”

Iyanla Vanzant

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Perdoa-me…

Posted by vidapura2 em Abril 14, 2009

      O coração debruça frente as minhas verdades,

      busco ao fundo da alma os porquês…

      Sem respostas,

      deparo-me frente a este mundo

      que por vezes mostrou-me o louro;

      por outras, colocou-me frente à derrota.

      

      Quero pedir-te perdão meu grande e único amor…

      Hoje,

      despeço-me deste sentimento lindo

      que me fez chegar até aqui, tropeçando ou não…

      Dos erros que cometi, fui pago com o mesmo

      através da senhora ilusão;

      tomada pelo prazer momentâneo

      que me custa a dor mais profunda

      que o universo possa apresentar-me…

      

      Ao fechar as cortinas do tempo

      recolher-me entre estrelas,

      seres encantados

      se fizeram presente a meu redor.

      Fazendo-me ter forças necessárias

      para não entregar-me à senhora morte,

      que, por vezes, tentou abraçar-me…

      

      Neste novo caminho

      imposto por esta dor infinita

      pude sentir que sou querido e desejado

      até mesmo por silhuetas mais jovens que a tua.

      Mas tudo foi em vão, pois a essência se foi…

      

      Hoje,

      o poeta se debruça

      frente sua janela de encanto e poesia

      aonde, de um mundo por vezes imaginário,

      retira inspiração que toca  corações solitários.

      Hoje,

      o grande se torna pequeno…

      Não somente para pedir-te perdão,

      Mas como pedir a tudo que me ladeia,

      que eventualmente, sem querer,

      tenha algum dia machucado, ou ferido…

      

      A você terra

      a qual tanto piso e pouco ofereço…

      A vocês meus pássaros, meu animais,

      a quem às vezes, pouco tempo tenho

      para retribuir-vos o amor oferecido…

      A vocês meus amigos e amigas

      os quais tanto me dão de carinho…

      Até mesmo a você, ou vocês;

      aos que não gostam de mim

      mesmo sem que eu saiba o porquê;

      só quero vos pedir perdão…

      

      E hoje, quando despeço

      do sentimento mais lindo que vivi

      para iniciar a procura pelo meu novo sol 

      apenas vos peço:

      – Vivamos em paz, apenas isto!…

      

      Agora volto-me à janela

      de lá, vou em busca da inspiração.

      Mesmo que ela advenha da dor

      afinal,

      sempre será prova de meu aperfeiçoamento!…

      

      Paulo Nunes Junior

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Ressuscitar sua vida pessoal e profissional

Posted by vidapura2 em Abril 14, 2009

“Era uma vez um homem que se diferenciou
 entre os seus, suas palavras trouxeram
 uma revolução tão grande que até os
dias de hoje vemos sua repercussão em
nossa vida e sociedade. Esse homem foi
 perseguido, preso e morto por algo que
acreditava, e depois ressuscitou para
provar aquilo que pregava.
Essa história, apesar de conhecida e
comemorada todos os anos pode ser
aplicada no nosso dia a dia pois a
todo momento  somos provados, testados,
perseguidos e as vezes “mortos”, mas são
 poucos que tem a força de se reerguer
e conseguir uma verdadeira ressurreição
pessoal ou profissional, pense nisso, não
 é hora de ressuscitar?”

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Os DeusesTambém Erram

Posted by vidapura2 em Abril 14, 2009

      Dos deuses não fui a escolhida para ser rainha
      Tenho o rosto mais belo o cabelo longo mais sedoso
      O corpo mais perfeito e vigoroso do que as mulheres nobres!

      Ao nascer fui agraciada pelos deuses
      Com a espada mágica de prata
      Queriam-me guerreira corajosa e pronta
      Para qualquer batalha e assim
      Sempre voltar vitoriosa!

      Pertenço à guarda do castelo real
      Sou guerreira mas vivo como escrava
      Não há abrigo que me guarde de maus tempos

      E ninguém que me defenda de inimigos ferozes
      Que desejam minha morte!

       Minha única guarita são as rochas pontiagudas
       Que circundam e protegem o castelo
      Vivo alerta não durmo nem de dia nem à noite
      Minha espada está sempre pronta em minhas mãos!

      Passo os dias vigiando as muralhas do castelo
      À noite ouço os pios das aves agourentas
      E uivos de lobos famintos na floresta!

      Sofro imaginando o rei em sua alcova
      Vivendo momentos de amor com a rainha
      Ciúmes loucos me devoram
      E de inveja brotam meus prantos!

      Afasto-me do castelo em tempos de guerra
      A defender meu senhor e meu rei amado
      Nos campos de batalha
      Amo-o tanto que imagino ser eu sua rainha
      A única dona do seu amor!

      Ah por que a delicadeza a alvura e a candura da rainha
      Não me foram doadas pelos deuses
      Eu trocaria minha espada vencedora de tantas batalhas
      Trocaria meu corpo perfeito minha beleza minha coragem
      E daria tudo o que tenho e sou
      Por uma só noite na alcova do meu rei
      Como se fosse realidade
      E o meu louco e mais belo sonho de amor!

 Iracema Zanetti

Posted in AMIGOS, amizade, oração | Leave a Comment »

PALCO DA VIDA

Posted by vidapura2 em Abril 14, 2009

                Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a
              maior empresa do mundo.
              E você pode evitar que ela vá à falência.

               Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes,
              trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.

               Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

                Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

               Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da  própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no  recôndito da sua alma.

               Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
              É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um
              “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

               É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para
              dizer “me perdoe”.

              Desejo que a vida se torne um canteiro de  oportunidades para
              você ser feliz…

              E, quando você errar o caminho, recomece, pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma
              vida perfeita, mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
                    Fernando Pessoa

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

ARROGÂNCIA!

Posted by vidapura2 em Abril 10, 2009

      Quando se é desprovido de tudo

      amor, beleza  e tudo não significa nada

      qualquer migalha serve — ela tem o seu escudo:

      __ Ser a outra, a escrava, a concedente,

      a escrevente.

      Aquela que não cobra e ” mostra-se” como a uma fada

      mas,  na realidade,  é uma serpente

      esconde-se atrás da sabedoria

      Arrogante! ainda não conseguiu a carta de alforria.

      

      

      Continuará sendo a Amélia, a mulher de verdade:

      __”de dia  , me lava a roupa,

      de noite me beija a boca”

      até que uma mascara caia e se mostre a crueldade

      

      

      

      Com as Graças Divinas não se deve brincar

      cada qual tem a sua inteligência e seu espaço para ficar

       aqui ou no além e :

      ___A arrogância é um pecado mortal!!

olga kapatti

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Quem é Deus?

Posted by vidapura2 em Março 20, 2009

Eu não sou gente para definir,
      A transcendência que nos vem de Deus,
      Porque são parcos os recursos meus.
      Mas nossa fé há de nos conduzir…

      Se a gente crê de fato num porvir,
      Jamais aceitaremos ser ateus
      E nem tampouco uns pobres saduceus…
      Pois Deus é luz e sempre a refulgir,

      Nos mostra a face do Ser Criador,
      Que nada mais reflete do que amor,
      Amor que certamente O define.

      Portanto, eu, de nada mais preciso.
      Tenho em meu peito algo que retine,
      Enquanto luto e espero o Paraíso.
   Amilton M. Monteiro 
      & 
      Tere Penhabe

Posted in AMIGOS, amizade, oração | Leave a Comment »

Coisas de Deus

Posted by vidapura2 em Março 16, 2009

  Deus ainda fala com as pessoas?

  Um jovem foi para o estudo da Bíblia numa noite de Quarta-feira.
  O pastor dividiu entre ouvir a Deus e obedecer a palavra do Senhor.
  O jovem não pode deixar de querer saber se “Deus ainda fala com as pessoas?”.
  Após a pregação ele saiu para um café com os amigos e eles discutiram a mensagem.
  De formas diversas eles falaram como Deus tinha conduzido suas vidas de maneiras diferentes.
  Era aproximadamente 10 horas quando o jovem começou a dirigir-se para casa.
  Sentado no seu carro, ele começou a pedir ” Deus! Se ainda falas com as pessoas, fale comigo. Eu irei ouvi-lo. Farei tudo para obedecê-lo”.

  Enquanto dirigia pela rua principal da cidade, ele teve um pensamento
  muito estranho: “Pare e compre um galão de leite”.
  Ele balançou a cabeça e falou alto
  “Deus é o Senhor? “.

  Ele não obteve resposta e continuou dirigindo-se para casa.
  Porém, novamente, surgiu o pensamento “compre um galão de leite”.

  O jovem pensou em Samuel e como ele não reconheceu a voz de Deus, e como Samuel correu para Eli. “Muito bem, Deus! No caso de ser o Senhor, eu comprarei o leite”. Isso não parece ser um teste de obediência muito difícil.
  Ele poderia também usar o leite. O jovem parou, comprou o leite e reiniciou
  o caminho de casa.

  Quando ele passava pela sétima rua, novamente ele sentiu um pedido
  “Vire naquela rua”.
  Isso é loucura, pensou e, passou direto pelo retorno.

  Novamente ele sentiu que deveria ter virado na sétima rua. No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela sétima rua. Meio brincalhão, ele falou alto
  “Muito bem, Deus. Eu farei”.
   Ele passou por algumas quadras quando de repente sentiu que devia parar. Ele Brecou e olhou em volta. Era uma área misto de comércio e residência. Não era
  a melhor área, mas também não era a pior da vizinhança.

  Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estavam escuras, como se as pessoas já tivessem ido dormir, exceto uma do outro lado que estava acesa.

  Novamente, ele sentiu algo,
  “Vá e dê o leite para as pessoas que estão naquela casa do outro lado da rua”.
  O jovem olhou a casa. Ele começou a abrir a porta, mas voltou a sentar-se. “Senhor, isso é loucura. Como posso ir para uma casa estranha no meio da noite?”.
  Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite.

  Finalmente, ele abriu a porta,

  “Muito Bem, Deus, se é o Senhor, eu irei e entregarei o leite àquelas pessoas.
  Se o Senhor quer que eu pareça uma pessoa louca, muito bem. Eu quero ser obediente.  Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles não
  responderem imediatamente, eu vou embora daqui”.

  Ele atravessou a rua e tocou a campainha. Ele pôde ouvir uma barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma criança. A voz de um homem soou alto:

  “Quem está aí? O que você quer?”.
   A porta abriu-se antes que o Jovem pudesse fugir.
  Em pé, estava um homem vestido de jeans e camiseta.

  Ele tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido
  em pé na sua soleira.

  “O que é? “. O jovem entregou-lhe o galão de leite. “Comprei isto para vocês”.
  O homem pegou o leite e correu para dentro falando alto.

  Depois, uma mulher passou pelo corredor carregando o leite e foi para a cozinha.
  O homem seguia-a segurando no braços uma criança que chorava.

  Lágrimas corriam pela face do homem e, ele começou a falar, meio soluçando
  “Nós oramos. Tínhamos muitos contas para pagar este mês e o nosso dinheiro havia acabado.

  Não tínhamos mais leite para o nosso bebê. Apenas orei e pedi a Deus que me mostrasse
  uma maneira de conseguir leite”. Sua esposa gritou lá da cozinha:

  “Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco… Você é um anjo?

  * jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e colocou-o
  na mão do homem.

  Ele voltou-se e foi para o carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
  Ele experimentou que Deus ainda responde os pedidos.
  Agora, um simples teste para você: Se você acredita em instintos verdadeiros,
  mande esta mensagem para todos os seus amigos.

  Você tem 24h por dia, gasta com muitas coisas.
  Quanto tempo você leva para parar um pouquinho e ouvir Deus?

Posted in AMIGOS, amizade | 1 Comment »

APRENDER COM OS ERROS

Posted by vidapura2 em Março 16, 2009

A perfeição ainda é um estado muito distante da humanidade.
 
Todos os habitantes da terra possuem fissuras morais e cometem equívocos.
 
Na verdade, errar não é um escândalo, no contexto das leis divinas.
 
Deus não criou as criaturas perfeitas, mas perfectíveis.
 
Os espíritos encarnam e reencarnam infinitas vezes para desenvolver as virtudes cujo potencial trazem em seu íntimo.
 
A fim de que cresçam em vontade, sabedoria e amor, dispõem de livre-arbítrio.
 
Caso não pudessem fazer opções, seriam simples marionetes.
 
Como podem optar, é natural que nem sempre sejam felizes em seus atos.
 
O outro lado desse processo de aprendizado é a responsabilidade.
 
Ao desenvolver a consciência e a vontade, a influência dos instintos primitivos declina e a liberdade se expande.
 
A criatura torna-se cada vez mais responsável por seus atos e pensamentos.
 
Os equívocos são naturais para quem transita da ignorância para a sabedoria.
 
Apenas é necessário reparar todos os estragos causados.
 
Justamente por isso constitui sinal de imaturidade recusar-se a admitir os próprios erros.
 
A humildade constitui pressuposto do aprendizado.
 
Quem se imagina infalível e superior a todos mantém-se estagnado.
 
Para entrar em sintonia com a vida, impõe-se atentar para a lei do progresso.
 
O universo todo é dinâmico.
 
As espécies animais e vegetais aperfeiçoam-se incessantemente.
 
Mesmo a configuração física da terra não é estática.
 
Da mesma forma que as espécies inferiores, o homem possui um papel a desempenhar no concerto da criação.
 
Ele está inserido na natureza e deve ser um agente do progresso.
 
Mas para impulsionar o progresso é necessário estar sempre evoluindo.
 
Assim, para não trair a missão de sua existência, proponha-se a ser cada vez melhor.
 
Admita sua imperfeição, mas não se acomode com ela.
 
Por vezes você erra, mas isso é normal.
 
Cuide para aprender com seus erros, a fim de não repeti-los inúmeras vezes.
 
E também assuma as conseqüências, boas ou más, de seus atos.
 
Repare todos os estragos que eventualmente causar.
 
Pague suas dívidas, peça desculpas, recomponha-se perante seus semelhantes.
 
Sem dúvida é necessário algum esforço para reconhecer um equívoco e retificar o próprio caminho.
 
Mas você viverá para sempre.
 
Certamente deseja, algum dia, ser uma pessoa sábia e pacificada.
 
Como ninguém fará o seu trabalho, esforce-se desde já para ser assim.
 
Ao se recusar a admitir um equívoco, você retarda a realização de seu luminoso destino.
 
Compenetre-se em seu papel de aprendiz e demonstre boa vontade para com a vida.
 
Não se apegue a coisas pequenas, como a vaidade e o orgulho.
 
Tais fissuras morais somente o infelicitam.
 
Aprenda a fazer o bem sem qualquer interesse pessoal ou sentimento oculto.
 
Ame e respeite a vida, seja nobre e solidário.
 
No início pode ser necessária alguma disciplina.
 
Mas com o tempo você incorporará esse modo de viver e será uma pessoa maravilhosa.
 
Eis uma meta pela qual vale a pena lutar.
 
Momento Espírita.

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

EM SEU BENEFÍCIO

Posted by vidapura2 em Março 14, 2009

Não se agaste com o ignorante; certamente, não dispõe ele das oportunidades que iluminaram seu caminho.
Evite aborrecimento com as pessoas fanatizadas; permanecem no cárcere do exclusivismo e merecem compaixão como qualquer prisioneiro.
Não se perturbe com o malcriado; o irmão intratável tem, na maioria das vezes, o fígado estragado e os nervos doentes.
Ampare o companheiro inseguro; talvez não possua o necessário, quando você detém excessos.
Não se zangue com o ingrato; provavelmente, é desorientado ou inexperiente.
Ajude ao que erra; seus pés pisam o mesmo chão, e, se você tem possibilidades de corrigir, não tem o direito de censurar.
Desculpe o desertor; ele é fraco e mais tarde voltará a lição.
Auxilie o doente; agradeça ao divino poder o equilíbrio que você está conservando.
Esqueça o acusador; ele não conhece o seu caso desde o princípio.
Perdoe ao mau; a vida se encarregará dele.
André Luiz

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

EM VIAGEM

Posted by vidapura2 em Março 14, 2009

   A existência terrestre é uma viagem educativa.
  Começa na meninice, avança pelos caminhos claros da plenitude física e altera-se na noite da enfermidade ou da velhice, para renovar-se, além da morte.
   Repara, pois, como segues.
*
  Não te agarres aos bens materiais, senão no estritamente necessário para que te faças valioso irmão no concurso aos companheiros de jornada e útil a ti mesmo.
*
  Há muitos viajores que sucumbem na caminhada sob pesados madeiros de ouro a que se jungem, desorientados.
*
  Não reclames devotamento do próximo, e, sim, ama e auxilia a todos os que se aproximem de ti, para que o teu amor não desça do Alto aos tenebrosos despenhadeiros do exclusivismo.
*
  Muitos peregrinos enlouquecem o coração no mel envenenado das afeições doentias e demoram-se longos séculos na corrente viscosa do charco
*
  Não prossigas viagem guardando ressentimento, para que não aconteça te prendas impensadamente aos labirintos do ódio.
*
  Muitos viajantes, a pretexto de fazerem justiça, tombam, insensatos, em escuras armadilhas da crueldade e da intriga, com incalculáveis prejuízos no tempo.
*
  Recorda que iniciaste a excursão terrestre sem qualquer patrimônio e encontraste carinhosos braços de mãe que te embalaram, amparando-te, em nome do Eterno.
*
   Lembra-te que nada possuis, à frente do Pai Celestial, senão tua própria alma e, por isso mesmo, so em tua alma amealharás o tesouro que a ferrugem não consome e que as traças não roem.
  
*
   Prazer e dor, simplicidade e complexidade, escassez e abastança, beleza da forma ou tortura do corpo físico, são simplesmente lições.
*
  O caminho do mundo que atravessas cada dia, é apenas escola.
*
  Teus afetos mais doces são companheiros com tarefas diferentes das tuas.
*
  Segue sem imposição, sem preguiça, sem queixa e sem exigência.
*
  O corpo é o teu veiculo santo.
  Não lhe conspurques a harmonia.
*
  A experiência tua instrutora.
  Não lhe menosprezes o ensinamento.
*
  O próximo de qualquer procedência é teu irmão.
  Não o abandones.
*
  O tempo é o empréstimo divino que recebeste do Céu, para a edificante peregrinação.
  Valoriza-o com o teu aprimoramento no amor e na sabedoria.
*
  E aceitando Jesus por mestre, em teus passos de cada hora, guarda a certeza de que, em breve, atingiras a alegria do sublime retorno ao Divino Lar.
 
Francisco C. Xavier

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

EXISTEM PROSADORES E POETAS

Posted by vidapura2 em Março 14, 2009

Muito se fala que existem diferenças entre o escritor que se dedica à prosa, ou aquele que apenas faz poesia.

Venho abordar este assunto, porque sempre esta polemica é aberta, existindo uma dúvida sobre as diferenças entre poetar ou prosear. Sempre cabe a mesma e velha pergunta, ou seja, será que existe alguma diferença entre prosa e poesia?

Na realidade posso afirmar que todo prosador é um poeta em potencial e vice-versa.

 

O fundamental é que se tenha alma de escritor.  E essa alma nasce com a pessoa, pois é necessário ter-se uma certa sensibilidade para conseguir a proeza de transpor algo de seu interior para o papel (hoje, telinha…).

 

Antigamente essa diferença era bem acentuada, pois a prosa sempre teve um estilo livre para ser escrita, ao passo que, para escrever-se uma poesia, era necessária a observância de certas regras de rima e métrica, que tornavam a poesia quase que um exercício de matemática.  Basta que se considere a quantidade de prosadores e de poetas de antigamente (d’antanho fica mais adequado…).

 

Por essa razão, os poetas eram exclusivamente poetas, e os prosadores mais ainda, dedicavam-se apenas e tão somente à prosa.

 

Os grandes autores do passado, sempre seguiram seus estilos. Por vezes fizeram algumas incursões em seara alheia, mas não conseguiram desenvolver-se fora de sua especialidade.

 

As poesias sempre foram consideradas leitura de elite.  O vocabulário dos poetas sempre foi considerado pernóstico pelos leitores não iniciados. As regras poéticas sempre exigiram o uso de palavras consideradas “difíceis”.  Para ler-se uma poesia, por vezes exigia-se um dicionário ao lado.  Por essa razão, apenas uma minoria mais intelectualizada apreciava o gênero poético. Muitas vezes, sem entender o que o poeta quisera dizer.  Muitas vezes os poetas perdiam-se nos meandros das regras poéticas.

 

Com o correr do tempo, alguns autores começaram a popularizar mais a poesia, trazendo-a ao alcance do público em geral.  E assim, as antigas regras poéticas foram completamente desprezadas, chegando-se à rima livre.  Para escrever-se uma poesia, há que se ter sentimento.

 

Sentimento, bom senso e talento, claro.   Sequer a famosa rima é exigível.  Métrica? Nem sequer cogitar, salvo em algumas categorias poéticas menos divulgadas e exploradas.

 

Fica bem melhor assim, os poetas procuram em seu interior os temas a serem desenvolvidos. E como tem surgido poetas. E como tem surgido lindas poesias.  Claro que nunca agradando a todos.  Seria o cúmulo se nunca houvesse alguém descontente.

 

Atualmente, pode-se considerar uma poesia como uma mini prosa. Assim sendo, pode-se mesmo dizer que para um prosador escrever uma poesia, basta saber sintetizar sua prosa, e dar-lhe um certo ritmo poético.  E, para um poeta escrever uma prosa, basta “inchar” sua poesia, desenvolvendo um pouco mais o tema.  Parece que é fácil, mas, como sempre, há que se usar o bom senso para não fazer bobagens.

 

Portanto, prosa e poesia podem perfeitamente ser escritas por um só autor, desde que tenha a sensibilidade necessária para saber “sentir” as pequenas diferenças existentes entre ambos os estilos.

 

Poesias sempre dão um enlevo maior.  Puxam mais para o romantismo.  São de leitura mais leve.  Falam de amores, de desejos. E até de protesto, como atualmente, pela Paz. São por vezes, polemicas, contestatórias, atrevidas.  Também contam histórias breves, com um certo ritmo. São mini prosas.

 

Prosas são crônicas. São histórias. São estórias. São temas mais desenvolvidos.

 

Falam de amores, de desejos.  São maxi poesias.  Com mais ênfase, abordam temas polêmicos, contestatórios.  Agora mais do que nunca, exigindo Paz.  Exigindo que se tenha bom senso no conduzir da coisa pública.

 

Hoje praticamente pode-se dizer que não há diferença nenhuma entre  escrever-se uma prosa ou uma poesia.  Basta que se tenha a alma de escritor, a que me referi acima.

 

O que se pode apontar como diferença, é apenas uma certa preguiça poetal. Nem sempre um poeta se dispõe a desenvolver seu tema e escrever uma prosa. Nem sempre um prosador se dispõe a procurar sentir em seu espírito a poesia que está dentro dele.

 

Um convite aos amigos escritores.  Aos poetas, que experimentem descobrir seu lado prosador, e aos prosadores que descubram seu lado poético.

 

O importante é saber explorar o talento de escritor que existe dentro de você.

 

O mais importante contudo, é procurar viver em paz consigo proprio, e com a humanidade, tendo e propiciando sempre UM LINDO DIA.

  Marcial Salaverry

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

PARÁBOLA DO GRÃO DE MOSTARDA

Posted by vidapura2 em Março 13, 2009

Propôs-lhes outra parábola, dizendo: “O Reino dos Céus é semelhante a um grão de mostarda que um homem tomou e semeou no seu campo. Embora seja a menor de todas as sementes, quando cresce é a maior das hortaliças e torna-se árvore, a tal ponto que as aves do céu se abrigam nos seus ramos”.

Mateus 13:31-32
semelhante em Marcos 4:30-32 e Lucas 13:18-19
 

——————————————————————————–

 
O desenvolvimento do progresso nos indivíduos obedece à educação de que o fazem, ou de que ele próprio se faz objeto.
 
A educação do homem corresponde ao cultivo das plantas. Quanto mais esmerado seja este cultivo, mais louçãs aquelas se desenvolverão e mais abundantes frutos produzirão.
 
Quanto melhor educado seja o homem – e isto é de senso comum – tanto mais rapidamente ascenderá na escala da perfeição.
 
Tarefa santa é a que o indivíduo empreenda para bem educar-se. A todos os que se preocupam com o próprio adiantamento se acha confiada esta tarefa. Porém, é preciso que ela se execute com método e o método também não se pode impor, nem sequer aconselhar-se. Cada um deve procurar formá-lo, pois o indivíduo, na tarefa da auto-educação, deve empenhar-se por nada querer de empréstimo, por dever tudo a si próprio, porque só então seu aperfeiçoamento poderá ser considerado obra sua, como precisam ser todas as aquisições efetivas do Espírito.
 
Angel Aguarod

Posted in AMIGOS, amizade | 1 Comment »