amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for Julho, 2007

NA MINHA QUIETUDE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Estremeço,

só de pensar que posso ficar

sem você…

Que posso não sentir mais

seu calor  e esse prazer,

vivenciando cada momento

desse amor.

Na minha quietude,

meu coração soluça

buscando sentir você…

Querendo fazer você crer

que tudo podemos,

apesar de tudo…

Na minha quietude

busco não pensar

para não sofrer.

Só quero sentir

o prazer de te amar,

alguns instantes,

para sempre ou

enquanto durar.

-SOL-
Erondina Sampaio

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

Vejo a quietude.

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Fazias sempre de conta
que tudo estava bem.
Não fazia mal
se o gosto
era de mel ou fel.
Sempre tinhas respostas
pra se adaptar às situações.
Eis que vem
ciclone,
terremoto,
maremoto.
Vulcões entram
em ebulição.
E o mundo corre,
fugindo das lavas
que escorrem…

Mas  permaneces calmo,
observando tudo,
de forma  natural.
Emudeço perplexa,
não absorvendo
esse jeito de ser.

Queria que gritasses,
corresses,
mas permaneces impassível.
E nos teus lábios,
nos teus olhos,
eu vejo a quietude.
Belvedere Bruno

Posted in poesia | Leave a Comment »

SUA (IN) QUIETUDE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Sua quietude bem que se fundamenta,
na certeza de minha total dedicação…
Quanto mais o tempo passa, mais aumenta
minha presença certa no seu coração!

Então… não precisa chorar e se perturbar
na insegurança  de meu sentimento,
que se avoluma no desejo de te amar
todo tempo, o tempo todo, a qualquer momento.

Nada de lágrimas, penas de melancolia!
Quero lhe ver segura e alegre todo dia
construindo comigo o esperado ninho…

A tendência do amor é unir e bem consolidar
a união de corações que querem se amar,
vestidos elegantemente de carinho!
Eron

Posted in poesia | Leave a Comment »

NA MINHA QUIETUDE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

No meu silencio analiso o certo ou errado!

Na minha maneira de ver as coisa,

 Sou bastante objetiva.

Em minhas opiniões e atitudes.

Os  bons silenciam,

É bem melhor que palavras,

Proferidas desnecessárias.

PALAVRAS O VENTO AS LEVA

Ensina-se  pessoas muito mais,

Com um silencio,

Com um ficar quieta,

Saber ouvir…

E não responder.

As pessoas aprendem mais,

Quando você…

Silencia e passa por cima,

De alguns ditos do seu dia.

Então na minha quietude,

Tomo minhas atitudes.

Com honestidade.

Com cordialidade.

A minha maneira.

Porque não vim,

 Para esse plano,

Para magoar ninguém…..

Com contestações.

Nossa missão aqui,

É muito maior,

Do que ficar…

Proferindo a todos os cantos,

Palavras sem fundamentos.

Antes prefiro ter,

A minha quietude.

O meu silencio.

Porque no silencio eu me encontro.

E o mais importante,

Pra mim…

É silenciar

 Eu loucura de um silencio

 

Vera Hernandez

Posted in poesia | Leave a Comment »

O RUMO DO AMOR

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

O amor tem seus caminhos,
e seus descaminhos…
Perde-se o rumo, e às vezes,
perde-se o tino, a razão..
O amor é emoção…
O amor é sensação…
O amor é tesão…
O amor é tensão…
Tensão de pensar se poderemos
nos encontrar, se iremos nos rever…
Como saber…
Resta imaginar,
pensar,
relembrar, 
e aquele momento reviver…
E de saudade morrer…
Quando no amor pensar,
sentir o desejo renascer,
e a presença não encontrar…
Sempre se poderá relembrar,
e esperar…
Esperar até morrer.

Marcial Salaverry

Posted in poesia | Leave a Comment »

QUIETUDE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Na quietude da minha alma,
encontro sempre o meu amor..
Olhos doces,de olhar amoroso,
boca de beijo eletrizante,
sorriso cativante,
mãos de carinho gostoso…
Não é sonho,é uma realidade!
Êle existe,mora no meu coração
e eu o tenho à mão.
Basta fechar os olhos e esperar
a sua imagem se formar,
nítidamente,
na parede da minha memória.
Vivemos juntos numa outra vida.
Hoje,talvez por punição,
podemos estar a milhas de distância…
Onde? Ah,isto eu não sei, não!
Mas o encontro na quietude
do meu coração,
onde o amo com toda a emoção.

Ilze Soares

Posted in poesia | Leave a Comment »

NA MINHA QUIETUDE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Choram meus olhos e a aurora
que tanto amo, adormece nostálgica.
Em silêncio embriago-me com o
perfume do jasmim e devaneio…
Cerro meus olhos orvalhados e sonho
beijar-te a boca, teu corpo todo e beijar-te
ainda, a própria alma…
Emocionado, palpita descompassado
 meu coração com a doce sensação
de estar sendo amada mesmo
que seja uma ilusão
passageira….
Naidaterra

Posted in poesia | Leave a Comment »

Dorme à Noite

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Nos braços da noite
meu corpo cansado sonha,
enquanto no espaço,
meu espirito, livre, canta,
cobrindo-me de estrelas.
Encantada, vejo os raios da lua
invadirem e iluminarem meu quarto,
libertando no ar o perfume
das flores, que, no sereno,
desabrocham lentamente,
preparando o despertar
de novo manhecer risonho,
que corre, brincando com as horas do dia,
lembrando das noites
embaladas do meu viver
Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »

Meu jeito de amar

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Sempre te amei
De um jeito meio rústico
Mas amei e você gostava
E muito me amava

Sabe
Faz tempo!
Nunca escondi
O que vivi

Seu jeito de amar
Nos desgastou
Fez o amor terminar
Só saudade restou.

Hoje
Sinto, amo diferente
Esqueci-me do passado
Vivo apenas o presente.

José Ernesto Ferraresso

Posted in poesia | Leave a Comment »

MEU JEITO DE TE AMAR

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Meu jeito de te amar é uma loucura…

Você, soberbo e indiferente,

o meu amor louco desdenha…

Sou tão tua, ternura e testemunha

dos segredos das tuas fantasias…

O que você me oferece, não me contento,

é muito pouco, quero do meu jeito…

Minha paixão é imensa, frenética,

profunda e não cabe mais em mim…

Assim é meu jeito de te amar…

Teu sentir eu não entendo,

não me satisfaz, quero muito mais…

Ser teu vício, não quero mais!

Quero a loucura da tua paixão,

tesão com algo mais…

Preciso que me faça sentir o seu

melhor jeito de me amar…

Naidaterra

Posted in poesia | Leave a Comment »

EL HIJO QUE NUNCA TUVE

Posted by amizadepoesia em Julho 31, 2007

Naciste y en seguida te pusiste a llorar,
      Tu pelo negro recordaba la noche,
      Y los ojos tenían un cierto oscilar,
      Como las velas al viento en un latigazo.

      Que pequeñito eras, mi niño!,
      En la incubadera te pusieron,
      Y, yo, sintiendome el hombre más solo,
      Me quedé toda la noche contigo.

      Los días pasaron.  regresaste al hogar
      Y yo.  contento, no me contuve,
      Para finalmente poderte acariciar.

      Monté una cuna que no existe,
      Porque mi hijo ya no vive,
      Es mi imaginación que todavía persiste.

      Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Potencialize-se

Posted by amizadepoesia em Julho 30, 2007

Fique firme e não esmoreça! Você sabe do que é capaz e até do que não é capaz!

 E sempre que se pegar queixando do mundo, das coisas, da situação, das pessoas, dê um tempo! Volte-se para dentro! E pare de se culpar também!

 Mexa-se e faça algo por você em primeiro lugar e depois para o mundo! Que tal se levantar da sua cadeira do comodismo e do seu conforto?
Pare de ficar esperando que as coisas aconteçam por si só! E chega de se sentir impotente pensando que você não pode fazer nada para se ajudar. Você pode sim e deve começar a agir já!

   Expanda-se! Amplie-se! Potencialize-se! Olhe o mundo com outros olhos, sempre cheios de amor, de compaixão, de alegria! Todos merecem uma chance. Todos. Principalmente você!

   Faça como aquele homem que não esperou envelhecer para ser mais tolerante, mais aberto,  mais amoroso! Veja os dois lados da questão! Sempre!  E elimine suas amarras! Saia do atoleiro nem que tenha que se esforçar ainda mais! Dê um “chega pra lá” em toda crítica, em toda negatividade dos seus pensamentos.

   Faça a sua parte e assim você estará ajudando a si mesmo e ao Universo que precisa muito de você. E isso é muito bom! Ainda mais quando você se descobre como gente e descobre que é o que pensa que é! Pense na saúde, na alegria, na prosperidade, no amor, na felicidade…. Seja cada vez mais otimista, tá? E sorridente!

 E lembre-se que você nunca está sozinho, viu? Faça o que precisa ser feito! E bem feito! Siga mais a sua intuição! Fique mais próximo de Deus!

Posted in AMIGOS, amizade | Leave a Comment »

Te quiero tanto

Posted by amizadepoesia em Julho 30, 2007

Te quiero tanto que
ni yo mismo no comprendo
mi modo de amar ….
Solamente tengo la sensación
que desde el comienzo de los tiempos
ere mia, aunque no nos habíamos encontrado
nunca dejaste, ni vas a dejar de ser mía
no comprendo, el porque de éste destino
que nos esta separando
Igualmente no dejas de ser mía
tal vez para que cuando nos reencontremos
probemos el amor de la eternidad
para completar los tiempos vacíos
cuando pasamos lejos y sin él ,
Siento que en los tiempos que han de venir
no habrá más separación
no nos someteremos más a ese castigo,
porque ninguno ,puede ser insensible a nuestra pasión
y porque nuestro karma no nos seguirá
Solo seremos tu y yo …
Nuestra eterna unión….

Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Cor de Minha alegria

Posted by amizadepoesia em Julho 30, 2007

Tens a côr da minha alegria,
      o sol que me ilumina a cada dia,
      um duende que percorre meus sentidos,
      um céu estrelado que almejo navegar.
      e ainda que nos separem mil fronteiras,
      o vento me trás o eco de seu nome,
      com um ar doce que se encerra em minha alma
      fazendo que goste de você cada vez mais.. e mais… 

      Autor:  xxx        

Posted in poesia | Leave a Comment »

Talvez

Posted by amizadepoesia em Julho 30, 2007

Talvez nunca a veja nesta vida
nao sei
mas sei o que ve o olhos do meu coração
o essencial

Talvez nunca a toque nesta vida
não sei
mas sei o que sinto por voce
é amor

Talvez nunca a beije nesta vida
nao sei
mas sei como aquece  minha alma
é paixão

talvez nunca a cheire nesta vida
não sei
mas sei como perfuma meus sonhos
é fragancia de carinho

Talvez nunca ouça sua voz…
não sei… mas sei
que és musica em meus sentimentos
uma sinfonia para mim

Tantos talvez, tantos não sei…
mas sei que tudo farei para a ver, a tocar,
a saborear, a cheirar, a ouvir…
e principalmente… te amar

Joe’A
 

Posted in poesia | Leave a Comment »