amizade e poesia

Alguém que faz você rir…Alguém que faz você acreditar em coisas boas…Alguém que convence você …De que existe uma porta destrancada…Só esperando para que você abra. Esta é a Amizade Para Sempre.

Archive for 12 de Maio, 2007

SENDO MÃE

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Alguém disse que uma criança é carregada no útero da mãe por nove meses.
Alguém não sabe que uma criança é carregada no coração da mãe eternamente.

Alguém disse que leva cerca de seis semanas pra voltar ao normal depois que você tem um bebê.
Alguém não sabe que uma vez que você é mãe, normal é história do passado.

Alguém disse que você aprende como ser mãe por instinto.
Alguém nunca foi às compras levando uma criança de três anos.

Alguém disse que ser mãe é enfadonho.
Alguém nunca passeou num carro guiado por um jovem com uma recém licença de motorista.

Alguém disse que se você é uma “boa” mãe, sua criança será “boa”.
Alguém pensa que uma criança vem com direção e garantia.

Alguém disse que “boas” mães nunca levantam suas vozes.
Alguém nunca saiu na porta a tempo de ver sua criança jogando a bola na janela do vizinho.

Alguém disse que você não necessita de educação para ser mãe.
Alguém nunca ajudou uma criança com sua matemática.

Alguém disse que você não pode amar a quinta criança tanto como amou a primeira.
Alguém não tem cinco crianças.

Alguém disse que uma mãe pode achar todas as respostas para suas perguntas nos livros especializados.
Alguém nunca teve uma criança com feijão obstruindo seu nariz.

Alguém disse que o mais difícil em ser mãe é o trabalho e a entrega.
Alguém nunca viu seu “bebê” subindo no ônibus para o primeiro dia de jardim de infância.

Alguém disse que uma mãe pode fazer seu trabalho com os olhos fechados e uma mão amarrada nas costas.
Alguém nunca organizou uma festinha de boneca para sete sorridentes rostinhos.

Alguém disse que uma mãe pode parar de se preocupar depois que sua criança se casa.
Alguém não sabe que esse casamento adiciona um novo filho ou filha ao coração da mãe.

Alguém disse que o trabalho da mãe está feito quando sua última criança sai de casa.
Alguém nunca teve netos.

Alguém disse que sua mãe sabe que você a ama, então você não precisa lhe falar.
Alguém não é mãe.  
Tradução de SergioBarros  

Anúncios

Posted in poesia | Leave a Comment »

Limítrofe.

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Deturpe o estereótipo com ação e desejos.

Sussurre aos meus sentidos um anátema reprimido.

Quando a plenitude se aprofundar no íntimo da ocasião.

Elevando os detalhes ao protagonismo da sensação.

O extravasar e o conteúdo.

Limites em conflito.

Atrito!

Amor,

Emoção…

Gerson F. Filho.

Posted in poesia | Leave a Comment »

AH! Essas formidáveis mulheres…

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Queria eu saber quem foi a criatura insensível que decidiu dar às mulheres um dia qualquer no ano !
Não, não é que não as ache merecedoras, muito pelo contrário!
Apenas acho que cometemos uma injustiça lhes imputando um único dia, afinal a mulher tem em um mesmo dia muitos dias:
Tem o dia de mãe carinhosa a cuidar da cria…
o dia da profissional a levar o sustento para sua casa…
o dia da amante a ser plena entrega ao seu companheiro…
e tem, ainda ( quando lhe sobra tempo) o dia da mulher -mulher…para se cuidar e sentir..
Então vejam se não tenho razão… :
Se a mulher tem tantos dias em um único dia,
como pode ser que alguém lhes queira dedicar um único dia por ano para homenagea-la???
Aliás, se a coisa fosse mesmo séria, as empresas dispensariam as mulheres nesse dia.
Como homenagem deixariam que tivessem um tempo a mais para cuidar de si mesmas.
Algumas até pagariam um tratamento de beleza para cada funcionária nesse dia…tipo o dia da noiva.
Afinal…alguém pode dizer que a mulher não merece???
AS mulheres estão sempre de sentinela no alto de uma muralha.
Exagero?!?
Não , não é!
As mulheres estão sempre olhando para o futuro
com mais ambição e sobriedade que os homens…
Estão sempre preocupadas com o seu futuro e o
futuro daqueles que amam…estão sempre olhando adiante…estão atentas a todos os sinais de perigo
E, nessa constante vigília, são os anjos que nos protegem.
Por tudo isso e muito mais …
Parabéns a você mulher,
por todos os teus dias !

Jorge Linhaça

Posted in poesia | Leave a Comment »

MADELEINE

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Desapareceu de casa de seus pais
Uma criança de três anos de idade,
Outras como ela haverão mais,
Deixando para trás toda a saudade.

Uma criança inocente não merecia
Isto, roubaram-lhe a inocência
E a noite de angustia se fazia,
Aos criminosos a sua clemência.

Por onde andas tu criança amada?
Que te fizeram esses bandidos?
Porque não escutam eles a chamada

De teus pais sem saberem o que fazer?
Vejam como eles andam tão sofridos,
Querendo talvez antes assim morrer.

Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

Por amor a vida…viver

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Como voce esta vivendo?

Voce está realmente sabendo sentir?

Esta irradiando alegria,

  percebendo com consciencia

O que é estar vivo, saber viver!!!

Usurfruindo de todos os dons

  que Deus nos Deu

Nossos sentidos, nossas sensações

Nossos sentimentos, nossas emoções

Sentindo o prazer divino

  de uma doce fruta

Se deliciando nas notas de uma bela cantiga

Aspirando os perfumes das flores e da vida

Se maravilhando com o Sol ao nascer,

a cada amanhecer

Acariciando as petalas macias

de uma flor ou um amor

E cada sentimento palpitando em seu peito

Uma torrida paixão em seu coração

Flutuar no prazer no corpo da amada

E o sentimento de um apaixonado beijo

Sentir em toda sua pele ,

  o calor do sol e do amor

Sentir  abraço envolvente,

completo ao mergulhar no mar

assim como nas aguas do amar

Passeando pelo bosque na sinfonia

  dos cantos do mato

Dos passaros, das brisas nas folhas,

das melodias dos regatos

Sao tantos os prazeres,

  que somente a vida nos dá,

que não dá nem para enumerar

Não um simples lazer,

  mas a magia do prazer

Voce nao está percebendo?

Acorde, pois voce nao está vivendo

Pois o sentido da vida que Deus nos deu

É apenas viver, amando os dons da vida

A mais sublime beleza da Natureza

O milagre de com amor viver

Respeite, Cuide, Preserve a Vida

Que a Vida vai lhe dar mais Vida ainda

Joe’A

Posted in poesia | Leave a Comment »

Volta…

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Quero sentir
Seu corpo
Junto ao meu

Que saudade
Que sinto
Do seu toque

Ouço um rock
Lembro logo
De você

Que não vem
E nem ouve
Ouve essa canção

Que fiz
Pra você
Voltar

Mas, se por acaso
A ouvir
Quem sabe
O que vai sentir

Talvez volte
Talvez sinta saudade
Do meu corpo
Junto ao seu

Do sol e da lua
Beijando nossos pés
Enquanto nos amávamos

Volta amor
Vem
Volta amor

Não há ninguém
Igual você
Volta amor

Vem
Fica
Esquece
Aquece
Sinta-me
E deixe
Sentir
Você
ABittar

Posted in poesia | Leave a Comment »

Passagem

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Passagem

Não sou passageiro do mundo, sou passagem, não sou o salvador da pátria, mas não lavo as mãos, não sou tudo o que desejas, mas tenho amor para dar, não quero ser o que você sonha, mas corro atrás dos meus sonhos sem desistir.

O mundo é estático, quem o movimenta somos nós, o mundo não é mal, o mal habita em nós, o mundo não está nem melhor, nem pior, continua sendo uma folha em branco, com a paisagem já desenhada, é palco, onde nós, atores que somos, representamos diariamente o nosso papel.

Qual será o seu roteiro para hoje? Será uma cena dramática onde você vai chorar muito? Será uma nova ficção, onde nem você acredita no que acontece? Será um romance, com o coração batendo disparado? Ou será mais um roteiro chato, onde parece que nada aconteceu?

O diretor é você, é você quem escreve as suas peças, mesmo quando pensa que já vem tudo pronto.

Antes da cortina fechar, antes que o dia acabe, a platéia espera que você tenha um final feliz, por isso, em tudo o que fizer, coloque alegria e amor, alegria para vencer o desânimo e os chatos, e amor, para entender os outros atores, assim, os aplausos virão, e amanhã será melhor ainda.

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

Posted in poesia | Leave a Comment »

JIHAD

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Ponhais-vos atentos, o terrorismo
            Está em todo o lado, crianças são
            Marionetas, nas mãos do cinismo,
            Que as circunda com a elevação.

            A guerra química está já ali ao lado,
            Novas bombas atómicas a luzir,
            Numa montanha ou num rico prado,
            Para que tudo e todos possa destruir.

            A vida já não tem valor nenhum,
            A morte semicerra os olhos cansados,
            Dizei-me, haverá ainda aqui algum,

            Que ponha freio e cerce isto tudo?
            Se pensais que estais descansados,
            Vede como vai o mundo, surdo e mudo.

            Jorge Humberto

Posted in poesia | Leave a Comment »

MEU ANJINHO DE ASA QUEBRADA

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Você sofre, muitas vezes, sem precisar
e eu lhe socorro pra não o ver chorar.
Você imagina coisas que não vão acontecer
e eu sigo atrás pra lhe fazer ver
tudo que você não consegue perceber.
Você fica amuado, desconsolado
e eu fico sempre do seu lado.
Você acha que na vida muita coisa não tem solução
e eu lhe provo que tudo tem seu fim e sua razão.
Você é o meu anjinho de asa quebrada
e eu sou a cola que a deixará consertada.
Você é cheio de dúvidas e incertezas
e eu tento lhe mostrar que todo ser humano
é composto por essas duas fraquezas.
Você tem o hábito de se queixar,
de muito nervoso ficar
e de, pela ansiedade, se deixar abalar.
Eu já lhe provei que a ansiedade
cega e neutraliza a realidade.
Você se angustia, antecipadamente,
por tudo que no futuro você imagina
que poderá lhe deixar descontente.
Você é precipitado, é dengoso, é malcriado.
Eu tenho sido a sua consciência
que lhe implora por clemência,
por calma e conformação,
por muita paciência e obstinação.
O diagnostico que hoje eu posso lhe dar
é que você precisa se reinventar
e, claro, continuar a me amar.
Quanto ao resto pode apostar,
tudo voltará para o seu devido lugar.

Silvana Duboc

Posted in poesia | Leave a Comment »

ME TOQUE

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Por favor, me toque.

Talvez você pense que a sua paixão basta,

Voce nem me beija, por mais que eu provoque

Por favor…me toque

Nem sei porque vim

Nem sei se me entrego nesta paixão

Ou simplesmente te dou meu coração

Mas, por favor…me toque

Talvez teus braços detenham meus temores

Talvez assim eu lembre que sou amada

Talvez assim você me beije sem que provoque

Por favor,Me toque…

Dama Da Noite

Posted in poesia | Leave a Comment »

Rogatório da Mãe do Brasil

Posted by amizadepoesia em Maio 12, 2007

Quantos filhos…
sobre esta terra fértil nasceram, concordando, ganhando moedinhas
para dizer sim.
Atores, autores, formadores de opinião, como podem abandonar vossa pátria
meio à luta, ainda viva?
Ah! filhos traidores,
não pensem que poderão enterrar o “Brasil” na lama fria.
Meu “Povo” ainda tem fé no Pai!
O “Universo”, triste, chora,
seca e clama justiça.
Deixem o meu filho, gigante verde, despertar para a glória
e a vitória da humanidade.
Enterrem seus ideais deteriorados,
plantem árvores no lugar das queimadas.
Protejam a fauna e a flora,
levem seus “Erros” e a “Cobiça”
para além das duzentas milhas,
e não ousem voltar.
O “Chão”, “Imaculado”, é “Abençoado”.
Minha “Terra” não merece ter sobre si
os detritos de vis pensamentos,
misturados ao “Ideal” de “Liberdade”.
Mães brasileiras, cuidem dos seus
lirios no “Campo”.
A “Nação verde”
acredita na “Ordem” e no “Progresso”.
Lutem por mim até vencerem,
e viverem em “Paz”.
Feliz Dia!!

Schyrlei Pinheiro

Posted in poesia | Leave a Comment »